Série C

Náutico vence Sampaio de virada nos Aflitos pela Série C

Josa e Jiménez marcaram os gols do Timbu no triunfo que praticamente colocou o clube na próxima fase da Série C

12/08/2019 22h26
Por: Redação AEN
176
Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O Náutico é um dos times com maior número de atacantes na Série C. Mas nenhum deles foi protagonista na vitória alvirrubra por 2x1, de virada, diante do líder Sampaio Corrêa, nesta segunda (12), nos Aflitos, pelo Grupo A. Os heróis que colocaram o Timbu praticamente no mata-mata do torneio foram os volantes Josa e Jiménez. Cada um deixou sua marca e ajudou o clube a terminar a rodada na vice-liderança, com 27 pontos. O próximo confronto dos pernambucanos é sábado, perante o Botafogo/PB, no Almeidão.

O primeiro tempo teve um gol de cada lado. O do Sampaio surgiu mais por conta do erro de marcação dos alvirrubros do que da criatividade ofensiva dos visitantes. O lateral-esquerdo Romano, que já havia acertado a trave em cobrança de falta, cruzou para a área. A defesa do Náutico deixou o volante Ferreira aparecer sozinho, na cara de Jefferson. O goleiro saiu bem e salvou no primeiro lance. Mas a falha não ficou impune: Salatiel pegou o rebote e balançou as redes.

O empate veio aos 43. De uma maneira que poucos imaginavam. Até então, o time não conseguia fazer a ligação entre meio e ataque. Eis que uma improvável triangulação terminou em um dos gols mais bonitos do clube em 2019. Josa roubou a bola no meio e tocou para Rafael Oliveira, que devolveu de peito para Jiménez. O volante tocou por elevação novamente para o centroavante. O camisa 9 escorou de cabeça para Josa, o homem que começou tudo, finalizar o lance com categoria para fazer 1x1.

O drama em busca do gol da virada foi curto. Logo aos nove do segundo tempo, o zagueiro Paulo Sérgio cortou o cruzamento de Rafael Oliveira com a mão. Pênalti marcado e batido com extrema categoria por Jiménez. Forte e no canto para colocar o Náutico à frente do marcador.

A intensidade do jogo aumentou nos dois lados após o gol. Para os mandantes, a meta era “matar” a partida com um terceiro tento. O Sampaio buscava a recuperação, insistindo principalmente em escanteios. Típico de um duelo aberto e longe de definições.

A cabeçada de Jiménez na trave, o chute de Thiago que passou rente ao poste do Sampaio e as finalizações de longa distância do Sampaio espalmadas por Jefferson. Muitas chances criadas, mas a cota de gols marcados já havia terminado. Melhor para o Náutico, que ficou próximo de assegurar matematicamente sua classificação para as quartas de final.

Ficha técnica

Náutico 2

jefferson; Hereda, Camutanga, Diego Silva e Erick Daltro; Josa, Jiménez e Jean Carlos (Álvaro); Thiago, Matheus Carvalho (Jhonnatan) e Rafael Oliveira (Wallace Pernambucano).Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Sampaio Corrêa 1

Rodrigo Carvalho; Everton, Odair, Paulo Sergio e Romano; Ricardo Capanema, Ferreira e Eloir (Diones); Roney, João Paulo (Welder) e Salatiel Jr. Técnico: João Brigatti

Local: Aflitos (Recife/PE)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP). Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Evandro de Melo Lima (SP). 

Gols: Salatiel (aos 26 do 1ºT), Josa (aos 43 do 1ºT), Jiménez (aos 9 do 2ºT)

Cartões amarelos: Jiménez (N); Ferreira, Salatiel (S)

Renda: R$ 4142.886,00

Público: 9.419 torcedores

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 14h43
36°
Muitas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 21°
37°

Sensação

29 km/h

Vento

34%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas