Com reservas, Palmeiras perde pênalti e empata com América-MG em BH na volta de Felipão

 (Foto: Cesar Greco/Divulgação)
O técnico Luiz Felipe Scolari reestreou no comando da Sociedade Esportiva Palmeiras na tarde deste domingo. Com uma formação reserva antes de disputar a Copa Libertadores, a equipe alviverde desperdiçou um pênalti no Estádio Independência e ficou no empate sem gols contra o América-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

Com 27 pontos ganhos, o Palmeiras permanece no sexto lugar da tabela de classificação do torneio nacional. O São Paulo detém o primeiro posto com 35 pontos. O América-MG, por sua vez, chega aos 21 pontos e figura no 10º lugar do Campeonato Brasileiro.

Às 21h45 (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio La Olla, o Palmeiras volta a campo para encarar o Cerro Porteño, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Já o América-MG, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, enfrenta o Bahia às 19 horas de sábado, na Fonte Nova.

O Jogo – Com Jean aberto pela direita e Hyoran pela esquerda, o Palmeiras foi o primeiro a levar perigo. Após roubada de bola no campo de ataque, Hyoran recebeu de Lucas Lima e bateu rasteiro para defesa parcial de João Ricardo. No rebote, Lucas Lima cruzou, mas Borja e Moisés não conseguiram completar.

O América-MG respondeu rapidamente. Após falhar no domínio, Marquinhos ainda foi capaz de tocar de carrinho para Giovanni, que deixou Gerson Magrão na cara do gol. Atento, Weverton saiu e defendeu com o abdome na melhor chance criada pelo time da casa no primeiro tempo.

O Palmeiras desperdiçou a oportunidade de sair na frente aos 23 minutos do primeiro tempo, quando Moisés recebeu de Hyoran e sofreu pênalti claro cometido por Matheus Ferraz. O experiente Jean chamou a responsabilidade, mas viu João Ricardo saltar no canto direito para defender.

O América-MG voltou melhor para o segundo tempo e deu um susto no goleiro Weverton. Com vitalidade, Aderlan desceu pela direita e cruzou rasteiro. Thiago Santos desviou e a bola sobrou para chute colocado de Ruy, que acertou a junção da trave com o travessão.

O Palmeiras caiu significativamente durante o segundo tempo, o que motivou Felipão a mexer. O experiente treinador tirou Moisés para colocar Bruno Henrique e trocou Borja por Deyverson. Apesar das alterações, o time alviverde não conseguiu elevar o nível.

O ex-zagueiro Adilson Batista, ex-pupilo de Felipão, também mexeu na tentativa de aumentar o poder de fogo do América-MG e colocou Rafael Moura na vaga do meio-campista Wesley. O centroavante, porém, não teve boas oportunidades diante de Weverton até o final da partida.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 x 0 PALMEIRAS

Data: 5 de agosto de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos da Fifa)
Cartões amarelos: Aderlan (AMG); Thiago Santos e Luan (PAL)

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete, Wesley (Rafael Moura), Gerson Magrão, Ruy e Giovanni (David); Marquinhos (Matheusinho)
Técnico: Adilson Batista

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Thiago Martins e Victor Luis; Thiago Santos, Jean, Moisés (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Hyoran (Gustavo Scarpa) e Borja (Deyverson)
Técnico: Luiz Felipe Scolari


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.