NBA

Toronto supera Golden State e conquista título inédito da NBA

Toronto Raptors visitou o Golden State Warriors e venceu por 114 a 110, na despedida da Oracle Arena, e conquistou o título inédito do melhor basquete do mundo.

14/06/2019 09h35
Por: Redação AEN
145
Foto: Divulgação/NBA
Foto: Divulgação/NBA

O Canada! Pela primeira vez na história, um time canadense é campeão da NBA. Na noite desta quinta-feira, o Toronto Raptors visitou o Golden State Warriors e venceu por 114 a 110, na despedida da Oracle Arena, e conquistou o título inédito do melhor basquete do mundo.

A festa em Toronto dependeu de uma grande atuação coletiva dos Raptors. Kyle Lowry (26), Pascal Siakam (26), Kawhi Leonard (22) e Fred VanVleet (22) somaram mais de 20 pontos. Serge Ibaka saiu do banco e marcou 15 pontos em 22 minutos em quadra. O pivô espanhol Marc Gasol marcou apenas três pontos, mas compensou com nove rebotes, quatro assistências e presença na defesa.

Pelo lado do Golden State, o grande destaque foi Klay Thompson. O ala, que deixou a quadra no final do terceiro quarto por lesão no joelho, marcou 30 pontos em 32 minutos de jogo. Draymond Green anotou triplo-duplo, com 11 pontos, 13 assistências e incríveis 19 rebotes. Stephen Curry somou 21 pontos, número modesto comparado ao desempenho no restante da série.

Com o título da NBA, a cidade de Toronto volta a ser campeã nos esportes americanos depois de dois anos – o último título da maior cidade do Canadá havia sido em 2017, quando o Toronto FC conquistou a MLS, principal liga de futebol norte-americana. No entanto, nas quatro grandes ligas (NBA, NHL, MLB e NFL), Toronto não conquistava um título desde 1993, quando o Toronto Blue Jays foi campeão da MLB, a liga de beisebol.

De quebra, os Raptors impediram os Warriors de conquistar o primeiro tricampeonato da NBA desde 2002, quando o Los Angeles Lakers superou o New Jersey Nets e levantou o terceiro título consecutivo do basquete americano. Essa foi a quinta final seguida de Golden State.

Personagem central do jogo 5 ao não converter o arremesso da virada no último lance, Kyle Lowry começou o jogo com tudo: marcando os oito primeiros pontos do jogo com direito a duas cestas de três. Ao todo, o marcou somou 15 pontos, superando sua pontuação nos jogos 1, 2 e 4 da série.

Porém o Golden State contava com os Splash Brothers. Klay Thompson (10) e Stephen Curry (7) somaram 17 pontos e foram vitais para que Toronto não disparasse na frente. Mesmo assim, os Raptors saíram vencendo por 33 a 32, placar que daria o tom do jogo.

Tal como o primeiro quarto, o segundo foi marcado pelo equilíbrio. As duas equipes se alternaram diversas vezes na dianteira e totalizaram 14 trocas de liderança no primeiro tempo, maior número de um jogo na série. O placar do intervalo mostrava ligeira vantagem de Toronto: 60 a 57.

O grande nome do time canadense na segunda parcial foi Serge Ibaka, que contribuiu com oito pontos e foi importante na defesa, como de costume. Pelos Warriors, Andre Iguodala teve um desempenho inédito na série, marcando sete pontos.

Os principais jogadores dos dois times, no entanto, tiveram primeiro tempo apagado no ataque. Stephen Curry e Kawhi Leonard somaram apenas nove pontos cada, mas Curry foi importante na armação das jogadas, enquanto Kawhi se destacou na defesa.

O nome do terceiro quarto foi Klay Thompson. O principal jogador dos Warriors no jogo marcou mais 12 pontos na parcial, somando 30 na noite, mas protagonizou uma cena de tensão: após tentar realizar uma bandeja e sofrer falta, o ala caiu de mau jeito e lesionou o joelho direito. Thompson cobrou seus lances livres, mas foi para o vestiário em seguida.

Na parcial, Golden State conseguiu chegar ao último quarto com a vantagem. Os Warriors superaram os Raptors por cinco pontos (31 a 26) e, pela primeira vez no jogo, estiveram à frente ao início de um quarto. O time da casa, porém, precisaria jogar sem Thompson.

No último quarto, brilhou a estrela de Fred VanVleet. O reserva de luxo de Toronto somou 12 pontos na parcial, nove deles em arremessos de três pontos, e comandou a virada do time canadense. Sem Thompson, Golden State não conseguiu responder à altura e acabou perdendo por 114 a 110.

GOLDEN STATE WARRIORS 110 x 114 TORONTO RAPTORS

GSW: Iguodala, Draymond Green, Looney, Thompson e Curry

Reservas: Bogut, McKinnie, Cousins, Cook, Livingston, Jerebko

Técnico: Steve Kerr

TOR: Leonard, Siakam, Gasol, Danny Green e Lowry

Reservas: VanVleet, Ibaka, Powell

Técnico: Nick Nurse

Finais da NBA: Toronto Raptors 4 x 2 Golden State Warriors

Jogo 1: TOR 118 x 109 GSW

Jogo 2: TOR 104 x 109 GSW

Jogo 3: GSW 109 x 123 TOR

Jogo 4: GSW 92 x 105 TOR

Jogo 5: TOR 105 x 106 GSW

Jogo 6: GSW 110 x 112 TOR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 08h38
25°
Pancada de chuva Máxima: 28° - Mínima: 17°
25°

Sensação

16.2 km/h

Vento

60.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas