Luiz Carlos fala de habilidade com os pés e mira estreia como titular: 'Vou priorizar jogo seguro'

Goleiro vai iniciar partida pela primeira vez como titular no Timbu e se mostrou tranquilo para disputar titularidade com o prata-da-casa Bruno

Para o arqueiro, o mais importante é demonstrar segurança para o time debaixo das traves
Sem fazer uma partida como goleiro principal desde que chegou ao Náutico, em fevereiro, o goleiro Luiz Carlos, de 30 anos, finalmente terá a sua primeira oportunidade no clube com a titularidade. Após suspensão do defensor Bruno contra o ABC, por terceiro cartão amarelo, Luiz Carlos ganhou lugar na escalação base do Timbu contra o Remo, neste sábado. O time alvirrubro, já classificado para a fase de mata-mata, entra em campo com tranquilidade, mas o novo goleiro joga em clima de decisão. 

“Eu vinha buscando uma oportunidade desde que cheguei aqui. O Bruno estava iniciando sua excelente fase e eu sei que só um joga. Porém, nas últimas rodadas, quando vi que ele estava com dois cartões amarelos, eu sabia que minha chance poderia ser contra o Remo. Ela veio antes do esperado, com a infelicidade de ele se lesionar contra o ABC e precisar ser substituído”, comentou. “Goleiro tem que trabalhar, ter paciência todos os dias e esperar a oportunidade. É assim que funciona. E quando surgir, tem que aproveitar”, enfatizou ele.

Sobre a expectativa para o confronto com o Remo e a importância desta partida para a sua carreira, Luiz Carlos optou por manter a calma. “A gente não pode prever como será a partida, mas, com tranquilidade, quero aproveitar essa oportunidade para mostrar meu trabalho. Eu busco meu espaço e vou jogar visando permanecer na titularidade, mas tudo no seu tempo. Priorizo muito mais fazer uma partida segura. Já consegui meus primeiros 30 minutos, contra o ABC, e agora serão mais 90 contra o Remo. Quero seguir, passo a passo, adquirindo confiança e transmitindo essa confiança ao grupo e à comissão técnica”, disse. 

Habilidades individuais

No jogo contra o ABC, no último sábado, Luiz Carlos chamou a atenção da torcida após mostrar uma habilidade individual diferenciada: a reposição de bola. Ele reconheceu a virtude. “De fato, é uma das minhas qualidades. Estou sempre buscando evoluir porque essa é uma competência necessária, já que no futebol existe uma participação do goleiro na posse de bola”, argumentou.
 
Relação com o grupo

Em termos de concorrência, o defensor estreante garante que ela não atrapalha a dinâmica de unidade da equipe. “Sempre existiu o bom convívio entre nós, goleiros. Além dos treinos, naturalmente, a gente conversa, a gente troca incentivos, brinca, etc”, pontuou. “Nosso grupo é extremamente coeso e não há vaidade aqui. Somos todos nós em prol de um único objetivo: o acesso. Todos estão direcionados para isso. Não criamos nada que possa nos desfocar deste objetivo”, acrescentou.

Revelado pelo Internacional, Luiz Carlos tem passagens pelo Brasil de Pelotas, Monte Azul-SP, União Leiria, de Portugal, Juventude e São José-RS. Pelos dois últimos clubes, viveu sua maior regularidade em uma temporada, atuando 22 vezes em 2014. 


Fonte:Super Esportes
Tecnologia do Blogger.