Com ajuda da chuva, Hamilton bate Vettel em classificação lotérica e leva pole em Spa. Ocon é 3º - Atividade Esporte News
⚽Notícias

25 agosto 2018

Com ajuda da chuva, Hamilton bate Vettel em classificação lotérica e leva pole em Spa. Ocon é 3º

Mark Sutton / Sutton Images
A classificação do GP da Bélgica tinha a cara e o favoritismo da Ferrari. Faltou combinar com São Pedro. Com a chuva que desabou antes do Q3, Lewis Hamilton deu o bote no fim para marcar a pole em Spa, com Sebastian Vettel em segundo. A Racing Point, surpresa, ocupa toda a segunda fila com Esteban Ocon e Sergio Pérez.
Classificação com ares de loteria. Assim foi a definição do grid de largada do GP da Bélgica. No fim do Q2, a esperada chuva apareceu e mudou a ordem de forças, que apontava a Ferrari como grande favorita. Exímio piloto no molhado, Lewis Hamilton aproveitou a melhor condição do asfalto no fim do Q3, superou Sebastian Vettel e garantiu a pole-position neste sábado (25) em Spa-Francorchamps. Destaque também para a Racing Point, que aproveitou a loteria e foi a grande surpresa da sessão ao colocar seus dois carros na segunda fila: Esteban Ocon em terceiro e Sergio Pérez em quarto.

Romain Grosjean foi outra boa surpresa da sessão e vai largar em quinto lugar, à frente de Kimi Räikkönen, que despontou como o grande favorito à pole e chegou a quebrar o recorde histórico de Spa, pouco antes de Vettel superar sua marca no Q2. O finlandês fecha a terceira fila do grid, com Max Verstappen e Daniel Ricciardo em sétimo e oitavo, respectivamente, com uma Red Bull que decepciona até agora no fim de semana. Kevin Magnussen e Pierre Gasly fecham o rol dos dez primeiros do grid belga.

Saiba como foi o treino classificatório do GP da Bélgica de F1

Q1: Räikkönen mantém Ferrari na ponta; McLaren e Williams na rabeira

A chuva até chegou a aparecer de forma leve pouco antes da classificação, mas a definição do grid de largada em Spa iniciou com pista seca. A sessão foi aberta com duas certezas: de que Valtteri Bottas — que escapou do incidente com Stoffel Vandoorne no terceiro treino com apenas uma reprimenda — e Nico Hülkenberg vão largar na última fila; e que a dupla da Ferrari e Lewis Hamilton lutaria pela pole, com ligeiro favoritismo de Sebastian Vettel.

E ainda mais quando se trata de Spa-Francorchamps, a chuva é sempre uma possibilidade real. E o treino começou com nada menos que 90% de chance de pista molhada, o que poderia tornar tudo uma loteria.

Tão logo a luz verde foi acionada, praticamente todos os pilotos ganharam a pista, incluindo os favoritos Vettel, Kimi Räikkönen e Hamilton. A dupla da Ferrari acelerava com pneus macios novos, assim como o birtânico. A escuderia italiana abriu o Q1 na frente com Kimi liderando a tabela de tempos com 1min42s585, com Vettel em segundo, 0s450 de diferença, e Lewis quase 1s atrás. Em seguida, era a vez de Max Verstappen cravar o terceiro tempo.

Em seguida, Hamilton melhorou seu tempo, mas ainda não o bastante para tirar o 'Homem de Gelo' da primeira posição. O tetracampeão cravou 1min42s977 e ficou 0s3 atrás do finlandës. Charles Leclerc novamente andava bem e se colocava facilmente no rol dos dez primeiros. E mesmo com a certeza da punição, Bottas acelerava para registrar a melhor marca possível e avançar ao Q2.  E com uma grande volta, o nórdico subiu para o segundo lugar, 0s220 atrás de Kimi. 

Os eliminados no Q1 foram Carlos Sainz — uma surpresa e tanto —, Fernando Alonso, Sergey Sirotkin, Lance Stroll e Stoffel Vandoorne. McLaren e Williams, duas das mais lendárias e vitoriosas equipes da F1, nas últimas posições da classificação.


Q2 de recordes e novo domínio da Ferrari. Mas Hamilton fica bem perto

Vettel e Räikkönen abriram o Q2 com um novo jogo de pneus supermacios cada, assim como Hamilton, na luta para enfim quebrar a hegemonia da Ferrari no fim de semana. A transmissão oficial da F1 colocava lado a lado os tempos dos três protagonistas da classificação, e a batalha foi bastante apertada na primeira volta rápida de cada um. E Räikkönen foi novamente o mais rápido, com direito ao recorde histórico da pista ao estabelecer 1min44s627 — superando inclusive a marca registrada pela Porsche com o 919 Evo, de 1min44s770 —, seguido de perto por Hamilton. Seb não conseguiu romper a barreira de 1min41s na sua primeira tentativa.

