Sauber pressiona FIA e diz que Magnussen está 'envolvido em todos os acidentes' - Atividade Esporte News
⚽Notícias

08 outubro 2018

Sauber pressiona FIA e diz que Magnussen está 'envolvido em todos os acidentes'

Frédéric Vasseur, chefe de equipe da Sauber, reclamou bastante do incidente entre Charles Leclerc e Kevin Magnussen que a FIA considerou de corrida. Para o dirigente, o dinamarquês está sempre envolvido nos principais incidentes da F1

Kevin Magnussen (Foto: Haas)
Kevin Magnussen é uma das figuras mais controversas do grid da F1. Agora, após o GP do Japão, o dinamarquês também ganhou reprovação entre chefes de equipe, com Frédéric Vasseur, dirigente da Sauber, questionando a falta de punição para o piloto no incidente com Charles Leclerc e dizendo que Magnussen está em todos os acidentes mais fortes.

Vasseur reclamou que K-Mag sempre se envolve nos incidentes e pressionou a FIA por punição ao danês.

"Do meu ponto de vista, foi bem claro o que aconteceu, mas disseram que foi incidente de corrida. Fiquei um pouco surpreso, ele está envolvido em todos os grandes acidentes da temporada, se for ver direito. Eu não sou o árbitro, é a FIA que tem de tomar essas decisões", disse.

Para o francês, mudar de direção bruscamente é algo normal para Magnussen e isso fatalmente vai seguir gerando batidas.

"O movimento dele foi absurdamente perigoso. Ele sempre se mexe muito tarde e uma hora todo mundo vai bater. Quando você está a 320 km/h é ainda mais perigoso", seguiu.

Vasseur lamentou o fato de Leclerc ter abandonado a corrida voltas depois com outros problemas, mas garantiu que a Sauber poderia, muito bem, ter brigado na ponta da F1 B mais uma vez em Suzuka.

"Acho que tivemos uma boa primeira parte de corrida, o ritmo estava lá. Precisamos parar depois do safety-car para trocar o bico e aí mudamos de estratégia, mas não dava mais. É uma pena porque acho que tínhamos um ritmo bom de novo. Foi a primeira vez do Charles em Suzuka e não é fácil guiar aqui. Ele foi sexto no Q1, era só encaixarmos tudo direitinho, já que entre o sétimo e o 16º estavam todos próximos", completou.


Fonte:Grande Premio
 
Back To Top