Paraná Clube empata com o Botafogo, mas empaca na lanterna

Com atuação abaixo da crítica, Paraná Clube empata jogo tenso no último lance da partida

Foto: Marcelo Andrade
Em um jogo nervoso, que teve um jogador de cada lado expulso, e pênalti marcado, o Paraná Clube empatou com o Botafogo na manhã deste domingo (12), na Vila Capanema. O gol dos visitantes aconteceu aos 26 do segundo tempo, de pênalti, marcado por Rodrigo Lindoso e o Tricolor fez com Alex Santana no último lance. Com o resultado, o Tricolor continua na lanterna da competição, com 14 pontos somados em 18 rodadas. E a situação do técnico Rogério Micale segue delicada.

O primeiro tempo começou com muita vontade, mas nenhuma qualidade. O Paraná tentava armar jogadas na transição ofensiva, mas faltava talento para que a bola pudesse se transformar em perigo. Foi o Botafogo que criou a primeira oportunidade de gol. Aos 21 minutos, Luiz Fernando chuta firme de fora da área e Richard pula para tirou com a ponta dos dedos. Sabendo que precisava buscar a vitória de qualquer maneira os atletas do Tricolor chegavam firme e, por isso o jogo passou a ficar muito nervoso.

Aos 25, um lance que gerou uma confusão generalizada. Matheus Fenandes fez falta em Maicosuel, e na sobre de bola, Silvinho passou por cima do jogador do Botafogo, que estava caído. O atacante paranista aproveitou para deixar o pé e levou um pisão como resposta. Dentro de campo, os atletas se estranharam, com direito a empurrão de Cléber Reis em Joel Carli. Como o lance aconteceu na linha lateral, próximo ao banco de reservas do Tricolor, toda a comissão e jogadores que estavam de fora entraram para separar a briga. Na confusão, uma expulsão para cada lado: Matheus Fernandes e Cléber Reis foram mais cedo para o vestiário.

Com mais espaço em campo, o Paraná até tentou aproveitar a velocidade de Silvinho para chegar à meta. Com alguns minutos de pressão na área do Botafogo, as finalizações ficaram longe de assustar. A melhor chance aconteceu com Carlos, aos 36, quando o atacante chutou chuta de fora da área e a bola passa à esquerda do gol.

O segundo tempo começou e logo de cara os dois times tiveram chances claras de abrir o placar, mas desperdiçaram. Do lado do time carioca, aos 3 minutos, Aguirre cruzou e Luiz Fernando, de cara com Richard, mandou para cima. Os donos da casa puderam mandar para o fundo das redes, aos 4,  quando Carlos cruzou rasteiro, a bola cruzou a área, mas nem Rodolfo, nem Silvinho, empurraram.

O Paraná até tentava arriscar, mas não dava trabalho no terço final de campo para o time visitante. Faltavam passes qualificados e, principalmente, pontaria. Na segunda etapa, dois ex-jogadores do Tricolor entraram em campo: João Pedro e Renatinho.

Confira a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

Aos 24, René Santos viu Luiz Fernando conseguir entrar na área e deu por traz, no tornozelo do jogador do Botafogo. Pênalti para o Botafogo. Após o juiz assinalar a penalidade, mais confusão. Muita reclamação em cima do árbitro Raphael Claus amarelou três atletas: Alex Sanatana, Richard e Renatinho. Rodrigo Lindoso bateu firme e cruzado e mandou para o fundo das redes.

Depois de levar o gol, o Paraná continuou sem nenhum poder de fogo e não conseguiu reagir, mas Alex Santana, o melhor paranista em campo, conseguiu um chute improvável aos 51 minutos. A bola desviou na marcação e enganou Saulo. Um empate na bacia das almas. O próximo compromisso do Paraná, o último do primeiro turno do Brasileirão, será contra o Internacional no próximo domingo, dia 19, à 11h, no Beira Rio.

Ficha técnica
BRASILEIRÃO
1º Turno – 18ª Rodada

PARANÁ CLUBE 1×1 BOTAFOGO

Paraná
Richard; Júnior, Cléber Reis, Renê Santos e Igor; Torito González, Alex Santana e Maicosuel (Rodolfo); Silvinho, Carlos e Rafael Grampola (Marcelo Baez).
Técnico: Rogério Micale

Botafogo
Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso e Leo Valencia (Renatinho); Luiz Fernando (Jean), Rodrigo Pimpão (João Pedro) e Aguirre.
Técnico: Zé Ricardo

Local: Durival Britto
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
Gols: Rodrigo Lindoso 26 do 2º e Alex Santana 51 do 2º
Cartões amarelos: Renê Santos, Alex Santana, Richard (PR); Rodrigo Pimpão, Marcinho, Renatinho, Jean (BOT)
Cartões vermelhos: Cléber Reis e Matheus Fernandes
Renda: R$ 95.980,00
Público pagante: 4.831
Público total: 5.443
Tecnologia do Blogger.