Paciente, Richarlison quer manter alto nível para disputar Copa América - Atividade Esporte News
⚽Notícias

14 novembro 2018

Paciente, Richarlison quer manter alto nível para disputar Copa América

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
Richarlison realizou o seu sonho ao defender a Seleção Brasileira pela primeira vez e agora quer conquistar títulos pelo seu país. O atacante do Everton pode ter chance de concretizar este objetivo na Copa América, que será realizada no Brasil em 2019. Para poder disputar a competição, o jogador de 21 anos destacou a importância de manter a boa forma.

No terceiro dia de preparação da Seleção Brasileira para os amistosos de novembro, o meia Arthur e o atacante Richarlison falaram com a imprensa. A coletiva com os jogadores foi realizada após o treinamento desta quarta-feira (14), no CT do Arsenal, em Londres, na Inglaterra.

“Acho que não só nos jogos, mas nos treinamentos ele (Tite) está sempre nos observando. Ele também está nos observando no clube. O importante é jogar em alto nível porque ele está olhando. Jogar na seleção é maravilhoso e quanto mais você joga, mais experiência terá e mais vai querer jogar. Com o tempo, o Tite irá colocar a gente (os mais jovens) em campo, não adianta ter pressa”, afirmou.

Eleito por uma revista na Inglaterra a melhor contratação do Campeonato Inglês na temporada, Richarlison lembrou que começou 2018/19 criticado pelo montante que gastaram para contratá-lo. Contudo, ele já caiu na graça da torcida da equipe de Liverpool e até tem uma música em sua homenagem em que os torcedores falam que o montante gasto não foi alto.

“Se você pegar, desde o América eu venho em uma evolução muito boa. Quando cheguei no Everton, muitos não acreditaram e criticaram pelo valor (gasto para me contratar). Muitos falaram muita besteira, o que nunca entrou na minha cabeça. Estou provando a todos porque fui contratado e estou dando o máximo para equipe. Tenho que agradecer meus companheiros e ao Marco Silva. Quando eles cantam (minha música) até dá mais vontade de roubar a bola e fazer o gol”.

O jovem atacante ainda agradeceu os elogios que recebeu do seu ídolo Ronaldo Fenômeno. “A primeira vez que eu vi o Ronaldo comecei a tremer. Para mim é sempre uma honra receber elogio dele. O importante é não deixar subir na cabeça. É levar esses elogios positivamente e levá-los para campo. Todos se espelham nele. Eu vejo vídeos dele antes de ir para o jogo e fico muito feliz”.

O Brasil encara os uruguaios no dia 16 de novembro, às 18h, no Emirates Stadium. Enquanto no dia 20, a Canarinho faz o último amistoso de 2018 diante da seleção de Camarões, às 17h30, no MK Stadium. 

Fonte:Gazeta Esportiva
 
Back To Top