Sem ritmo, Brasil joga mal e perde amistoso para os Estados Unidos

(Foto: DIvulgação/FIVB)
Neste domingo, a Seleção Brasileira começou de forma negativa sua preparação para o Mundial. Jogando uma partida amistosa contra os Estados Unidos, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães não jogou bem e perdeu por 3 sets a 1, parciais 25/19, 25/18, 26/28 e 25/16. As duas equipes se enfrentarão mais três vezes buscando ganhar ritmo para a competição.

Durante o amistoso, o técnico brasileiro buscou dar uma maior rodagem às jogadoras, como foram os casos de Rosamaria, Dani Lins e Thaís, as duas últimas por não disputarem a Liga das Nações. Dentre os desfalques estavam  Suellen, Fernanda Garay e Natália, já que as três atletas ainda buscam voltar à melhor forma e não foram escaladas por Zé Roberto Guimarães na partida deste domingo.

O primeiro set foi marcado por um começo muito bom do Brasil, com as meninas abrindo 5/1. No entanto, a partir deste momento, a equipe começou a errar demais e viu as americanas não apenas empatar em 8/8 como tomar a dianteira da partida e abrir uma vantagem de cinco pontos. As donas da casa até mostraram uma reação, mas não foi suficiente e os Estados Unidos fecharam a parcial em 25/19.

Mesmo com a derrota na parcial, o Brasil não caiu de rendimento e o jogo ficou equilibrado, com os dois times tendo chance de abrir vantagem mas esbarrando na falta de regularidade. Com maior ritmo de jogo, já que tinham feito amistosos contra o Japão nas últimas semanas, a equipe americana teve um ótimo desempenho na reta final e ganhou o segundo set por 25/18.

Depois de dois sets com domínio americano, a terceira parcial foi a mais equilibrada de todo o confronto, com a equipe brasileira tendo seu melhor desempenho e impondo dificuldades para o estilo de jogo agressivo das adversárias. Após ficarem empatadas em 24/24, cada ponto entre os dois times foi extremamente disputado, com o Brasil vencendo a parcial por 28/26.

Já o quarto set não começou bem para o Brasil, que esteve atrás do placar em praticamente toda a parcial. Com muitos erros de ataque e muita inconsistência na defesa, as meninas brasileiras pecavam na criação de jogadas e viram os Estados Unidos ficarem cada vez mais perto da vitória. Nem mesmo uma reação do time de Zé Roberto foi o suficiente e as americanas venceram a parcial em e o jogo em 3 sets a 1.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.