Série B

Figueirense empata com Vila Nova e perde chance de sair do Z4 da Série B 2019

Com derrota do Londrina, Alvinegro precisava ganhar no Scarpelli para deixar a zona de rebaixamento

05/11/2019 23h15
Por: Robson Silva
79
Foto: Pierre Rosa/AGIF/Folhapress
Foto: Pierre Rosa/AGIF/Folhapress

O Figueirense empatou em 0 a 0 com o Vila Nova e deixou escapar a chance de sair do Z4 da Série B 2019 nesta terça-feira. Uma vitória no Orlando Scarpelli era providencial para deixar a zona de rebaixamento por conta da derrota do Londrina nesta 33ª rodada. Em vez de chegar aos 36 pontos e ultrapassar os paranaenses, com 34, o Figueira segue em 17º. É o terceiro empate seguido do time alvinegro.

Sem tempo, o Figueirense enfrenta o Coritiba na sexta-feira. Às 21h30min e novamente no Orlando Scarpelli, o Figueira recebe o time que luta pelo acesso. Já o Vila Nova tem confronto diante do Operário-PR no mesmo dia, às 20h30min, no Serra Dourado. 

O jogo

Sem Rafael Marques, liberado por causa da morte de um familiar no dia da partida, o Figueirense entrou em campo com Odilávio no comando de ataque. A mudança forçada criou a expectativa de Alvinegro mais veloz na frente, mas a agilidade não era requisitada. A referência para jogo aéreo fazia falta.

O confronto começou equilibrado, de troca de passes entre as intermediárias. O primeiro lance de algum perigo foi do Vila Nova, em uma jogada nas costas de Luís Ricardo que terminou em finalização de Gustavo Henrique rente ao poste de Pegorari, aos 13. A resposta do Figueirense foi quatro minutos depois, em cobrança de falta. Fellipe Mateus rolou para Tony encher o pé. A bola tocou na barreira e passou devagar e ao lado da trave. 

A partida voltou ao cenário do início do confronto. Até os 34 minutos, no chute de Fellipe Mateus sobre a trave que demonstrou que o Figueirense estava vivo. Melhorou no primeiro tempo, mas não foi suficiente para abrir o placar. 

Na volta do intervalo o Figueira tinha de eliminar a ansiedade. Afinal, uma vitória representava a saída da zona de rebaixamento por conta da derrota do Londrina para o Atlético-GO, mais cedo. Voltou ao gramado com posse, volume e presença no campo de ataque. No entanto, não conseguia transformar em chance clara. 

Por isso Pintado mexeu. Aos 15, Poffo entrou no lugar de Odilávio, inoperante na noite desta terça-feira. Neste mesmo minuto, uma bobeada da zaga alvinegra quase resultou no gol do Vila Nova. Romário tentou por cobertura, sozinho diante de Pegorari, mas mandou sobre a trave. Poffo apareceu entre os marcadores aos 19 em bola alçada na área. Mas a cabeçada foi fraca e Rafael Santos ficou com ela. 

Outra mudança veio na sequência, com a entrada de Victor Guilherme no posto de Tony. Não funcionou. O segundo tempo chegou aos 30 minutos e o Figueirense parecia distante do gol de saída do Z4 da Série B 2019. A última cartada alvinegra foi a entrada de Robertinho aos 35. A tensão crescia. Instantes depois a torcida começou a cantar alto para apoiar o time. 

Foram cinco minutos de acréscimos. Mas não foi tempo o que faltou ao Figueirense para deixar a zona de rebaixamento. Faltou o gol. Sobrou vaia dos 5,5 mil torcedores. 

Figueirense 0 x 0 Vila Nova

FIGUEIRENSE

Pegorari; Luis Ricardo, Alemão, Ruan Renato e Conrado; Patrick, Tony (Victor Guilherme) e Fellipe Mateus; Jefferson Renan, Breno (Robertinho) e Odilávio (Gustavo Poffo). Técnico: Pintado. 

VILA NOVA

Rafael Santos; Diego Jussani, Wesley Matos e Elivelton (Patrick); Romário (Erick), Magno, Tinga e Gastón Filgueira; Capixaba (Mailson) e Gustavo Henrique. Técnico: Itamar Schulle.

CARTÕES AMARELOS: Gustavo Poffo, Luís Ricardo e Victor Guilherme (F). Gastón Filgueira, Romário e Tinga (V). 

ARBITRAGEM: Wanderson Alves de Sousa, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Leonardo Henrique Pereira (trio de MG).

BORDERÔ: 5.536 torcedores para renda de R$ 89.610.

LOCAL: Orlando Scarpelli. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas