Série A

Cazares brilha, Atlético-MG bate o Corinthians no Horto

Os gols alvinegros foram de Cazares e Fábio Santos, com Janderson descontando para a equipe paulista

01/12/2019 20h14
Por: Robson Silva
97
Fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro
Fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro

Em grande jogo na Arena Independência, o Atlético bateu o Corinthians por 2 a 1, neste domingo, pela 36ª rodada do Brasileirão. Os gols alvinegros foram de Cazares e Fábio Santos, com Janderson descontando para a equipe paulista.

Com o resultado positivo no Horto, o Galo chegou a 45 pontos e subiu para o 12º lugar, garantindo matematicamente sua permanência na Série A em 2020. Na próxima rodada, a penúltima da competição, o Galo receberá o Botafogo, às 19h30 desta quarta-feira, no Mineirão.

O JOGO

Atlético e Corinthians fizeram um primeiro tempo bastante movimentado. O primeiro lance de perigo foi do time visitante, em cruzamento de Clayson pela esquerda, interceptado pelo goleiro Cleiton. Em seguida, Gustavo recebeu a bola na área, finalizou e Igor Rabello conseguiu desviar a bola.

Aos onze minutos, Marquinhos recebeu lançamento de Jair, cortou para o meio e concluiu para a defesa de Cássio, que mandou a bola pela linha de fundo. No escanteio, Réver pegou a sobra de bola e mandou para a rede, mas aa arbitragem assinalou impedimento do capitão atleticano.

Em novo ataque atleticano, Cazares cobrou escanteio pela direita e Jair cabeceou para fora. Aos 17, em grande jogada do ataque alvinegro, Zé Welison recebeu ótimo passe de Cazares e concluiu para fora, à direita do gol.

O Atlético saiu na frente aos 18 minutos, quando Marquinhos recebeu passe de Jair na grande área pela esquerda e rolou para o arremate certeiro de Cazares: Galo 1 x 0.

A equipe paulista empatou no minuto seguinte, com Janderson. Aos 26 minutos, Marquinhos arriscou de fora da área e Cássio fez a defesa. Dois minutos mais tarde, Patric cruzou pela direita e o zagueiro fez o corte pelo alto, evitando o cabeceio de Fábio Santos.

Em grande oportunidade, aos 37, Marquinhos recebeu grande passe de Patric e finalizou para mais uma defesa do goleiro Cássio. Logo depois, o Galo voltou a ficar próximo do segundo gol no lance em que Marquinhos cruzou pela direita e Jair cabeceou no travessão.

Aos 46, em posição irregular, Janderson completou cruzamento de Fagner e a arbitragem anulou corretamente o lance.

O Atlético voltou para o segundo tempo com a mesma formação. Já no primeiro minuto, Patric recebeu lançamento, cruzou na área e Di Santo não alcançou a bola. Aos onze minutos, o Corinthians ameaçou no chute de Clayson, para fora.

O Galo respondeu com boa jogada de Cazares na entrada da área pela esquerda, mas a finalização do equatoriano foi defendida por Cássio.

Aos 20 minutos, Cazares chutou de longa distância e Cássio defendeu no meio do gol. Três minutos depois, Di Santo recebeu passe de Luan na grande área e foi desarmado.

Aos 32 minutos, Di Santo foi substituído por Leonardo Silva. Em seguida, Gustavo cabeceou à direita do gol de Cleiton.

Otero entrou no lugar de Jair, aos 36 minutos e, aos 42, foi a vez de Cazares deixar o campo para a entrada de Martínez.

Luan disparou em contra-ataque pela direita, aos 44 minutos, e o zagueiro conseguiu interceptar a tentativa de passe de Luan para Marquinhos.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 1º de dezembro de 2019 (domingo)

Horário: 18h (de Brasília)

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (RJ)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartões amarelos: Fábio Santos, Patric e Maicon (Atlético-MG); Gustavo (Corinthians)

Gols: Cazares, aos 18 do 1ºT (Atlético-MG) e Fábio Santos, aos 28 do 2ºT; Janderson, aos 19 do 1ºT (Corinthians)

ATLÉTICO-MG: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison e Jair (Otero); Luan, Cazares (Ramón Martínez) e Marquinhos; Di Santo (Leonardo Silva)

Técnico: Vagner Mancini

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto; Gabriel e Júnior Urso (Boselli); Janderson (Vagner Love), Pedrinho e Clayson (Mateus Vital); Gustavo

Técnico: Dyego Coelho

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 08h08
30°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 21°
31°

Sensação

20.4 km/h

Vento

50.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas