Em noite de gols contra, Cruzeiro vence Fluminense e encerra jejum no Brasileiro - Atividade Esporte News
⚽Notícias

25 agosto 2018

Em noite de gols contra, Cruzeiro vence Fluminense e encerra jejum no Brasileiro

Times marcam um gol contra cada no Mineirão, porém cabeceio de Raniel faz a diferença e assegura à Raposa triunfo depois de seis rodadas na Série A

Foto:Alexandre Guzanshe/EM D.A Press
Quem compareceu na noite deste sábado ao Mineirão viu Cruzeiro e Fluminense 'solidários' um com o outro. Aos 25min da primeira etapa, o volante celeste Henrique tentou cortar cruzamento do lateral-esquerdo tricolor Ayrton Lucas e marcou contra. No segundo tempo, aos 29min, o Flu retribuiu a 'gentileza' com o próprio Ayrton Lucas, que se assustou após Ibañez não conseguir afastar bola lançada por Egídio e tocou de coxa para o fundo de sua meta. O único gol a favor no Gigante da Pampulha foi do atacante Raniel, de cabeça, logo a 14min de partida.

Com a vitória por 2 a 1, o Cruzeiro colocou fim a um jejum no Brasileiro que durou seis rodadas. Até então, o último triunfo pela competição havia sido no dia 22 de julho, contra o Atlético-PR (2 a 1), no Mineirão. Em seguida, o time contabilizou três empates e três derrotas, mas ainda assim conseguiu se manter na intermediária da classificação. Agora, com o resultado positivo em casa, a Raposa chega a 30 pontos e continua em sétimo.

Na próxima quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, o Cruzeiro enfrentará o Flamengo pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. A expectativa é para um grande público, já que os sócios do futebol esgotaram todas as entradas. A diretoria celeste fez uma projeção para receber 60 mil pessoas no estádio. No duelo de ida, disputado em 8 de agosto, no Maracanã, os comandados do técnico Mano Menezes venceram por 2 a 0, gols de Arrascaeta e Thiago Neves.

O jogo

Raniel venceu a 'disputa' com Hernán Barcos e foi escolhido para ser a referência do ataque do Cruzeiro. E provou que tem fome de gols. Aos 12min, ele roubou a bola de Gum e sofreu falta perto da linha da grande área. Na cobrança, aos 14min, Arrascaeta bateu fechado, e o camisa 17 cabeceou forte para o fundo das redes, chegado ao seu oitavo gol na temporada e fazendo 1 a 0.

Depois de abrir o placar, o Cruzeiro diminuiu a pressão sobre o Fluminense, que, por sua vez, aumentou o índice de posse de bola (55% no primeiro tempo). O Tricolor trocava passes, porém não demonstrava criatividade suficiente para incomodar o goleiro Fábio. Até que, aos 25min, o lateral-esquerdo Ayrton Lucas fez bela jogada individual. Ele driblou Lucas Romero e Lucas Silva e cruzou rasteiro em direção à grande área. Antes de a bola chegar até Sornoza, o volante cruzeirense Henrique tentou cortar de carrinho e marcou contra: 1 a 1.

Nos acréscimos de um primeiro tempo resumido aos gols das equipes, o atacante Pedro, do Fluminense, torceu o joelho direito ao tentar proteger a bola de Lucas Romero no campo de ataque. Com muitas dores, foi substituído por Kayke no intervalo e precisou ser amparado pela equipe médica do Tricolor para sair do gramado. Artilheiro do Flu no Brasileiro, com 10 gols (19 na temporada), o camisa 9 celebrara dias antes a primeira convocação para a Seleção Brasileira. Agora, passará por exames que atestarão a gravidade da lesão.

O Cruzeiro também mexeu no intervalo, porém por opção técnica. O lateral-esquerdo Marcelo Hermes, que errou dois cruzamentos, seis passes e recebeu um cartão amarelo, foi substituído por Egídio. Logo a 1min do segundo tempo, Thiago Neves carregou a bola no meio-campo e chutou forte de longe, exigindo grande defesa de Júlio César. 

Aos 17min, Raniel, autor do gol cruzeirense, pediu substituição alegando cansaço. Mano Menezes colocou Hernán Barcos. Pouco tempo depois, o Cruzeiro teve uma grande chance: Arrascaeta tabelou com Robinho e passou para Thiago Neves, que, cara a cara com Júlio César, não conseguiu chutar a gol.


Se no primeiro tempo o Cruzeiro lamentou o lance de infelicidade de Henrique, na etapa final comemorou o deslize de um jogador do Fluminense. Aos 26min, Egídio foi à linha de fundo e cruzou na pequena área. Como Ibañez, zagueiro do Flu, não conseguiu fazer o corte, a bola bateu na coxa de Ayrton Lucas e entrou: 2 a 1.

Aos 39min, a Raposa poderia marcar o terceiro e ficar em situação mais tranquila no jogo, mas Thiago Neves, ao matar no peito e tirar Ibañez da jogada, chutou por cima da meta. Foi o último lance efetivamente perigoso, para a alegria dos pouco mais de 14 mil cruzeirenses presentes no Gigante da Pampulha.

CRUZEIRO 2X1 FLUMINENSE

CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero, Dedé, Murilo e Marcelo Hermes (Egídio, no intervalo); Henrique e Lucas Silva; Robinho (Rafinha, aos 36min do 2ºT), Thiago Neves e Arrascaeta; Raniel (Barcos, aos 19min do 2ºT)
Técnico: Mano Menezes

FLUMINENSE
Júlio César; Gilberto, Gum, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Jadson (Junior Dutra, aos 30min do 2ºT), Dodi e Sornoza (Daniel, aos 31min do 2ºT); Matheus Alessandro e Pedro (Kayke, no intervalo)
Técnico: Marcelo Oliveira

Gols: Raniel, aos 14min do 1ºT. Ayrton Lucas, contra, aos 29min do 2ºT (CRU); Henrique, contra, aos 25min do 1ºT (FLU)
Cartões amarelos: Marcelo Hermes, aos 2min, Dedé, aos 43min do 1ºT. Henrique, aos 14min, Lucas Romero, aos 44min do 2ºT (CRU); Gum, aos 12min, Jadson, aos 31min, Ibañez, aos 43min do 1ºT (FLU)
Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: sábado, 25 de agosto de 2018
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Assistentes adicionais: Leonardo Sígari Zanon (PR) e Fábio Filipus (PR)
Pagantes: 11.453
Presentes: 14.449
Renda: R$ 158.575,00


Fonte:Super Esportes

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top