Sexta, 22 de fevereiro de 2019
71 988 53 9055
Copa do Nordeste

03/02/2019 às 18h59 - atualizada em 03/02/2019 às 20h59

106

Atividade Esporte News

Salvador / BA

Júnior Timbó sai do banco para marcar o gol da vitória do Confiança no Clássico Maior
Esta foi a segunda vez que o Dragão derrotou o Gipão na temporada 2019, agora pelo Nordestão
Júnior Timbó sai do banco para marcar o gol da vitória do Confiança no Clássico Maior
(Foto: Felipe Martins/ADC)

Tudo azul mais uma vez na Arena Batistão. O Confiança, que foi mais ofensivo durante o Clássico Maior deste domingo, foi premiado com um gol aos 38 do segundo tempo. Júnior Timbó entrou no lugar de Felipe Lima e balançou a rede de Ferreira. Este foi o segundo gol dele no Nordestão. O primeiro tinha sido contra o Sampaio no Maranhão.


Vale ressaltar que ainda houve um gol anulado de João Paulo, por impedimento. Ferreira evitou um gol de Tito e Genivaldo fez boas defesas nos chutes de Júnior Batata.


As equipes voltam a campo pela competição no dia 16 de fevereiro, um sábado. Os azulinos enfrentarão o Altos no Piauí, às 18h30. E os alvirrubros receberão no Batistão, às 16 horas, o Botafogo da Paraíba.


Esta é a segunda vez que o Confiança vence o Sergipe em 2019. A primeira foi pelo estadual, na rodada de abertura, pelo mesmo placar. A equipe venceu pela primeira vez na Lampions e deu uma respirada na tabela da chave B. Permanece em último, mas tem a mesma pontuação de ABC, Náutico e Ceará. Enquanto isso, o rival continua na lanterna do Grupo A e sem pontuar.


PRIMEIRO TEMPO


Como já era esperado, um início eletrizante. O segundo Clássico Maior do ano, o primeiro pelo Nordestão, trouxe muita coisa só no primeiro tempo. O Sergipe começou marcando bem e trocando passes. Confiança era mais ofensivo.


Logo aos 6 minutos, Altemar mandou a bola na área alvirrubra e Tito completou de primeira para o gol, mas Ferreira fez uma grande defesa. No rebote, Jonatas tentou de bicicleta e manda pra fora. Foi a melhor chance do Dragão. Três minutos depois, o Sergipe respondeu com um contra-ataque. Elton recebeu o passe, deu uma boa arrancada, chutou rasteiro e Genivaldo mandou a bola para escanteio.


Do lado azul, várias tentativas com Tito, Gustavinho, Altemar e Felipe Lima. Do lado vermelho, as chegadas eram através de Elton e Júnior Batata. A ansiedade em chegar ao gol fazia com que os jogadores errassem muitos passes. Todo mundo queria abrir logo o placar, porém nesta etapa não foi possível As pontarias estavam descalibradas, foram raras as vezes em que os goleiros fizeram defesas difíceis.


Aos 38, Altemar fez mais um bom cruzamento, o zagueiro alvirrubro afastou mal, Gustavinho pegou o rebote, dentro da área, e chutou forte com a perna esquerda. A bola tirou tinta do travessão de Ferreira. E a resposta do Sergipe veio dois minutos depois, quando Elton encontrou Batata na área. Ele fez boa jogada individual e tocou para Igor Trindade que mandou longe do gol.


SEGUNDO TEMPO


A etapa final foi bem diferente da inicial. Aos 12 minutos, em cobrança de falta de Felipe Lima, a bola viajou na área e o Confiança acertou duas vezes o travessão. Na terceira tentativa, o João Paulo balançou a rede, mas o auxiliar marcou impedimento do zagueiro. Muitos erros de passes, pouca qualidade nas finalizações e marcações fortes marcavam o segundo tempo.


Aos 28, João Paulo apareceu novamente. Em cobrança de escanteio, o zagueiro meteu a cabeça na bola e ela passou perto do gol de Ferreira. Por pouco o Dragão não abriu o placar. O Sergipe então respondeu minutos depois. Eudair recebeu passe no lado direito de ataque e chutou forte, por cima do gol de Genivaldo. Na sequência, Batata cobrou falta com mais um forte chute e o goleiro azulino espalmou, evitando o primeiro gol do Gipão.


E quem marcou mesmo foi o Confiança. Aos 38 minutos, Júnior Timbó, que havia entrado no segundo tempo, recebeu a bola dentro da área, driblou o marcador e chutou cruzado para abrir o placar do Clássico Maior. Nos minutos finais, uma chance para cada lado. Aos 47, Tito recebeu bom passe, saiu cara a cara com Ferreira e tocou fraco pra Ítalo, que passava na direita. O goleiro do Sergipe chegou antes dele e afasta o perigo. Dois minutos depois, Júnior Batata soltou a bomba de novo em cobrança de falta e Genivaldo salvou o Confiança com duas grandes defesas.


A Federação Sergipana de Futebol (FSF) informou em nota que o público e a renda só serão divulgados nesta segunda-feira por causa de problemas técnicos nas catracas eletrônicas do Batistão.

FONTE: Globo Esporte

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium