Atividade Esporte News: Amistoso
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Amistoso. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Amistoso. Mostrar todas as postagens

20 novembro 2018

Itália marca nos acréscimos e derrota EUA no último compromisso do ano

Juntando os cacos após ser eliminada na Liga das Nações da Uefa, a Itália enfrentou os Estados Unidos em amistoso internacional, na Luminus Arena, em Genk, na Bélgica, e venceu por 1 a 0. Com amplo domínio durante toda a partida, os italianos conseguiram balançar as redes no último minuto de jogo e conquistam importante triunfo.

Com 74% de posse de bola, a Itália controlou todo o primeiro tempo e conseguiu quatro ótimas finalizações. Entretanto a seleção europeia não balançou as redes. Por outro lado, os norte-americanos praticamente não jogaram e o goleiro Sirigu não trabalhou em nenhuma oportunidade.

Na segunda etapa, a Azzurra permaneceu melhor, mas não conseguiu criar tantas oportunidades. Os comandados de Dave Sarachan tiveram duas ótimas oportunidades de saírem com a vitória, porém o italiano Sirigu fez boas defesas. Quando a partida se encaminha para um empate sem gols, a Itália marcou com Matteo Politano, no último minuto de jogo, aos 49 minutos do segundo tempo, e venceu pelo placar mínimo.

Com isso, as duas seleções encerraram os compromissos na temporada de 2018 e voltam a atuar apenas no ano que vem.

O jogo

Logo aos três minutos da etapa inicial, a Itália assustou pela primeira vez, com Federico Chiesa. Dentro da grande área, ele recebe um ótimo cruzamento e chutou rasteiro. Contudo, a finalização saiu sem força e o goleiro Ethan Horvath defendeu sem dificuldades.

Aos 19 minutos da primeira etapa, Leonardo Bonucci quase marcou o primeiro para a Azzurra. Após cobrança de falta, o zagueiro conseguiu um bom domínio e chutou forte no centro do gol, porém novamente Horvath fez uma bela defesa.

A seleção italiana voltou a atacar aos 39 minutos do primeiro tempo, com Domenico Berardi. O atacante, da entrada da área, bateu forte e exigiu uma grande defesa do goleiro norte-americano.

Já na prorrogação da etapa inicial, aos 46 minutos, Marco Verratti quase inaugurou o placar para os italianos. O volante cobrou falta no meio do gol e exigiu mais uma grande defesa de Ethan Horvath.

A primeira chance dos Estados Unidos surgiu apenas aos 19 minutos do segundo tempo, com Kellyn Acosta. Depois de cobrança de escanteio, o defensor subiu sozinho, porém Salvatora Sirigu fez ótima defesa.

A melhor chance da Itália aconteceu aos 37 minutos da etapa final, com Mattia De Sciglio. O lateral recebeu bom passe e chutou da entrada da área. A bola passou raspando o travessão e saiu.

Praticamente no último minuto de jogo, aos 45 minutos do segundo tempo, Romain Gall quase marcou para os Estados Unidos. O meia fez ótima jogada individual e chutou de média distância, mas Sirigu protagonizou um milagre e defendeu a bola.,

O gol da vitória italiana saiu aos 49 minutos do segundo tempo, com Matteo Politano. O atacante recebeu ótimo passe de Roberto Gagliardini, infiltrou a grande área e, cara a cara com o goleiro norte-americano, chutou forte para balançar as redes.


Fonte:Gazeta Esportiva

Richarlison substitui lesionado Neymar e dá vitória ao Brasil sobre Camarões

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
O Brasil venceu Camarões por 1 a 0 nesta terça-feira em amistoso marcado pela lesão de Neymar nos primeiros minutos de jogo, ligando o alarme no Paris Saint-Germain a oito dias do decisivo confronto contra o Liverpool pela Liga dos Campeões.

A Seleção se deparou com um grande problema logo aos 7 minutos de jogo em Milton Keynes, nos arredores de Londres, quando Neymar pediu para sair ao acusar dores na coxa direita depois de arriscar uma finalização da entrada da área.

