Crutchlow aparece com cronômetro zerado e coloca Honda na frente no TL3 em Silverstone - Atividade Esporte News
⚽Notícias

25 agosto 2018

Crutchlow aparece com cronômetro zerado e coloca Honda na frente no TL3 em Silverstone

Cal Crutchlow liderou o TL3 da MotoGP em Silverstone (Foto: Michelin)
Cal Crutchlow ditou o ritmo da terceira sessão de treinos livres da MotoGP em Silverstone. Em sua derradeira volta na manhã deste sábado (25), o #35 superou Danilo Petrucci por 0s027 para assegurar o topo da tabela.

Mantendo a boa linha com que abriu o fim de semana na Grã-Bretanha, Maverick Viñales passou boa parte da sessão no topo da folha de tempos, mas viu a movimentação aumentar já na reta final da atividade. Jack Miller chegou a destronar o #25, mas, com o cronômetro zerado, Crutchlow e Petrucci conseguiram superar o tempo do australiano.

Com 2min02s076, Johann Zarco se colocou na quarta colocação, 0s012 à frente de Viñales. Empatado com o #25 em 2min02s088, Valentino Rossi ficou com o sexto tempo, 0s233 à frente de Franco Morbidelli, que chegou pertinho de conseguir uma vaga direto no Q2.

0s485 atrás do líder, Andrea Dovizioso ficou com o oitavo tempo da sessão, mas ainda detém o melhor tempo do fim de semana. Líder do Mundial, Marc Márquez vem mais 0s199 atrás para assegurar o nono posto, com Bradley Smith fechando o top-10.


(Foto: Michelin)
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP em Silverstone:

Tal qual aconteceu no primeiro dia em Northamptonshire, a manhã da MotoGP terminou com tempo firme, apesar do frio e das nuvens no céu. Quando o pit-lane foi aberto para os 45 minutos de TL3, a temperatura era de 12°C, com o asfalto chegando apenas a 15°C. A velocidade do vento era de 13 km/h.

Ao contrário do que aconteceu com a Moto3, quando os pilotos demoraram a entrar na pista, os titulares da classe rainha saíram quase que de imediato. Como sempre, esta terceira sessão livre é decisiva, já que é a última chance de garantir vaga direto no Q2 do treino classificatório. No início da atividade, Dovizioso, Crutchlow, Viñales, Márquez, Lorenzo, Miller, Zarco, Rossi, Iannone e Bautista eram os que tinham passaporte carimbado para a fase final da classificação.

Com 2min08s091, Bautista abriu o TL3 no topo da tabela, 0s308 à frente de Rins, o segundo colocado. Crutchlow, Petrucci e Aleix vinham em seguida. 

Na passagem seguinte, Márquez surgiu na ponta com 2min04s864, 0s374 melhor que Rins. Petrucci tinha o terceiro posto, ligeiramente à frente de Crutchlow. Redding e Aleix apareciam em seguida.

Mesmo sem baixar sua marca, Márquez seguiu no topo, mas agora com 0s119 de frente para Viñales, o segundo colocado. 1s atrás do líder, Lüthi aparecia em terceiro.

Com 2min03s788, Crutchlow tomou a liderança de Márquez por 0s171, mas ficou pouco por lá, já que Viñales apareceu instantes depois virando 0s330 melhor. Rins era o quarto colocado, à frente de Nakagami e Zarco. 

Com pouco mais de dez minutos de treino, apenas Abraham, Iannone, Miller e Lorenzo não tinham marcado tempo nesta sessão matutina.

Antes de parar nos boxes da Honda, Márquez reassumiu a liderança, mas levou o troco de Viñales, que chegou a 2min02s623 para ser 0s414 melhor. Dovizioso era agora o terceiro colocado, à frente de Crutchlow e Rins.

Com pouco mais de 25 minutos de sessão, Takaaki Nakagami caiu na Farm, a 12ª curva de Silverstone, mas escapou ileso do acidente. O piloto da LCR tinha o sétimo tempo na sessão, 1s461 atrás do líder.

Antes de se encaminhar para os boxes da Ducati, Dovizioso anotou 2min02s725 e assumiu a segunda colocação, reduzindo para 0s102 a vantagem de Viñales. Mais atrás, Rossi assumiu a quinta colocação, ainda 1s2 mais lento que o companheiro de Yamaha.

Com um par de pneus médios, o #46 seguiu trabalhando e, apesar de manter a quinta colocação, reduziu para 0s598 se atraso em relação a Viñales após completar dez giros nesta manhã.

