CSA vence o Figueirense de virada fora de casa e encosta no líder Fortaleza - Atividade Esporte News
⚽Notícias

08 setembro 2018

CSA vence o Figueirense de virada fora de casa e encosta no líder Fortaleza

CSA venceu o Figueirense no Orlando Scarpelli | Ortográfico / Folhapress
O Centro Sportivo Alagoano bateu o Figueirense por 2 a 1, de virada, na tarde deste sábado (8), no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, Santa Catarina, pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Élton abriu o placar aos 10', Matheus Lopes igualou aos 25' do primeiro tempo e Dawhan virou aos 32' da etapa final.

Vice-líder da Série B, o Azulão atingiu os 46 pontos e bateu a primeira meta estipulada pela diretoria, que era alcançar os 45 pontos e garantir o número matemático de permanência na Segundona. O CSA agora está a um ponto do líder Fortaleza, que perdeu para o Criciúma. O Figueira ficou nos 38 pontos e caiu para a sexta posição. 

Próxima rodada

O Alvinegro segue em casa e joga contra o São Bento na sexta-feira (14), às 20h30, no Orlando Scarpelli. O Azulão enfrenta o Vila Nova na terça (11), às 19h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.  

Gols de bola parada

O Figueira acelerou o ritmo nos primeiros 10 minutos e apertou o CSA. Aos 8', Élton finalizou na área, a bola desviou em Leandro e saiu. Aos 10', depois de uma sequência de escanteios, Élton subiu na segunda trave, cabeceou no canto e abriu o placar. O Azulão começou a trocar passes após gol e arrumou a casa.

Aos 24', em boa trama pelo meio, Rubens escorregou, mas se esforçou e, no chão, tocou de cabeça e deu continuidade ao lance que terminou em escanteio. Na cobrança, Pio bateu, a zaga alvinegra cortou contra o próprio gol, a bola ficou viva na pequena área e Matheus Lopes cutucou para empatar a partida. 

O jogo seguiu aberto com boas opções de passe para os dois times. Aos 36', Pio mandou um canhão de longe, Nogueira meteu a cabeça na bola e por muito pouco não desviou para o próprio gol. Apesar de ter três volantes em campo, o time alagoano teve dificuldades em fechar a porta para o adversário. Aos 40', Ferrareis aproveitou sobra num cruzamento, concluiu com perigo, Felipe salvou o CSA e garantiu o empate no primeiro tempo. 

Virada azulina

Milton Cruz voltou com Jorge Henrique na vaga de Zé Antônio e deixou claro que queria o time ofensivo. Só que a primeira chegada foi do CSA. Aos 4', Juan chutou de fora e Denis defendeu em dois tempos. Aos 15', Felipe afastou mal um cruzamento na área, Élton pegou o rebote de bicicleta e o goleiro se redimiu, espalmando para escanteio. 

Totalmente recuado, o CSA aguardou pacientemente e foi afastando as investidas do Figueira. No banco, Cabo trocou Juan por Jhon Cley aos 28'. Aos 32', o Azulão virou o jogo. Em contra-ataque pela esquerda, Rubens soltou a pancada e Denis espalmou. Dawhan ficou com a sobra e inverteu a bola para Pio do outro lado. O camisa 30 tocou firme de cabeça, Dawhan se apresentou rapidamente, pegou de primeira e Denis aceitou um frangaço no Scarpelli.

Com a vantagem no placar, Cabo tirou Echeverría e Rubens, colocou Muriel e Xandão e fechou a casa. Felipe ainda defendeu finalizações de Cleberson e Ferrareis, e garantiu o placar. O CSA saiu de campo com uma grande vitória, a primeira meta alcançada na Série B e firme na briga pelo topo da tabela. 

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 x 2 CSA

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 08 de setembro de 2018, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Joao Fabio Machado Brischiliari (PR)
Cartões amarelos: João Paulo (Figueirense), Felipe Garcia, Wellington Silva, Leandro Souza e Pio (CSA)
Gols: Figueirense: Elton aos 10 minutos do primeiro tempo; CSA: Matheus Lopes aos 25 minutos do primeiro tempo e Dawhan aos 32 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Denis; Joao Paulo, Cleberson, Nogueira e Diego Renan (Maikon Leite); Zé Antonio (Jorge Henrique), Renan Mota (Betinho), Pereira, Matheus Sales, Juninho e Gustavo Ferrareis, Elton.Técnico: Milton Cruz

CSA: Felipe Garcia; Wellington Silva, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Dawhan, Pio e Echeverría (Muriel); Juan e Rubens (Xandão).Técnico: Marcelo Cabo


Fonte:TNH1
 
Back To Top