Oeste leva gol do lanterna no fim e mantém série negativa na Série B

 (Foto: Marcos Bezerra/OFC)
Jogo ruim, feio, com estádio quase vazio, um gol contra e outro quase nos minutos finais. Esse foi o resumo do duelo entre Oeste e Boa Esporte na noite dessa sexta-feira, na Arena Barueri, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Para os paulistas, a decepção foi ainda maior. O time estava prestes a quebrar a série de três jogos sem vencer quando levou o empate em 1 a 1 aos 45 minutos do segundo tempo diante do lanterna da competição.

O único gol do Oeste foi marcado pelo zagueiro Luan, contra. A defesa mineira desarmou Claudinho dentro da área, mas viu a bola sobrar para Conrado, que bateu cruzado e de novo contou com a colaboração rival para abrir o placar.

Fora isso, o rubro-negro teve uma chance clara na segunda etapa, quando Marcinho acertou o travessão. E foi só. O Boa Esporte pouco chegou ao gol adversário, e também contou com a falta de criatividade dos mandantes para não sofrer tanto atrás.

Mesmo assim, aos 45, uma cobrança de falta de bola erguida na área deu ao zagueiro Hélder Maurílio a chance do empate. E ele não perdoou.

Dessa forma, o Oeste, agora há quatro partidas sem vencer, fica na 14ª posição, com 23 pontos, ainda próximo da zona de rebaixamento. Já o Boa Esporte fica nos 14 pontos, em 20º, dois pontos atrás do Sampaio Corrêa, que ainda entrará em campo nessa rodada.

Na próxima rodada, o Oeste visita o CRB em Alagoas, sábado, dia 11. O Boa recebe o Londrina na véspera, em Varginha.

FICHA TÉCNICA
OESTE 1 X 1 BOA ESPORTE

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data: 3 de agosto de 2018, sexta-feira
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões amarelos: Patrick, Betinho, Daniel Farias (OES); Rafael Jensen, Jadson (BOA)
Público: 346 pagantes
Renda: R$ 2.180,00

GOLS
Oeste: Luan (contra), aos 32 minutos do 1T
Boa Esporte: Hélder Maurílio, aos 45 minutos do 2T

OESTE: Tadeu; Daniel Borges, Joilson, Patrick, Conrado; Betinho, Lídio, Mazinho (Claudinho), Marcinho (Henrique) e Pedrinho; Danielzinho (Daniel Farias)
Técnico: Roberto Cavalo

BOA ESPORTE: Fabrício; Helder Maurílio, Luan, Rafael Jensen; Jadson, Maycon, Djavan, Machado (Adauto), Bruno Tubarão, Daniel Cruz (William Barbio) e Kaio Cristian.
Técnico: Ney da Matta


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.