A saída do camisa 10 pareceu desestabilizar o Brasil, que sofreu para criar chances de perigo e só conseguiu marcar o gol da vitória em cobrança de escanteio que Richarlison, substituto de Neymar em campo, cabeceou colocado aos 44 minutos de jogo.

Vindo de cinco vitórias desde a eliminação na Copa do Mundo para a Bélgica, o Brasil de Tite seguiu realizando testes na equipe, de olho na Copa América do ano que vem que será organizada em casa.

E assim como havia sido na vitória sobre o Uruguai (1-0) no amistoso de sexta-feira, os destaque foram Richarlison, autor do gol e das jogadas mais perigosas, e Allan, que havia estreado com a amarelinha diante dos uruguaios e voltou a fazer partida sólida no meio de campo.
Neymar sofreu lesão na partida contra Camarões, 20 de novembro de 2018.(AFP / Glyn KIRK)

- Richarlison aparece -

Na equipe titular, Tite fez seis mudanças em relação ao time que sofreu para criar jogadas de perigo contra o Uruguai, iniciando a partida com Allan ao lado de Paulinho no meio, além de Willian na ponta direita do ataque. Na defesa, Pablo e Alex Sandro também tiveram a oportunidade de sair jogando de início.

Mas o plano foi por água abaixo logo no início do jogo assim que Neymar se machucou ao cortar para a direita e arriscar um chute de fora da área.

Richarlison ganhou assim a missão de substituir Neymar, jogador que vinha sendo praticamente a única válvula de escape e de criação ofensiva do Brasil nos jogos pós-Copa.

Sem seu capitão, a Seleção voltou a mostrar a velha falta de criatividade para chegar ao gol de Camarões, que se contentava em assistir aos brasileiros tocarem a bola de um lado para o outro do campo em busca de um lampejo que insistia em não se apresentar.

Coube a Richarlison salvar o primeiro tempo brasileiro. Aos 44 minutos, o ex-jogador do Fluminense subiu mais alto que a zaga africana e cabeceou colocado uma cobrança de escanteio para abrir o placar.

- Ondoa segura -

Na segunda etapa, Tite seguiu testando peças numa Seleção brasileira em que poucos parecem ter um lugar assegurado. E Gabriel Jesus, titular inquestionável até a fraca atuação na Copa do Mundo, sabe bem disso. O atacante entrou no segundo tempo no lugar de Firmino e não pecou por omissão.

Muito motivado, Jesus foi responsável pelo lance de maior perigo no segundo tempo, quando aproveitou uma saída estabanada do goleiro camaronês Ondoa e mandou a bola na trave.

Nos minutos finais, Camarões, treinado pelo ex-jogador Clarence Seedorf, partiu ao ataque em busca do empate e exigiu boa defesa de Ederson em chute de Ekambi, mas também deixou mais espaços atrás que o Brasil não soube aproveitar.

Nos minutos finais, Ondoa apareceu para não deixar a Seleção ampliar, defendendo chutes perigosos de Allan, Gabriel Jesus e Richarlison à queima-roupa.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 0 CAMARÕES

Local: MK Stadium, em Milton Keynes (Inglaterra)
Data: 20 de novembro de 2018, terça-feira
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Michael Oliver (ING)
Assistentes: Stuart Burt (ING) e Constantine Hatzidakis (ING)

Gol: Richarlison, aos 44 minutos do 1ºT (Brasil)
Cartões amarelos: Mandjeck (Camarões)

BRASIL: Ederson; Danilo, Marquinhos, Pablo e Alex Sandro; Arthur, Allan e Paulinho (Walace); Willian (Douglas Costa), Firmino (Gabriel Jesus) e Neymar (Richarlison)
Técnico: Tite

CAMARÕES: Onana (Ondoa); Fuchs, Banana, Kana-Biyik e Bong; Mandjeck, Malong e Djoum; Ekambi (Zoua), Bahoken (Tchakoten) e Choupo-Moting (N’Jie)
Técnico: Clarence Seedorf

Tim Cahill se aposenta da seleção australiana

AFP / David Moir
O atacante Tim Cahill se despediu nesta terça-feira da seleção australiana, da qual é o artilheiro histórico (50 gols), após entrar em campo por 9 minutos no amistoso com o Líbano (3-0), em Sydney.

