Hamilton lidera 1-2 da Mercedes no TL1 no Japão. 5º, Vettel fica quase 1s atrás - Atividade Esporte News
⚽Notícias

04 outubro 2018

Hamilton lidera 1-2 da Mercedes no TL1 no Japão. 5º, Vettel fica quase 1s atrás

Lewis Hamilton sequer precisou fazer força para dominar o primeiro treino livre do fim de semana em Suzuka. Com pneus macios, o tetracampeão foi quase 1s mais rápido que Sebastian Vettel, que teve sua melhor marca com os supermacios. Valtteri Bottas fechou em segundo

Hamilton foi o mais rápido, com sobras, do primeiro treino livre em Suzuka (Foto: Mercedes)
A Mercedes abriu o fim de semana do GP do Japão da mesma forma como terminou o último GP da Rússia: nadando de braçada. Lewis Hamilton, cada vez mais perto da conquista do pentacampeonato, começou da melhor forma os trabalhos no icônico circuito de Suzuka e liderou com facilidade o primeiro treino livre, realizado na manhã desta sexta-feira (5). Com pneus macios, o britânico cravou 1min28s691 e superou seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, em 0s446, A terceira colocação ficou com Daniel Ricciardo,da Red Bull, 0s682 atrás com pneus supermacios.

A Ferrari ficou devendo nesta manhã. Kimi Räikkönen fechou a sessão em quarto lugar, 0s936 atrás da marca estabelecida por Hamilton. Mas o finlandês registrou sua melhor volta com os supermacios, assim como Sebastian Vettel, que ficou apenas em quinto. O alemão acabou sendo atrapalhado na sua volta mais rápida com os pneus vermelhos por conta do intenso tráfego no último trecho da pista. Max Verstappen, com a outra Red Bull, terminou em sexto.

Esteban Ocon, desta vez, foi o 'melhor do resto' e ficou em sétimo lugar com a Force India, mas 1s9 atrás do tempo de Hamilton. Romain Grosjean, da Haas, foi o oitavo, enquanto Charles Leclerc e Marcus Ericsson comprovaram o bom momento da Sauber e completaram a lista dos dez primeiros colocados.

O segundo treino livre do fim de semana em Suzuka está marcado para 2h (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Com a pista ainda molhada em alguns pontos, consequência das chuvas durante a noite, a F1 acelerou numa nublada manhã desta sexta-feira em Suzuka. Os primeiros minutos da sessão foram dedicados por equipes e pilotos às costumeiras voltas de instalação e reconhecimento da pista. A novidade no grid era, novamente, a presença de Lando Norris no cockpit da McLaren. O jovem britânico acelerava no lugar de Stoffel Vandoorne. A Renault e a Toro Rosso, por exemplo, fizeram avaliações aerodinâmicas com sensores acoplados aos carros, prática comum durante os testes de pré-temporada.

Correndo atrás do prejuízo, a Ferrari abriu os trabalhos com Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen já usando os pneus supermacios — os mais rápidos do fim de semana —, enquanto a Red Bull optou por iniciar sua jornada em Suzuka com os pneus macios. Foi assim que Daniel Ricciardo foi o primeiro a marcar tempo competitivo nesta manhã: 1min30s651. Vários pilotos decidiram por abrir voltas rápidas logo no começo por conta da real ameaça de chuva. Portanto, cada minuto era crucial para buscar o máximo de informações para a sequência do fim de semana.

Enquanto o treino se desenrolava, o destaque era a incrível e criativa torcida japonesa, que já garantia um bom público mesmo em uma sexta-feira de treinos livres. Até Darth Vader apareceu. Na pista, Max Verstappen garantia uma momentânea dobradinha da Red Bull ao marcar 1min30s298. Em seguida, Ricciardo respondeu para superar o companheiro de equipe e retomar a liderança.

O treino tinha a revelação do ano, Charles Leclerc, em terceiro, seguido pelas Force India de Esteban Ocon e Sergio Pérez. Mas o cenário mudaria pouco depois com a ida à pista das duplas de Mercedes e Ferrari para suas primeiras voltas rápidas. Lewis Hamilton fez a primeira parte dos treinos com os pneus médios, enquanto Valtteri Bottas optou pelos macios. Assim, as duas Flechas de Prata se colocaram em terceiro, com Hamilton, e Bottas em seguida. Na volta seguinte, o finlandês superou seu companheiro de equipe.

E Vettel, depois de cometer um erro na chicane Casio, marcou o quinto tempo, que virou sexto depois da volta feita por Räikkönen. Mas a ordem do treino mudou pouco depois quando Bottas marcou 1min29s842. Vettel pulou para segundo, com Hamilton fechando o top-3, 0s173 atrás do parceiro de equipe. As Red Bull caíram de primeiro e segundo para quarto e quinto com Ricciardo e Verstappen, enquanto Räikkönen aparecia em sexto na primeira meia-hora.

Em uma das voltas rápidas, por muito pouco não acontece um incidente mais sério. Hamilton vinha para a chicane na velocidade normal e pegou pela frente a Toro Rosso de Pierre Gasly, que vinha lento no setor. Por sorte, o francês passou reto no trecho, evitando a possibilidade maior de uma colisão. Foi o último ato da primeira metade do treino.

Pouco depois, Alonso cometia um erro na entrada da curva Degner e rodou, indo parar na brita. O espanhol não chegou a bater e conseguiu retornar para a pista. Bottas abria um novo stint com os pneus médios e vinha muito rápido. O nórdico garantiu a melhor volta com folga, superando seu próprio tempo em 0s7. A Mercedes inverteu a programação e levou Hamilton à pista com os pneus macios. Sem dificuldades, o tetracampeão marcou 1min28s694, 0s446 mais rápido que Bottas, e assumiu a liderança.

Vettel, com outro jogo de supermacios, vinha em volta rápida e inclusive tinha o melhor primeiro setor, mas pegou tráfego na chicane e perdeu muito tempo, ficando em terceiro. As Red Bull deixaram os boxes com pneus supermacios. Ricciardo conseguiu passar para terceiro, enquanto Verstappen se manteve em quinto, atrás de Vettel. O alemão ainda caiu para sexto depois que Räikkönen melhorou seu tempo. Mas as duas Ferrari estavam 0s9 atrás do tempo de Hamilton, que sobrou nesta manhã em Suzuka.


Fonte:Grande Premio
 
Back To Top