Grosjean garante que não usou Haas para chegar à Ferrari - Atividade Esporte News
⚽Notícias

19 agosto 2018

Grosjean garante que não usou Haas para chegar à Ferrari

Romain Grosjean
Romain Grosjean insiste que ele não se juntou à Haas com um objetivo secreto de usá-la como um trampolim para se juntar à Ferrari em algum momento no futuro.

A Haas tem uma profunda cooperação técnica com a equipe italiana e usa suas unidades de potência e muitas peças listadas e não listadas do chassi permitidas pelas atuais regras da F1. Esta é uma das razões pelas quais o francês foi atraído pela equipe americana.

Mas muitas pessoas também acreditam que Grosjean está usando sua posição atual para se destacar como um potencial piloto para a equipe de Maranello, quando Kimi Raikkonen deixar a equipe.

Mas o Homem de Gelo parece estar colado ao seu assento na Ferrari, independentemente do número de altos e baixos em sua carreira. O estreante da Sauber, Charles Leclerc, é o principal candidato a substituir o finlandês. Mas desde a morte repentina de Sergio Marchionne, a ideia nunca foi adiante.

Grosjean passou por três anos difíceis na equipe americana. Embora ele não pareça um potencial piloto da “equipe vermelha”, por enquanto, seu assento na Haas não está sob ameaça para a próxima temporada. E o francês insiste que está comprometido com a Haas porque acredita na equipe.

Perguntado se ele acha que o surgimento de Leclerc dificultou sua ida para a Ferrari, ele disse: “Eu ainda quero tentar ser campeão mundial. A única coisa que ninguém sabe é de 2021 (quando novas regras e estrutura comercial serão implementadas) e eu espero que haja mais chances de (mais equipes) ganharem corridas.

“Vamos ver como será o futuro. Estou muito feliz por fazer parte disso. A Haas é a melhor equipe do meio do grid, e é por isso que todo mundo quer vir para cá – estamos fazendo algo incrível e eu nunca vim aqui para ir para a Ferrari”, garantiu.

“Eu nunca esconderia o fato de que sonharia em ir para a Ferrari, mas não foi algo como ‘vou para a Haas para ir para a Ferrari’. Quem sabe como será no futuro? Por enquanto, gosto de manter o negócio aqui porque acho que temos mais o que podemos fazer”, explicou.

Falando de Leclerc, ele disse que o novato “fez algo incrível nesta temporada”, ganhando pontos para sua equipe, a Sauber. Mas a expectativa aumentada do segundo ano na F1 torna mais difícil para os pilotos mais jovens, alertou ele.

“Eu não conhecia muito dele antes da F2 e, obviamente, ele foi muito forte na F2 (e) está incrível nesta temporada”, afirmou Grosjean sobre Leclerc. “Para mim, a segunda temporada é sempre mais difícil do que a primeira – não há expectativa na primeira e depois na segunda temporada há mais expectativa, especialmente se ele acabar na Ferrari”.

“Mas isso seria interessante de ver. Como eu disse, ele está muito, muito bem e a Sauber, em geral, está aumentando muito o seu jogo”, finalizou o francês.

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top