Max Verstappen: “Eu amo o que faço, meu hobby se tornou minha profissão”

Foto: AFP PHOTO / Vladimir Simicek
Max Verstappen diz que “não pode reclamar” sobre seu atual momento na vida, no entanto, ele gostaria de ter vencido mais corridas.

O holandês entrou na Fórmula 1 em 2015 com a Toro Rosso, antes de ser promovido para a Red Bull Racing no ano seguinte.

Desde sua corrida de estreia pela RBR, no GP da Espanha em 2016, quando venceu pela primeira vez, ele acrescentou mais três vitórias ao seu nome, sendo o mais recente seu triunfo no GP da Áustria deste ano, onde derrotou Kimi Raikkonen.

“Aos 20 anos de idade, não posso reclamar”, disse ele à ‘Sky Sports’.

“Eu amo o que faço, meu hobby se tornou minha profissão, o que é muito legal”.

“Há muito mais a ganhar, especialmente na Fórmula 1. É um bom começo da minha carreira, especialmente com 20 anos de idade, ainda não terminei”.

“Eu amo pilotar um carro de corrida e adoro dirigir até o limite. Quando você está indo bem, essa é sua motivação para continuar indo bem. É disso que gosto, viver naquele momento para me sentir assim, todo fim de semana”, indicou Max Verstappen.

Quanto ao que o futuro reserva, o piloto de 20 anos espera mais vitórias em corridas.

“Eu não sei, eu não tenho uma bola de cristal, então isso é um pouco difícil de responder, mas espero que tenha mais de quatro vitórias”.

“Sempre acredite em si mesmo, o mais importante”, finalizou.


Fonte:LANCE
Tecnologia do Blogger.