Barça goleia com 'triplete' de Suárez e um de Coutinho e afunda Real na crise - Atividade Esporte News
⚽Notícias

28 outubro 2018

Barça goleia com 'triplete' de Suárez e um de Coutinho e afunda Real na crise

Foto:Gabriel Bouys/AFP
No primeiro clássico entre Barcelona e Real Madrid sem que estivesse em campo Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi desde 2007, brilhou a estrela de Luis Suárez, que marcou três gols e liderou a equipe catalã na goleada por 5 a 1 sobre o rival neste domingo, no Camp Nou.

Em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Espanhol, o Real teve apenas um lampejo de bom futebol no primeiro terço do segundo tempo, quando marcou seu único gol, com Marcelo, e acertou uma bola na trave.

O problema é que a essa altura o Barça já havia marcado duas vezes, uma com Philippe Coutinho e uma com Suárez. Na etapa final, 'Luisito' ainda fez outros dois, e Arturo Vidal assinalou o quinto.

O resultado recolocou o time catalão na liderança do Espanhol, perdida ontem para o Atlético de Madrid, que derrotou a Real Sociedad no estádio Wanda Metropolitano. Os 'blaugranas' somam 21 pontos, contra 19 dos 'Colchoneros'. Já o Real aparece na modestíssima nona posição, com 14 pontos.

Foi a primeira edição do clássico sem Cristiano nem Messi em campo em 11 anos. O português deixou a equipe madrilenha para jogar pela Juventus, e o argentino desfalcou Ernesto Valverde por ter fraturado o braço.

Cinco brasileiros jogaram no Camp Nou, todos como titulares. O Barça teve os meias Arthur e Philippe Coutinho e o meia-atacante Rafinha, substituto de Messi. O atacante Malcom permaneceu no banco. No Real, o lateral Marcelo e o volante Casemiro atuaram, enquanto o atacante Vinícius Júnior não ficou sequer entre os reservas.

O time casa começou a partida avassalador e fez 1 a 0 aos dez minutos do primeiro tempo. Rakitic fez ótima abertura na esquerda para Alba, que foi ao fundo e tocou para o meio. Philippe Coutinho chegou chutando rasteiro de pé esquerdo e colocou o Barça à frente.

O segundo aconteceu aos 28 minutos, com alguma polêmica. Varane combateu Suárez dentro da área, o uruguaio caiu e o árbitro não marcaria o pênalti, mas foi alertado pelo VAR, usado em 'El Clasico' pela primeira vez na história, e, após rever o lance no monitor à beira do gramado, apontou a marca da cal. O próprio 'Luisito' cobrou e aumentou.

Julen Lopetegui voltou do intervalo com uma troca ousada: saiu o zagueiro Varane e entrou o atacante Vázquez. A mudança deu certo em um primeiro momento, e o Real diminuiu logo aos quatro minutos. Isco girou na ponta e cruzou para Marcelo, que matou a bola tirando de Piqué e balançou a rede com um arremate de pé direito.

O empate quase aconteceu aos dez minutos, quando Benzema foi acionado perto da marca do pênalti e carimbou o pé da trave esquerda. Na resposta dos 'blaugranas', aos 15, foi Suárez quem acertou o poste, depois de ter sido acionado por Sergi Roberto.

O jogo ficou lá e cá por um tempo, mas a última parte do clássico foi toda do Barcelona, que transformou o placar em uma goleada que será lembrada por muito tempo - muito porque Lopetegui abriu o time e deixou buracos na defesa. O terceiro aconteceu aos 29, quando Dembélé puxou o ataque em velocidade e deu para Sergi Roberto, que cruzou da direita. Suárez cabeceou com estilo no canto esquerdo e aumentou.

A noite na Catalunha era mesmo de Suárez, que assinalou o quarto aos 37. Sergio Ramos falhou no corte e deu um presente para Sergi Roberto, que adiantou para 'Luisito'. O uruguaio, com uma classe tremenda, deu um toque sutil para encobriu Courtois, que saiu por baixo, e completou o chamado 'triplete'.

Quem fechou a conta foi Arturo Vidal, que saiu do banco aos 39 para substituir Arthur e deixar sua marca aos 41. Dembélé driblou Nacho na esquerda e cruzou na cabeça do meia chileno, que não desperdiçou a chance e fez o quinto.

Ficha técnica:.

Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Lenglet e Alba; Busquets, Rakitic, Arthur (Vidal), Rafinha (Semedo) e Philippe Coutinho (Dembélé); Suárez. Técnico: Ernesto Valverde.

Real Madrid: Courtois; Nacho, Varane5 (Vázquez), Sergio Ramos e Marcelo (Mariano); Casemiro, Kroos, Modric e Isco; Bale (Asensio) e Benzema. Técnico Julen Lopetegui.

Árbitro: José María Sánchez Martínez.

Cartões amarelos: Rakitic e Suárez (Barcelona); Nacho e Bale (Real Madrid).

Gols: Philippe Coutinho, Suárez (3x) e Vidal (Barcelona); Marcelo (Real Madrid).

Estádio: Camp Nou, em Barcelona.
 
Back To Top