De virada, Atlético vence o Botafogo na Arena da Baixada - Atividade Esporte News
⚽Notícias

27 outubro 2018

De virada, Atlético vence o Botafogo na Arena da Baixada

Furacão poupou o time titular, mas contou com as entradas de Nikão e Pablo na etapa final pra vencer mais uma vez em casa

 Foto: Denis Ferreira Netto
Atlético segue imbatível na Arena da Baixada. Apesar de poupar todos os titulares, o Furacão venceu de virada o Botafogo por 2×1, neste sábado (27), emplacou o 13º triunfo consecutivo como mandante e manteve o embalo no Campeonato Brasileiro. No entanto, precisou contar com o brilho da estrela do atacante Pablo, que entrou no final para garantir os três pontos.

Com o resultado, o Rubro-Negro foi para 43 pontos, se manteve em oitavo, mas está apenas três pontos do sexto colocado, o Atlético-MG, que encara o Ceará, na segunda-feira (29), no Castelão.

Com um time completamente reserva, o Atlético iniciou o jogo sendo pressionado pelo Botafogo. Logo aos oito minutos, após cobrança de escanteio, Marcelo Benevenuto cabeceou e Felipe Alves fez bela defesa.

No entanto, com velocidade, o Furacão equilibrou o confronto e foi para cima do time carioca. Aos poucos, foi se tornando mais ofensivo e levando perigo constantemente à meta de Saulo. Porém, faltava melhorar a finalização, principalmente Bruno Guimarães e Guilherme.

Até que, aos 28, Gilson foi derrubado por Bruno Guimarães dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, que Brenner bateu no canto direito de Felipe Alves, que até pulou na bola, mas não evitou o gol alvinegro.

No segundo tempo, o Atlético voltou com uma postura ainda mais agressiva e passou a sufocar o Botafogo, exigindo trabalho do goleiro Saulo. E, de tanto insistir, conseguiu o empate. Aos dez minutos, Igor Rabello tentou desviar uma bola lançada na área, mas Bergson aproveitou a sobra para mandar para o fundo das redes.

Empolgado com o empate, o Furacão cresceu ainda mais em campo e foi em busca da virada, mas não manteve a pressão até o final. Se mostrando satisfeito com o empate, o time carioca não se arriscava tanto e se fechava na defesa, explorando mais os contra-ataques, que não surtiam tanto efeito.

Aí veio a estrela do artilheiro Pablo. O jogador foi chamado para entrar em campo apenas aos 36 do segundo tempo. Mas precisou de menos de cinco minutos para receber passe de Nikão e bater por baixo de Saulo, marcando seu 13º gol no Brasileirão e garantindo a vitória atleticana em casa.

FICHA TÉCNICA
BRASILEIRÃO
2º Turno – 31ª Rodada

ATLÉTICO 2×1 BOTAFOGO

Atlético
Felipe Alves; Diego, Wanderson, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Camacho (Matheus Rossetto, 25 do 2º), Bruno Guimarães, Guilherme, Marcinho (Nikão, 18 do 2º) e Rony (Pablo, 36 do 2º); Bergson
Técnico: Tiago Nunes

Botafogo
Saulo; Marcelo Benevenuto, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Gustavo Bochecha, 30 do 2º), Leo Valencia, Luiz Fernando e Erik (Renatinho, 20 do 2º); Brenner (Aguirre, 30 do 2º).
Técnico: Zé Ricardo

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Gols: Brenner, 29 do 1º; Bergson, 10, Pablo, 38 do 2º
Cartões amarelos: Bergson, Guilherme (CAP); Saulo, Joel Carli, Marcelo Benevenuto, Matheus Fernandes, Luiz Fernando (BOT)
Público pagante:
Público total:
Renda: R$


Fonte:TribunaPR
 
Back To Top