Presente em todas as partidas do Coritiba na Copa do Brasil sub-17, zagueiro Fábio Bogler mira duelo contra o Santos - Atividade Esporte News
⚽Notícias

06 novembro 2018

Presente em todas as partidas do Coritiba na Copa do Brasil sub-17, zagueiro Fábio Bogler mira duelo contra o Santos

Foto: Divulgação/Coritiba
Na tarde da próxima quinta-feira (8), Santos e Coritiba decidem quem avança para as semifinais da Copa do Brasil sub-17. As duas equipes se enfrentam às 15h, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do torneio. O duelo de ida terminou empatado em 3 a 3.

Quem atuou no primeiro confronto, assim como em todas as outras quatro partidas do Coritiba na Copa do Brasil sub-17, foi o zagueiro Fábio Bogler. Um dos atletas que compôs o setor defensivo do Coxa no duelo de ida, o jogador avalia a atuação da equipe alviverde naquela ocasião. Além disso, projeta o confronto de quinta-feira. ”A equipe fez uma boa partida contra um excelente adversário. Abrimos o placar, mas infelizmente deixamos a vitória escapar. Para este confronto de volta vejo que estamos bem preparados. Queremos ir mais longe e acredito que podemos chegar nas semifinais”, avaliou o jogador, de 17 anos, que acumula convocações para as seleções brasileiras de base.

Palco por onde passaram jogadores como Pelé, Neymar e Robinho, a Vila Belmiro é um dos grandes ”templos” do futebol nacional. Diante do Santos, Fábio Bogler fará a sua primeira partida no estádio, oportunidade valorizada pelo jogador. ”A Vila Belmiro é um estádio com muita tradição. Fico feliz em poder conhecê-la e ter a oportunidade de atuar lá. É um lugar por onde já passaram grandes jogadores, como Pelé, Neymar e Robinho”, destacou.

Além de atuar na zaga do Coritiba, Fábio Bogler já foi improvisado como lateral-direito em algumas ocasiões. Segundo o defensor, esta experiência tem sido muito boa para o seu desenvolvimento como atleta. ”Tem sido uma experiência muito boa. Conseguir desempenhar mais de uma função é uma coisa muito importante no futebol moderno. Também fico feliz em poder ajudar a equipe, não importa em que posição eu esteja atuando”, concluiu.
 
Back To Top