Bastidores

Romário detona novo presidente da CBF e vê eleição como derrota

O ex-jogador e atual Senador pelo Rio de Janeiro, Romário publicou em suas redes sociais um texto criticando o novo mandatário.

10/04/2019 00h39
Por: Robson Silva
Fonte: Gazeta Esportiva
188
(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Nesta terça-feira, mesmo dia em que Rogério Caboclo tomou posse como novo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, o ex-jogador e atual Senador pelo Rio de Janeiro, Romário publicou em suas redes sociais um texto criticando o novo mandatário.

“É lamentável que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entidade gestora do esporte mais popular do País, continue sendo gerida por pessoas que não têm compromisso com seu desenvolvimento”, disse o ex-jogador na postagem. “Em resumo, Caboclo é mais do mesmo, a continuidade do Marco Polo Del Nero”, completou.

Acompanhando o texto, o Baixinho usou uma montagem em que Caboclo aparece ao lado dos ex-mandatários da CBF, José Maria Marin, Marco Polo Del Nero e Ricardo Teixeira, todos envolvidos em denuncias de corrupção, e a frase “mais do mesmo” sobre a imagem.

Tetracampeão do Mundo com o Brasil, em 1994, Romário atuou ativamente na CPI do Futebol em Brasília, que investigou casos de corrupção na modalidade.

“A CPI do Futebol (2015), presidida por mim, teve um trabalho fundamental para comprovar que uma organização criminosa atua na CBF. Agora, eu e minha equipe temos trocado informações e trabalhado conjuntamente com o Ministério Público do RJ sobre ações ligadas à entidade”, afirmou Romário. “O esporte perde com isso”, concluiu.

Confira a nota completa publicada por Romário:

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

É lamentável que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entidade gestora do esporte mais popular do País, continue sendo gerida por pessoas que não têm compromisso com seu desenvolvimento. Rogério Caboclo é a continuidade das últimas gestões, que foram marcadas por acusações de corrupção, prisão e banimento do esporte. O “novo presidente” foi diretor financeiro da CBF nas gestões do José Maria Marin e do Marco Polo Del Nero, além de diretor executivo do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo (2014). Em resumo, Caboclo é mais do mesmo, a continuidade do Marco Polo Del Nero. A CPI do Futebol (2015), presidida por mim, teve um trabalho fundamental para comprovar que uma organização criminosa atua na CBF. Agora, eu e minha equipe temos trocado informações e trabalhado conjuntamente com o Ministério Público do RJ sobre ações ligadas à entidade. Espero ter novidades em breve! Para se ter noção. Agora há pouco um jornalista noticiou que declinaram do convite da posse de Caboclo, o presidente Bolsonaro; os presidentes do Senado e da Câmara, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia; a procuradora-geral, Raquel Dodge; o presidente do STF, Dias Toffoli; além de outras autoridades, assim como representantes dos patrocinadores. Ninguém quer ter sua imagem vinculada a entidade. O esporte perde com isso. #pracegover: Montagem exibe uma fila, em preto e branco, dos quatro últimos presidentes da CBF. Na frente da fila, o recém empossado Caboclo, seguido pelo ex-presidentes: Del Nero, Marin e Ricardo Teixeira. O seguinte texto acompanha a imagem: "Novo presidente da CBF: mais do mesmo".

Uma publicação compartilhada por Romário Faria (@romariofaria) em

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 00h15
18°
Muitas nuvens Máxima: 27° - Mínima: 17°
18°

Sensação

11.6 km/h

Vento

85.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Rivalo Apostas Esportivas
Municípios
Rivalo Apostas Esportivas
Últimas notícias
Rivalo Cassino
Mais lidas
Rivalo Apostas Esportivas