Inter vence o Paraná com gol de falta aos 50 minutos do segundo tempo - Atividade Esporte News
⚽Notícias

19 agosto 2018

Inter vence o Paraná com gol de falta aos 50 minutos do segundo tempo

Colorado ocupa temporariamente a primeira colocação do Brasileirão

| Foto: Guilherme Testa
O Inter venceu o Paraná, por 1 a 0, neste domingo, no estádio Beira-Rio, com um gol de falta de Camilo aos 50 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Colorado chega a 39 pontos e ocupa temporariamente a liderança do Brasileirão. Às 19h, o São Paulo recebe a chapecoense, no Morumbi, e, se vencer, retoma a ponta.

O Tricolor paranaense iniciou a partida se defendendo com 10 jogadores no seu próprio campo e sofreu pressão do Colorado com algumas oportunidades de gols. Entretanto, no final do primeiro tempo, os comandados de Odair Hellmann caíram de rendimento e o adversário cresceu. No segundo tempo, as chances criadas caíram ainda mais. Porém, no último lance do jogo, o meia acertou um belo chute e garantiu a vitória.

O Inter volta aos gramados, na primeira partida do segundo turno do Brasileiro, na próxima quarta-feira, às 19h30min, na Arena Fonte Nova, contra o Bahia. Nico López, Fabiano e Jonatan Alvez não atuam, pois receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. Já o Paraná recebe o São Paulo, no mesmo dia e horário, no Durival de Britto.

Inter domina, mas não abre o placar

O Tricolor paranaense iniciou a partida se defendendo com 10 jogadores no seu próprio campo e sofreu pressão do Colorado com algumas oportunidades de gols. Entretanto, no final do primeiro tempo, os comandados de Odair Hellmann caíram de rendimento e o adversário cresceu. No segundo tempo, as chances criadas caíram ainda mais. Porém, no último lance do jogo, o meia acertou um belo chute e garantiu a vitória.

O Inter volta aos gramados, na primeira partida do segundo turno do Brasileiro, na próxima quarta-feira, às 19h30min, na Arena Fonte Nova, contra o Bahia. Nico López, Fabiano e Jonatan Alvez não atuam, pois receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. Já o Paraná recebe o São Paulo, no mesmo dia e horário, no Durival de Britto.

Desde o apito inicial de Leandro Bizzio Marinho, o Inter partiu para cima do adversário, que optou por deixar 10 jogadores próximo a área para dificultar os lances ofensivos dos donos da casa, além de ter mais facilidades para contra-atacar. Aos nove minutos, após escanteio da esquerda, a bola bateu em Alvez e entrou, mas o árbitro marcou falta do atacante por empurrar o adversário.

Três minutos depois, Após escanteio da esquerda de ataque, Patrick bateu de "puxeta", em belo lance, e Richard fez excelente defesa. Um minuto depois, Após escanteio da direita de ataque, um jogador do Paraná desviou e a bola foi na direção da meta, mas Richard fez a defesa no reflexo e Renê afastou o perigo em cima da linha com um chutão.

Usando bastante as laterais para tentar furar o bloqueio defensivo do Paraná, o Colorado tinha volume de jogo e domínio de posse de bola, mas não conseguia levar perigo ao goleiro paranaenses. Aos 27, Fabiano cruzou da direita e a bola bateu no braço esquerdo de Leandro Vilela, mas, mais uma vez, Leandro Marinho e seus auxiliares entenderam como jogada normal e mandaram o jogo seguir.

Após a parada técnica, Odair inverteu de lado Pottker e Nico, que passou a atuar pela esquerda. A mudança não surtiu efeito e o rendimento do time caiu. Com a queda, o Paraná conseguiu chegar ao ataque, mas sem conseguir chances claras de gol. Aos 46, Fabiano cobrou lateral, Leandro Vilela se antecipou a Nico López, avançou e, dentro da área, passou para Grampola. O atacante chutou e a bola passou próximo ao travessão de Lomba.

Camilo salva nos descontos

O início do segundo tempo foi bastante parecido com o final da primeira etapa. Muito perde e ganha no meio de campo e com o Paraná levando perigo a meta do Inter. Aos três minutos, Grampola aproveitou um bate e rebate na frente da área e chutou forte, próximo ao poste esquerdo da meta de Lomba.

Necessitando da vitória para tentar sair da zona de rebaixamento, o Paraná mudou a postura e passou a atacar o Inter, que passou a ter dificuldades para ter a posse de bola e finalizações. Até que aos oito, Nico López recebeu passe dentro da área e bateu forte. Richard fez excelente defesa. No rebote, Jonatan Alvez pegou o rebote e, no momento do chute, Renê afastou o perigo.

Com dificuldades para criar ofensivamente, Odair Hellmann, aos 14, retirou Fabiano para a entrada de Rossi. Cinco depois, o atacante fez jogada individual pela direita e cruzou no segundo poste. Pottker pulou mais alto que o marcador e cabeceou perto do poste direito de Richard. Aos 25, Alvez deixou o gramado para a entrada de Camilo, com Pottker passando a atuar como centroavante.

Depois de 13 minutos de intenso combate de área a área, Rossi fez jogada pela esquerda de ataque e lançou Nico dentro da área. O atacante deixou a bola quicar e Richard fez a defesa. Aos 40, Nico López driblou o goleiro dentro da área e foi derrubado por Richard. Árbitro havia marcado impedimento, mas o uruguaio tinha condições de jogo. Pottker estava em posição ilegal, mas não participou da jogada.

O Colorado insistiu até o apito final, mas não conseguiu criar oportunidades. Porém, aos 50 minutos, Camilo cobrou falta da intermediária pela esquerda de ataque, a bola bateu no poste direito de Richard e foi parar no fundo das redes. Com o resultado, o Inter chega as 11 vitórias, mesmo número do São Paulo, que ainda joga neste domingo, e do Flamengo, que perdeu para o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Brasileirão – 19ª rodada

Inter 1

Marcelo Lomba; Fabiano (Rossi), Rodrigo Moledo, Emerson Santos e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Nico López e Pottker (Lucca); Jonatan Alvez (Camilo).

Técnico: Odair Hellmann.

Paraná 0

Richard; Júnior, Renê, Rayan e Igor; Jhonny Lucas (Wesley), Leandro Vilela (Jhony), Caio Henrique, Carlos e Silvinho; Rafael Grampola (Rodolfo).

Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Camilo (50min/2ºT)

Cartões amarelos: Richard, Rayan, Igor e Leandro Vilela (P) & Nico López (3º), Jonatan Alvez (3º) e Fabiano (3º) (I)

Cartões vermelhos: -

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP).

Auxiliares: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP).

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top