Um dos jogadores mais “caçados” da Série B, Renato enaltece aproveitamento do Avaí fora de casa

Foto Anexada: Divulgação/Avaí/Jamira Furlani
No próximo sábado (04), às 19 horas, o Avaí vai até a cidade de Campinas buscando manter o bom desempenho atuando fora de casa nesta Série B. Até o momento, o Leão da Ilha é a equipe com melhor aproveitamento longe de seus domínios com quase 63%.

“Sabemos que será um jogo extremamente difícil. Jogar com a Ponte Preta lá é sempre complicado, mas vamos tentar manter a mesma pegada dos outros jogos fora de casa para que a gente retorne ao grupo dos quatro primeiros colocados”, revelou Renato.

Segundo jogador mais “caçado” da Série B, ficando atrás apenas de Niltinho, do CSA, Renato vem sofrendo com a forte marcação dos adversários. “Já são 52 faltas sofridas e isso acaba incomodando durante as partidas. Acredito que a marcação têm sido um pouco mais firme em cima de mim em função dos gols anotados, mas isso a gente vai tirando de letra”, destacou.

Artilheiro do Avaí na competição com seis gols, Renato marcou quatro longe de Florianópolis. Há três jogos sem balançar as redes, o lateral que vem atuando como meia espera voltar a marcar para ajudar o clube a permanecer na parte de cima da tabela. “Eu não me preocupo muito com os gols. É claro que se aparecer uma oportunidade quero marcar para ajudar o Avaí, mas se não for eu, que seja outro jogador e que a gente saia com a vitória, que é o mais importante”, finalizou.
Tecnologia do Blogger.