Série A

Bahia acerta na trave três vezes e perde para o Athletico-PR na Arena Fonte Nova

O resultado fez o Bahia cair uma posição na tabela, e a equipe é a sétima colocada com 37 pontos

E.C.BAHIA

E.C.BAHIANotícias sobre o acontece no mundo do E.C.Bahia

05/10/2019 22h34
Por: Robson Silva
359
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia vinha de duas vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro e neste sábado pretendia fazer a trinca no duelo contra o Athletico Paranaense, mas acabou superado pelo Furacão na Arena Fonte Nova em Salvador, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão. Marcelo Cirino e Léo Cittadini marcaram para o Furacão, enquanto Fernandão marcou o único tento do Esquadrão de Aço.

O resultado fez o Bahia cair uma posição na tabela, e a equipe é a sétima colocada com 37 pontos. Já o Furacão, mesmo com a vitória, segue em nono, agora com 34.

Na próxima rodada, o Bahia volta a jogar na Fonte Nova, na quarta-feira, diante do São Paulo, adversário direto na disputa por uma vaga no G-6. Já o Athletico visita o Corinthians em Itaquera, no dia seguinte.

O Jogo – O confronto na Fonte Nova começou em alta rotação, com as duas equipes jogando com bastante intensidade. O Bahia buscava manter a posse de bola, mas eram os paranaenses que chegavam com mais perigo. Aos 11, Lucho González arriscou de longe e tirou tinta da trave em chute com força.

O Bahia cercava e girava a bola, mas tinha dificuldades para finalizar. O Tricolor só chegou com real perigo pela primeira vez aos 34, quando Gilberto acertou a trave com um mergulho de cabeça.

A partida caiu de ritmo no final da primeira etapa. Com a bola rolando no segundo tempo, foi o Athletico que passou a controlar a posse de bola, enquanto o Bahia buscou os contra-ataques. Aos 10, Gilberto acertou a trave pela segunda vez, desta vez em chute forte após jogada de Élber.

No minuto seguinte, os paranaenses abriram o placar após a cobrança de escanteio. Thonny Anderson desviou e Marcelo Cirino mandou para a rede de cabeça.

O Bahia sentiu o golpe e não demorou para levar o segundo. Aos 19, foi a vez de Léo Cittadini aproveitar cruzamento de Thonny Anderson para ampliar na Fonte Nova.

A equipe de Roger Machado se mandou para o ataque em busca da reação, e diminuiu com Fernandão, aos 33. Nino Paraíba cruzou da direita e o atacante que havia entrado no lugar de Flávio cabeceou para o gol.

FICHA TÉCNICA

BAHIA-BA 1 X 2 ATHLETICO-PR

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)

Data: 5 de outubro de 2019, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

Público: 38.096 (pagantes)

Renda: R$ 739.395,00

Cartões amarelos: Guerra, Fernandão (Bahia); Bruno Guimarães, Madson, Adriano (Athletico)

Gols:

ATHLETICO-PR: Marcelo Cirino, aos 11, Léo Cittadini, aos 19 min do 2º tempo

BAHIA: Fernandão, aos 31 min do 2º tempo

BAHIA: Douglas; Nino, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio (Fernandão) e Guerra (Lucca); Élber, Artur (Arthur Caíke) e Gilberto

Técnico: Roger Machado

ATHLETICO-PR: Santos; Madson, Thiago Heleno (Adriano), Léo Pereira e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães, Lucho González (Erick) e Léo Cittadini, Nikão (Thonny Andreson), Rony e Marcelo Cirino

Técnico: Tiago Nunes

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas