Bayern leva susto, deslancha na reta final e goleia o Red Bull Salzburg - Atividade Esporte News
⚽Notícias

04 novembro 2020

Bayern leva susto, deslancha na reta final e goleia o Red Bull Salzburg

Foto: Divulgação/Bayern de Munique


O Bayern levou um susto, enfrentou um adversário com boa intensidade e que criou riscos, mas o atual campeão da Liga dos Campeões mostrou a sua força e passou por cima de mais um. Com dois de Lewandowski, um de Boateng, Hernández, Sané e um gol contra de Kristensen, o time alemão venceu o Red Bull Salzburg por 6 a 2, fora de casa. Berisha e Okugawa descontaram. 

O Bayern é o lídero do grupo A, com 100% de aproveitamento e nove pontos. O Red Bull Salzburg é o lanterna, com apenas um ponto na competição. Na próxima rodada, as equipes se enfrentam na Alemanha. 

Austríacos assustam

Quem imaginava um domínio do Bayern, levou um susto logo no início. Koita tentou a finalização, a bola bateu na marcação e sobrou para Berisha, que chutou no canto e abriu o placar para o Red Bull Salzburg, aos quatro minutos. Mas a animação durou pouco. Aos 20, Muller foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Lewandowski deslocou o goleiro e deixou tudo igual.

A chance da virada veio com o polonês. Coman deixou Lewandowski na boa, mas o chute de perna esquerda foi para fora. A virada veio antes do intervalo. Em boa jogada de contra-ataque, Muller recebeu e mandou uma bomba para a pequena área. A bola bateu no zagueiro Kristensen e entrou. 

O tal do rolo compressor

Na segunda etapa, o Red Bull Salzburg conheceu o atual campeão da Liga dos Campeões. Mwepu até teve uma grande oportunidade, cara a cara com Neuer, mas o goleiro alemão fechou bem o ângulo. Gnabry recebeu de Tolisso e mandou uma bomba. Stankovic espalmou em linda defesa. Os donos da casa ficaram na dianteira do placar após André Ramalho roubar a bola e tocar para Okugawa, que empatou. 

O gigante da Baviera deslanchou a partir dos 34. Kimmich cobrou escanteio e Boateng testou para fazer 3 a 2. Logo depois, o time austríaco errou na saída de bola e Kimmich serviu Sané, para fazer o quarto com um chute forte. Aos 42, Javi Martínez cruzou na cabeça de Lewandowski, que marcou o segundo dele no jogo. E nos acréscimos, após cruzamento para a área, a zaga afastou mal e Hernández definiu o confronto. 

Fonte: O Gol

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top