Defensa y Justicia empata com o Banfield na Sul-Americana - Atividade Esporte News
⚽Notícias

21 agosto 2018

Defensa y Justicia empata com o Banfield na Sul-Americana

(Foto: Banfield/Divulgação)
Apesar de ter jogado melhor e ter ficado mais com a bola no estádio Norberto Tomaghello, o Defensa y Justicia ficou no empate por 0 a 0 com o Banfield na primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta terça-feira.

Com o resultado, o time de Sebastián Beccacece precisa de um triunfo ou de um empate com gols para avançar para a próxima fase. Já o Banfield precisa de uma vitória para seguir na competição. Um empate leva o confronto para as penalidades.

As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 26 de agosto, no estádio Florencio Solá.
O jogo

A partida começou com os mandantes tendo mais a posse de bola e o time visitante tentando pressionar a saída de jogo. A primeira oportunidade de gol veio aos dez minutos. Após a defesa afastar, Leonel Miranda finalizou de fora da área e carimbou a trave esquerda após Arboleda trabalhar. Na sobre, Nicolás Fernández arrematou e o goleiro quase frangou, mas o lance já estava parado por causa de um impedimento.

Os comandados de Sebastián Beccacece continuaram dominando a partida e voltaram ao ataque aos 18. Lisandro Martínez finalizou de fora da área, mas errou o alvo. Já aos 25, Nícolas Fernandes não conseguiu cabecear o cruzamento de Ciro Rius.

A segunda metade do primeiro tempo foi de poucas chances de gols, no entanto, o domínio foi do Defensa y Justicia. O único momento em que o Banfield assustou foi em um roubo de bola na saída de bola, mas a jogada não deu em nada.

Os mandantes voltaram bem para o segundo tempo e fizeram a torcida se levantar logo aos quatro. Lisandro Martínez cruzou na esquerda e Fabián Bordagaray cabeceou por cima do gol.

Após o bom início, o jogo ficou em banho maria e pouco foi criado pelas duas equipes. O Banfield teve uma bola parada que mal assustou e o time mandante seguia com a posse de bola e tentava chegar com jogadas aéreas, já que encontrava dificuldade de entrar na área adversária.

Aos 28, Gastón Togni chutou e Arboleda defendeu. A resposta dos visitantes veio com ataques mais incisivos e algumas jogadas de bola parada, mas nenhuma delas foi efetivamente em direção ao gol.

No fim da partida, Eugenio Isnaldo bateu e forçou Arboleda a fazer a defesa. Contudo, esta foi a única oportunidade criada na pressão final do Defensa y Justicia, além de cobrança de falta no último lance do jogo em que Alexander Barboza colocou no ângulo e o goleiro defendeu.


Fonte:Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top