Engatando uma sequência de boas voltas, Rossi saltou para terceiro, 0s241 atrás de Maverick. Márquez vinha 0s026 atrás do piloto de Tavullia e seguido por Crutchlow, Iannone e Miller.

Com pneus usados ― um macio na frente e um médio atrás ―, Viñales aproveitou seu bom desempenho na parcial final de Silverstone para, em sua última volta, cravar 2min02s585, ampliando para 0s140 a vantagem para Dovizioso. Com dez minutos para o fim do TL3, o top-10 tinha ainda Rossi, Márquez, Crutchlow, Iannone, Miller, Zarco, Rins e Rabat, mas sem mudanças no resultado combinado.

O #25, então, chegou a 2min02s476, ampliando para 0s249 a diferença para Dovizioso.

Com 2min02s762, Petrucci saltou para a terceira colocação, 0s250 atrás de Viñales e apenas 0s001 mais lento que Dovizioso, dono da segunda melhor marca. O piloto da Pramac, aliás, foi o primeiro a avançar no top-10 combinado dos treinos.

Na ponta, Viñales conseguiu uma nova melhora, chegando a 2min02s176, 0s549 melhor que Andrea. Mais atrás, Lüthi avançou para a décima posição, 1s637 atrás do ponteiro.

Com um par de pneus novos ― médio na frente e macio atrás ―, Petrucci registrou 2min02s257 e subiu para o segundo posto, reduzindo a vantagem de Viñales para só 0s081. Em volta rápida, porém, o espanhol da Yamaha logo subiu a margem para 0s169.

Quem também avançou foi Álex Rins, que saltou para o sétimo posto, 1s215 atrás de Viñales.

Agora com pneus novos ― e um calçado macio na traseira ―, Rossi baixou sua marca para 2min02s324 e subiu para o terceiro posto, 0s236 mais lento que Viñales.

Restando pouco mais de 3 minutos para o fim da sessão, Álvaro Bautista caiu na curva 12, mas escapou de maiores lesões. O espanhol tentava recuperar sua posição direto no Q2.

Confirmado na SIC em 2019, Morbidelli apareceu com um giro em 2min02s790 e assumiu o quinto tempo, 0s702 atrás do líder. A marca, no entanto, ainda não era suficiente para colocar o #21 direto no Q2.

Com 2min02s167, Crutchlow saltou para o segundo posto, mas logo caiu para terceiro, já que Miller superou Viñales por 0s041 para assumir a liderança da atividade.

0s029 atrás de Miller, Zarco saltou para a segunda colocação, derrubando Viñales para o terceiro posto por uma diferença de só 0s012.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Silverstone, Viñales fechou o giro e não conseguiu melhorar. Mais atrás, Morbidelli melhorou de novo, se colocando perto do top-10 combinado.

Com 2min01s866, Crutchlow tomou a ponta, 0s027 melhor que Petrucci. Miller caiu para terceiro, seguido por Zarco, Viñales, Rossi, Morbidelli, Dovizioso, Márquez e Smith.

MotoGP, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, treino livre 3:
1C CRUTCHLOWLCR Honda2:01.866
2D PETRUCCIPramac Ducati2:01.893+0.027
3J MILLERPramac Ducati2:02.047+0.181
4J ZARCOTech3 Yamaha2:02.076+0.210
5M VIÑALESYamaha2:02.088+0.222
6V ROSSIYamaha2:02.088+0.222
7F MORBDELLIMarc VDS Honda2:02.231+0.365
8A DOVIZIOSODucati2:02.351+0.485
9M MÁRQUEZHonda2:02.550+0.684
10B SMITHKTM2:02.559+0.693
11T RABATAvintia Ducati2:02.640+0.774
12T NAKAGAMILCR Honda2:02.940+1.074
13A IANNONESuzuki2:03.108+1.242
14A RINSSuzuki2:03.197+1.331
15J LORENZODucati2:03.482+1.616
16D PEDROSAHonda2:03.493+1.627
17K ABRAHAMÁngel Nieto Ducati2:03.701+1.835
18A ESPARGARÓAprilia Gresini2:03.702+1.836
19T LÜTHIMarc VDS Honda2:03.813+1.947
20H SYAHRINTech3 Yamaha2:03.890+2.024
21S REDDINGAprilia Gresini2:03.932+2.066
22A BAUTISTAÁngel Nieto Ducati2:04.235+2.369
23L BAZKTM2:04.316+2.450
24X SIMEÓNAvintia Ducati2:05.077+3.211
RECM MÁRQUEZHonda2:01.560174.7 km/h
MVM MÁRQUEZHonda1:59.941177.0 km/h

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top