Raulzinho reconhece dificuldade na NBA: “Nunca vai ser fácil”

Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O jogador brasileiro de basquete Raul Neto, conhecido como Raulzinho, reconheceu os obstáculos no caminho de se firmar como astro da NBA, principal liga do esporte no mundo. Nesta segunda-feira, o atleta do país, junto do pivô Rudy Gobert, da França, participou de uma sessão de autógrafos na loja oficial da liga americana, localizada no centro de São Paulo, a primeira da franquia na cidade.

Além de admitir as dificuldades, presentes tanto pela parte técnica quanto pela parte de adaptação, o armador também revelou que a “família” criada no Utah Jazz, seu time, foi um dos motivos que o levou a renovar contrato com a equipe americana.

“Criamos uma família no Jazz, principalmente no último ano. O grupo é muito unido. Todo mundo que acompanha o time viu isso nas redes sociais, dentro da quadra dava para ver também. Esse foi um dos motivos que me fez querer continuar lá. Sei que lá é uma luta para eu conseguir os meus minutos, a NBA nunca vai ser fácil para mim, mas estou lá brigando”, admitiu o jogador, antes de complementar.

“Cada dia melhorando, cada jogo com os melhores. É isso que quero para a minha carreira: continuar na NBA o máximo que puder”, concluiu.

O Utah Jazz terminou a temporada 2017/2018 da NBA com 48 vitórias e 34 derrotas, sendo eliminado nos playoffs pelo Houston Rockets após ter despachado o Oklahoma City Thunder, de Russell Westbrook, Paul George e Carmelo Anthony.

Raulzinho tornou-se agente livre após o final da temporada mas acabou por acertar novamente com o time de Salt Lake City, renovando contrato com a equipe até o final de 2020. Foi oferecido um valor de cerca de US$ 4,4 milhões (R$17,15 milhões) para o brasileiro.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.