Vettel abre fim de semana do GP da Bélgica na ponta do primeiro treino livre. Hamilton é terceiro - Atividade Esporte News
⚽Notícias

24 agosto 2018

Vettel abre fim de semana do GP da Bélgica na ponta do primeiro treino livre. Hamilton é terceiro

Lewis Hamilton chegou a liderar uma momentânea dobradinha da Mercedes nesta manhã de treinos livres em Spa-Francorchamps. Mas foi Sebastian Vettel quem finalizou a sessão na ponta, com o quase local Max Verstappen em segundo. Esteban Ocon, com a nova Racing Point, foi o sétimo

(Foto: AFP)
A F1 está de volta. A manhã desta sexta-feira (24) marcou a retomada da temporada 2018 depois de quatro semanas em razão das férias de verão na Europa. E no primeiro treino livre que abriu os trabalhos do GP da Bélgica, no icônico circuito de Spa-Francorchamps, deu Sebastian Vettel. O tetracampeão completou os primeiros 90 minutos do fim de semana com o melhor tempo, 1min44s358 com sua Ferrari calçada com pneus macios.

Lewis Hamilton chegou a liderar boa parte da sessão, mas finalizou a manhã em terceiro lugar. Na metade final da sessão, o tetracampeão foi batido por Max Verstappen, que levou a Red Bull ao segundo lugar ao registrar 1min44s509, contra 1min44s676 de Hamilton. Kimi Räikkönen alcançou o quarto tempo, apenas 0s042 atrás de Hamilton, enquanto Valtteri Bottas, que começa o fim de semana já ciente de que vai largar no fim do grid — em razão do uso da nova especificação de motor da Mercedes —, fechou a lista dos cinco primeiros.

A nova Racing Point começou bem sua jornada e foi a melhor do resto no primeiro treino, colocando Esteban Ocon em sétimo lugar na sessão. O francês, que tem sua sequência na equipe como algo incerto, completou o treino atrás de Daniel Ricciardo, que enfrentou problemas durante toda a sessão, mas voltou nos minutos finais para registrar o sexto tempo, e à frente de Nico Hülkenberg, da Renault, e do seu companheiro de equipe, Sergio Pérez. Carlos Sainz, também da Renault, fechou a lista dos dez primeiros.

Na McLaren, Lando Norris, que guiou no TL1 no lugar de Fernando Alonso, foi 0s088 mais rápido que Stoffel Vandoorne, finalizando em 18º, duas posições à frente do belga.

A grande novidade na retomada dos trabalhos da F1 nesta manhã de sexta-feira, além da Racing Point, foi a presença de Lando Norris no cockpit da McLaren, ocupando o lugar de Fernando Alonso. A ideia da equipe britânica já é o começo das avaliações visando a temporada 2019. O bicampeão acompanhava as movimentações direto do pit-lane.

O primeiro tempo do fim de semana foi estabelecido por Max Verstappen, que praticamente corre em casa neste fim de semana e diante do 'Mar Laranja'. O holandês marcou 1min46s916 com pneus macios. Ao mesmo tempo, a Mercedes confirmava que Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, além dos pilotos das equipes clientes, Williams e Racing Point, têm à disposição a versão atualizada de motor oferecida pela fornecedora alemã. O finlandês, por iniciar o uso do quarto motor, começava o fim de semana com a certeza de largar no fim do grid.

O treino começava a esquentar com a entrada dos carros da Ferrari e da Mercedes na pista. Kimi Räikkönen, maior vencedor do GP da Bélgica em atividade, com quatro conquistas, subiu à ponta da tabela de tempos com 1min45s444. Só que o veterano foi batido, minutos depois, pelo compatriota. Bottas cravou 1min44s998 no momento em que Lewis Hamilton, que subia para terceiro, reportava as primeiras gotas de chuva no circuito.

Em seguida, era a vez de Hamilton assumir a liderança do treino ao fazer a melhor parcial em dois dos três setores da pista. O tetracampeão do mundo cravou 1min44s676. Aí, os pilotos voltaram aos boxes para a devolução de um jogo extra de pneus fornecidos pela Pirelli. Logo, Sergey Sirotkin quebrava o silêncio e acelerava com sua Williams.

Em seu segundo stint de voltas rápidas, novamente com pneus macios, Räikkönen ficou muito perto de passar Hamilton e subiu para segundo ao marcar 1min44s718, somente 0s042 atrás do tetracampeão. Bottas também acelerava, porém com os pneus médios. Sirotkin, por sua vez, dava sua escapada da pista e rodava na curva 8, porém sem maiores consequências.

Ao mesmo tempo, o treino tinha um novo líder: Sebastian Vettel assumia a ponta com 1min44s358, também usando pneus macios. Na sequência, a expectativa era que Hamilton melhorasse sua marca, mas quem evoluiu mesmo foi Verstappen, que subiu para segundo com tempo 0s151 mais lento em relação a Seb.

De todos os pilotos, apenas um, Daniel Ricciardo, não havia conseguido registrar tempo, fechando a lista dos 20 pilotos da sessão nesta sexta-feira. Nos minutos finais, o #3 finalmente foi à pista e registrou uma volta rápida, completando a manhã em sexto lugar.

Os respectivos companheiros de equipe de Ocon e Hulkenberg, Sergio Perez e Carlos Sainz, completaram os 10 primeiros.
Pos.PilotoEquipeTempo/dif.Voltas
1Sebastian VettelFerrari1m44.358s19
2Max VerstappenRed Bull/Renault0.151s20
3Lewis HamiltonMercedes0.318s22
4Kimi RaikkonenFerrari0.360s17
5Valtteri BottasMercedes0.366s25
6Daniel RicciardoRed Bull/Renault1.200s4
7Esteban OconForce India/Mercedes1.428s22
8Nico HulkenbergRenault1.593s19
9Sergio PerezForce India/Mercedes1.811s21
10Carlos SainzRenault1.852s19
11Pierre GaslyToro Rosso/Honda1.942s25
12Romain GrosjeanHaas/Ferrari2.029s20
13Charles LeclercSauber/Ferrari2.196s20
14Marcus EricssonSauber/Ferrari2.199s19
15Brendon HartleyToro Rosso/Honda2.574s23
16Lance StrollWilliams/Mercedes2.607s25
17Kevin MagnussenHaas/Ferrari2.654s21
18Lando NorrisMcLaren/Renault3.006s26
19Sergey SirotkinWilliams/Mercedes3.009s23
20Stoffel VandoorneMcLaren/Renault3.094s13



Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top