Série D

Juazeirense vence o Interporto e avança ao mata-mata da Série D

Com a vitória sobre o Interporto-TO, por 1x0, o Cancão está classificado para o mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro

09/06/2019 22h14Atualizado há 2 meses
Por: Redação AEN
157
Foto: Divulgação/Juazeirense
Foto: Divulgação/Juazeirense

O Cancão não exibiu o seu melhor futebol na noite deste domingo no Adauto Moraes, mas o objetivo foi alcançado. Com a vitória sobre o Interporto-TO, por 1x0, o Cancão está classificado para o mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. Foi com emoção. Jeam marcou o gol da classificação aos 40 minutos do segundo tempo. Com a vitória, a Juazeirense fechou a fase de grupos na segunda colocação do Grupo A-9 com onze pontos.  

O primeiro tempo foi bastante tenso para o Cancão. Nervoso em campo, a equipe tentava abrir o placar de qualquer maneira. Precipitado, perdeu boas chances. Nino Guerreiro, Jeam e Clebson pararam no goleiro adversário. Preocupado com o rendimento do time o técnico Carlos Rabello mexeu na equipe ainda na primeira etapa e promoveu a entrada do atacante Gustavo Balotelli. 

Na saída para o intervalo, os jogadores do Cancão demonstraram a insatisfação com o rendimento do time. "Tem que estar muito chateado. Temos que nos impor, colocar a bola no fundo do gol e sair daqui classificado", declarou o volante Waguinho. O zagueiro Emerson seguiu a mesma linha do companheiro. "Estamos um pouco afobados, a nossa linha de frente querendo definir de qualquer jeito e assim não vamos vencer. Eles vieram para não jogar bola e retardar o jogo. Temos que ter tranquilidade e abrir o placar para buscar a vitória", completou.

No segundo tempo o Cancão seguiu tentando abrir o placar de qualquer maneira. Jeam até abriu o placar, mas o juiz marcou impedimento. Toni Galego entrou no jogo para dar mais força ofensiva. A bola insistia em não entrar. Até a trave impediu o gol do Cancão.

Mas o Adauto explodiu aos 40 minutos da etapa final. No contra-ataque, a bola enfiada para Jeam, que saiu na cara do gol e teve calma, categoria para tocar na saída do goleiro e garantir o gol da classificação. Missão cumprida, a luta pelo acesso à Série C continua. Que venha o mata-mata!

FICHA TÉCNICA

JUAZEIRENSE

Gleibson; Rodrigo Ramos, Emerson, Emílio (Marquinhos) e Willian; Waguinho, Willian Kaefer (Gustavo Balotelli), Iran e Clebson; Nino Guerreiro (Toni Galego) e Jeam. Técnico: Carlos Rabello.

INTERPORTO

Amaral; Juninho, Walter, Rodrigo e Raimundo (Cleiton); Douglas (Clecio), Lucas (Marley), Arthur e Alef; Damião e Emerson. Técnico: Carlos de Oliveira.

Estádio: Adauto Moraes, em Juazeiro.

Gols: Jeam, aos 39 minutos do 2º tempo.

Cartão amarelo: Rodrigo Leite (Interporto)

Arbitragem: Tiago dos Santos, auxiliado por Ricardo Chianca e Daniele Felipe (todos de PE).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
JuazeirenseJuazeirense - BA A Sociedade Desportiva Juazeirense foi fundada no ano de 2006 pelo Deputado Estadual (PDT) Roberto Carlos. Apaixonado por futebol, Roberto Carlos já havia sido presidente do Juazeiro Social Clube em duas oportunidades, até que resolveu dar vida ao Cancão de Fogo.
Água Fria - BA
Atualizado às 08h40
26°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 17°
27°

Sensação

13.9 km/h

Vento

60.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas