Inter e Vitória termina com confusão e Alvez contido para não brigar - Atividade Esporte News
⚽Notícias

30 setembro 2018

Inter e Vitória termina com confusão e Alvez contido para não brigar

Foto:Reprodução/Twitter
Os minutos finais de Inter e Vitória foram tensos. Com erro do árbitro na marcação de pênalti que virou gol de D'Alessandro e 2 a 1 para o Inter, neste domingo (30), os jogadores baianos foram para cima do juiz ao fim da partida e Jonatan Alvez, que queria briga, precisou ser contido por colegas.

Alvez se envolveu em discussão com jogadores do sistema defensivo do Vitória. Tão logo o árbitro apitou o fim do jogo, o uruguaio partiu para cima dos adversários, sendo contido por Klaus, que correu do banco de reservas, onde estava já que não entrou na partida, só para segurar 'El Loco'.

Os jogadores do Vitória protestaram muito por conta do pênalti. E com razão. Os atletas na barreira estavam fora da área e a cobrança de falta de Camilo acertou o braço de um deles. O árbitro assinalou pênalti equivocadamente.

Neilton, o mais irritado, precisou ser conduzido para os vestiários pelos seguranças do clube baiano. O atacante tinha sido substituído durante a partida e no fim do jogo, pela ação contra o árbitro, levou cartão vermelho. 

Confusão já durante o jogo

Quando da marcação do pênalti para o Inter, a confusão tomou a partida. Os presentes nos dois bancos de reservas envolveram-se em uma discussão que contou com jogadores e membros da comissão técnica. Um dos profissionais do Vitória foi expulso pelo árbitro e empurrou o auxiliar que estava por ali. Na saída de campo, fez gestos obscenos para torcida do Inter, que o vaiava.

Odair Hellmann também se envolveu em discussão com membros do banco de reservas do Vitória. Mas foi afastado dali por jogadores do Inter e pelo preparador de goleiros Daniel Pavan. 

Em campo, o Colorado fez 2 a 1 contando com o equívoco do juiz e pulou para 53 pontos na tabela.


Fonte:Uol Esporte
 
Back To Top