Max Verstappen e Daniel Ricciardo, meros coadjuvantes neste fim de semana, vinham em quarto e quinto, respectivamente, enquanto a Haas surgia como a melhor do resto no Q2 com Romain Grosjean e Kevin Magnussen, logo à frente da Racing Point Force India, com Sergio Pérez à frente de Esteban Ocon. E a chuva voltava a ser uma ameaça, com possibilidade de dar as caras na região do circuito na segunda parte do Q3.

Ainda restava tempo para um pouco mais. Vettel tomou a ponta de Räikkönen e marcou 1min41s501, 0s032 mais rápido que o companheiro de equipe, e, de quebra, jogando Hamilton para terceiro. O britânico fez outra volta forte e se aproximou da dupla da Ferrari, seguindo em terceiro, mas apenas 0s052 atrás do tempo de Vettel. Pérez melhorava seu tempo e passava em sexto, atrás de Bottas e Verstappen e à frente de Grosjean, Ricciardo, Ocon e Magnussen. Desta vez, Leclerc não conseguiu encaixar boa volta e foi eliminado assim como Marcus Ericsson, Pierre Gasly, Brendon Hartley e Hülkenberg.

Logo após o fim do Q2, a chuva chegava de mansinho.


Q3: chuva dá ares de loteria à classificação em Spa. Hamilton supera Ferrari e é pole

A chuva fina que deu as caras minutos antes da abertura do Q3 não foi o bastante para deixar a pista encharcada. Assim, todos os dez pilotos logo deixaram os boxes com pneus de pista seca e travaram uma verdadeira corrida contra o tempo para registrarem suas voltas o quanto antes.

Só que não houve muito tempo, e a chuva apertava em Spa. Valtteri Bottas errou antes da entrada na Bus Stop. Foi o aviso para que os pilotos logo retomassem o caminho dos boxes para a troca para os intermediários.A classificação ganhava ares de loteria.

Com os intermediários, Ricciardo foi o primeiro a abrir volta rápida, mas teve problemas para controlar o carro na entrada da Les Combes. O australiano anotou 2min04s986, superado de longe por Verstappen, que marcou 2min02s849. Só que o tempo de Max acabou sendo batido por Räikkönen, um dos grandes nomes do sábado, que passou a 2min02s671. Nem Hamilton, exímio piloto no molhado, conseguiu se aproximar do tempo de Kimi ao registrar 2min03s053,

Mesmo na chuva, o melhor carro continuava sendo o da Ferrari. Tanto que Vettel passou Räikkönen e marcou a pole provisória com 2min02s446, 0s225 mais rápido que o veterano. Só que a pista melhorou muito no fim, e nada estava definido.

Seb evoluiu ainda mais seu tempo para marcar 2min01s188. Não era ainda uma garantia, tanto que Pérez subia para segundo lugar. E Hamilton, em seguida, não deixou pedra sobre pedra para passar em 1min58s179, Uma volta espetacular que lhe garantia a pole, mas uma surpresa poderia sacudir ainda mais a classificação. Ocon passou com o primeiro melhor setor e garantiu a terceira posição no grid, só atrás de Vettel e do dono da pole, Hamilton, salvo pela chuva em Spa.

F1 2018, GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, grid de largada:
1L HAMILTONMercedes 1:58.179 19
2S VETTELFerrari 1:58.905+0.72618
3E OCONForce India Mercedes 2:01.851+3.67216
4S PÉREZForce India Mercedes 2:01.894+3.71514
5R GROSJEANHaas Ferrari 2:02.122+3.94320
6K RÄIKKÖNENFerrari 2:02.671+4.49213
7M VERSTAPPENRed Bull Tag Heuer 2:02.769+4.59011
8D RICCIARDORed Bull Tag Heuer 2:02.939+4.76016
9K MAGNUSSENHaas Ferrari 2:04.933+6.75419
10P GASLYToro Rosso Honda 1:43.844 14
11B HARTLEYToro Rosso Honda 1:43.865 14
12C LECLERCSauber Ferrari 1:44.062 13
13M ERICSSONSauber Ferrari 1:44.301 11
14C SAINZ JRRenault 1:44.489 6
15F ALONSOMcLaren Renault 1:44.917 6
16S SIROTKINWilliams Mercedes 1:44.998 6
17L STROLLWilliams Mercedes 1:45.134 6
18S VANDOORNEMcLaren Renault 1:45.307 8
19V BOTTASMercedes   7
20N HÜLKENBERGRenault   3
  Tempo 107% 2:06.452+8.273 

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top