Série A

Gilberto marca dois de pênaltis, Bahia arranca empate com o Palmeiras no Allianz Parque

Em jogo marcado pelo uso do VAR, camisa 9 balançou as redes em dois pênaltis

E.C.BAHIA

E.C.BAHIANotícias sobre o acontece no mundo do E.C.Bahia

11/08/2019 18h07
Por: Redação AEN
296
Jales Valquer / Estadão Conteúdo
Jales Valquer / Estadão Conteúdo

Com um jogador a mais por quase todo o segundo tempo, o Bahia arrancou o empate com o Palmeiras em 2 a 2 na tarde deste domingo (11). A partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro aconteceu no Allianz Parque. O atacante Dudu marcou os dois gols dos donos casa, enquanto Gilberto balançou as redes duas vezes para o time baiano em cobranças de pênaltis assinalados pelo VAR.

Com o resultado, o Esquadrão agora ocupa a 10ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, a 4 da zona da Libertadores. 

Próximo compromisso do Bahia é domingo que vem, contra o Goiás, na Fonte Nova, às 16h, pela 15ª rodada.

O JOGO

O Bahia começou tomando a iniciativa ao partir para o ataque logo na sua primeira jogada com Nino Paraíba. Mas o Palmeiras passou a ter mais o domínio do jogo.

Logo aos 13 minutos, Dudu abriu o placar. O atacante palmeirense roubou a bola de Moisés, abriu com Scarpa na esquerda. O meia cruzou e Moisés desviou contra o patrimônio. Douglas fez a defesa parcial, mas Dudu aproveitou o rebote para colocar o time paulista na frente. Palmeiras 1x0 Bahia 

O Palmeiras quase ampliou o placar aos 17 minutos. Após cruzamento, Felipe Melo subiu mais do que a marcação e cabeceou para o gol, mas ela foi para fora.

Aos 25 minutos, Gilberto por muito pouco não empatou. Élber roubou a bola no campo do Tricolor, disparou em velocidade no contra-ataque e tocou para Gilberto. O centroavante invadiu a área, deixou Weverton para trás e tocou para o gol, mas Luan fez boa cobertura e desviou a bola para fora.

O Bahia chegou bem mais uma vez tocando a bola. Élber recebeu e da intermediária bateu para o gol e Weverton fez a defesa aos 30. A resposta do Palmeiras veio dois minutos depois. Luiz Adriano recebeu e bateu para a bela defesa de Douglas que desviou com a mão.

Douglas fez outra boa defesa aos 40 minutos. Gustavo Scarpa bateu de fora da área e o goleiro do Tricolor desviou para fora. Nino Paraíba caiu no gramado e o jogo foi paralisado para atendimento médico. O lateral deixou o gramado no carrinho-maca e obrigou Roger fazer uma mudança colocando Ezequiel na partida.

Aos 48 minutos, numa dividida de bola pelo alto com Lucca, Felipe Melo chegou com o braço e acertou o atacante do Tricolor. O árbitro Igor Junio Benevenuto considerou uma agressão e mostrou o cartão vermelho direto ao volante palmeirense. A partir daí, houve um empurra-empurra entre os jogadores e Lucca, após receber atendimento médico, começou a discutir com Felipe Melo. Após saída de campo do volante, o atacante do Bahia continuou a discussão com os atletas do time paulista e recebeu o cartão amarelo. Quando a bola voltou a rolar, numa nova disputa, desta vez pelo chão, Gustavo Scarpa chegou com força excessiva em cima de Gilberto e também foi advertido com o amarelo.

As duas equipes voltaram dos vestiários com uma modificação cada uma. Pelo lado do Esquadrão de Aço, o amarelado Giovanni deu lugar ao atacante Arthur Caíke. No Verdão, Thiago Santos entrou na vaga de Zé Rafael, que também foi advertido na primeira etapa.

Assim como fez no começo do jogo, o Bahia recomeçou a partida partindo para cima. Arthur Caíke recebeu na esquerda e desviou de cabeça. O atacante pediu pênalti por um toque de mão de Diogo Barbosa. Igor Benevenuto conferiu o lance no árbitro de vídeo e assinalou o pênalti. Aos sete minutos, Gilberto descolocou Weverton e estufou as redes para deixar tudo igual no Allianz Parque. Palmeiras 1x1 Bahia

O Palmeiras partiu para cima. Aos 11, Dudu foi lançado, mas Douglas saiu do gol e foi até a intermediária para cortar de cabeça. No minuto seguinte, Marcos Rocha manda a bola na área numa cobrança de lateral, a defesa do Bahia falha e Dudu aparece livre para cabecear pro gol. Douglas faz a defesa parcial e, mais uma vez, o rebote cai nos pés do camisa 7 do Alviverde que empurra para as redes recolocando os donos da casa na frente no placar aos 12 minutos. Palmeiras 2x1 Bahia

Aos 33 minutos, o árbitro de vídeo foi acionado novamente. Moisés cruzou na área e Arthur Caíke apareceu para finalizar, mas foi derrubado por Luan. Após recomendação, Igor Benevenuto foi ao equipamento para rever o lance e marcou outra penalidade a favor do Bahia. Gilberto mudou o canto e novamente deslocou Weverton para empatar o jogo aos 39. Palmeiras 2x2 Bahia

Aos 41 minutos o duelo ficou empatado também em número de jogadores. Após o erro na defesa, Gregore foi forçado a fazer falta em Dudu. Ele recebeu o segundo amarelo e acabou expulso.

O árbitro deu dez minutos de acréscimo e Palmeiras se mandou para o ataque. Apesar da pressão alviverde, o Bahia conseguiu se segurar e arrancou o empate fora de casa.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 2x2 Bahia

Campeonato Brasileiro - 14ª rodada

Local: Allianz Paque, em São Paulo

Data: 11/08/2019 (domingo)

Horário: 16h

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Ricardo Junio de Souza (ambos de MG)

VAR: Ricardo Marques Ribeiro (MG), com auxílio de Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG).

Cartões amarelos: Marcos Rocha, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Diego Barbosa, Dudu (Palmeiras) / Giovanni, Lucca, Gregore, Wanderson (Bahia)

Cartões vermelhos: Felipe Melo (Palmeiras) / Gregore, dois amarelos (Bahia)

Gols: Dudu, duas vezes (Palmeiras) / Gilberto, duas vezes (Bahia)

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Zé Rafael (Thiago Santos), Gustavo Scarpa e Dudu; Luiz Adriano (Deyverson). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba (Ezequiel), Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio (Ramires) e Giovanni (Arthur Caíke); Lucca, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.