Conheça a seleção que não faz gol há 6 anos e perdeu os últimos 14 jogos - Atividade Esporte News
⚽Notícias

26 agosto 2018

Conheça a seleção que não faz gol há 6 anos e perdeu os últimos 14 jogos

Jonathan Guishard é atacante, tem 22 anos e já defende há quatro anos a seleção de Anguilla. Neste tempo todo sendo convocado, jamais viu sua equipe balançar as redes de um adversário.

Não, você não leu errado. Não é que o centroavante nunca fez gol com a camisa anguilana. Isso também nunca aconteceu. Mas ele jamais marcou porque, desde que passou a ser convocado, a seleção não anotou um golzinho sequer.

A seca já dura seis anos. A última vez que o torcedor do pequeno arquipélago comemorou um gol foi na derrota por 4 a 1 para a Guiana Francesa, em 12 de outubro de 2012, pelas eliminatórias da Copa do Caribe.

É verdade que Anguilla não vai a campo com tanta frequência assim. Desde a última bola empurrada para as redes, foram apenas nove confrontos oficiais.

Mas os resultados da seleção são desastrosos. A série de derrotas consecutivas já dura 14 partidas (ou sete anos). A última vitória foi registrada em 2010.

E não pense que Anguilla costuma ter adversários poderosos pela frente. Nesta década, enfrentou apenas outros países filiados à Concacaf –Porto Rico, Guiana, Nicarágua, República Domincana, São Vicente e Granadinas, Antígua e Barbuda, Trinidad e Tobago, São Cristóvão e Nevis, Ilhas Virgens e Saint-Martin.

Assim, não chega a ser surpresa que ela seja uma das seis seleções que dividem a 206ª e última colocação do ranking da Fifa. Assim como Bahamas, Eritreia, Somália, Tonga e Ilhas Tuks e Caios, não têm um ponto sequer na lista.

Anguilla é uma ilha localizada no Mar do Caribe, na América Central, a leste de Porto Rico. De colonização britânica, tem área de apenas 91 km2 e população de cerca de 15 mil habitantes.

Seu campeonato nacional conta com a participação de oito times. Todos eles são amadores, ou seja, contam com jogadores que não se dedicam exclusivamente ao futebol e têm outros trabalhos como meio de ganhar a vida.

O maior vencedor do futebol local é o Roaring Lions, que já ganhou a liga sete vezes e costuma servir como base para a seleção. O atual campeão é o Kicks United.

A seleção anguilana existe desde 1990, mas nunca chegou perto de se classificar para uma Copa do Mundo ou mesmo para a Copa Ouro. Nas eliminatórias da Rússia-2018, foi eliminada logo na primeira fase, um mata-mata contra a Nicarágua. O placar agregado do confronto foi 8 a 0.

O maior artilheiro da história da equipe é um inglês naturalizado. Richard O’Connor chegou a atuar no Wimbledon antes de passar a defender o time caribenho. Entre 2000 e 2006, ele marcou cinco vezes pela seleção.

Pelo menos na sua época, Anguilla fazia gols. Poucos, mas fazia.


Fonte:UOL ESPORTE

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top