Considerado o melhor jogador australiano de todos os tempos, Cahill, 38 anos, recebeu uma grande ovação do público e usou a braçadeira de capitão nos poucos minutos em campo.

"É a primeira vez que choro em um campo de futebol e estou orgulhoso", declarou o atacante após a partida. "Cada vez que vesti essa camisa verde e dourada joguei com o coração".

O atacante jogou 108 partidas com seu país e disputou quatro Copas do Mundo (2006, 2010, 2014, 2018).

Nascido em Sydney, "Timmy" jogou por 14 anos na Inglaterra no Milwall e no Everton, marcando mais de 100 gols antes de se transferir no fim da carreira para jogar nos Estados Unidos e na China. Atualmente, joga na Índia.

14 novembro 2018

Catar surpreende e derrota a Suíça em amistoso

(Foto: Fabrice Coffrini/AFP)
Nesta quarta-feira, no estádio Cornaredo, em Lugano, o Catar surpreendeu e venceu a Suíça por 1 a 0, em amistoso internacional. O gol da partida foi marcado por Afif aos 41 minutos do segundo tempo, decretando o placar a favor dos visitantes.

Os suíços optaram por entrar com uma equipe recheada de reservas. Dos destaques, apenas Xhaka atuou inicialmente. Assim, o ritmo do time foi sonolento, e em nenhum momento ameaçou de fato a seleção do Catar, que soube suportar bem e segurou o empate sem gols nos primeiros 45 minutos.

Na etapa final, Shaqiri entrou para pelo menos a Suíça vencer o adversário. O panorama do segundo tempo não mudou muito. Porém, quando o placar parecia não se movimentar, veio o gol do Catar. Após contra-ataque, Akram Afif finalizou de pé esquerdo, depois de receber assistência de Karim Boudiaf.

O próximo compromisso suíço será no próximo domingo, contra a Bélgica, pela Liga das Nações. Na segunda, o Catar receberá a Islândia, em mais um amistoso internacional.

Fonte:Gazeta Esportiva

Paciente, Richarlison quer manter alto nível para disputar Copa América

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
Richarlison realizou o seu sonho ao defender a Seleção Brasileira pela primeira vez e agora quer conquistar títulos pelo seu país. O atacante do Everton pode ter chance de concretizar este objetivo na Copa América, que será realizada no Brasil em 2019. Para poder disputar a competição, o jogador de 21 anos destacou a importância de manter a boa forma.

No terceiro dia de preparação da Seleção Brasileira para os amistosos de novembro, o meia Arthur e o atacante Richarlison falaram com a imprensa. A coletiva com os jogadores foi realizada após o treinamento desta quarta-feira (14), no CT do Arsenal, em Londres, na Inglaterra.

“Acho que não só nos jogos, mas nos treinamentos ele (Tite) está sempre nos observando. Ele também está nos observando no clube. O importante é jogar em alto nível porque ele está olhando. Jogar na seleção é maravilhoso e quanto mais você joga, mais experiência terá e mais vai querer jogar. Com o tempo, o Tite irá colocar a gente (os mais jovens) em campo, não adianta ter pressa”, afirmou.

Eleito por uma revista na Inglaterra a melhor contratação do Campeonato Inglês na temporada, Richarlison lembrou que começou 2018/19 criticado pelo montante que gastaram para contratá-lo. Contudo, ele já caiu na graça da torcida da equipe de Liverpool e até tem uma música em sua homenagem em que os torcedores falam que o montante gasto não foi alto.

“Se você pegar, desde o América eu venho em uma evolução muito boa. Quando cheguei no Everton, muitos não acreditaram e criticaram pelo valor (gasto para me contratar). Muitos falaram muita besteira, o que nunca entrou na minha cabeça. Estou provando a todos porque fui contratado e estou dando o máximo para equipe. Tenho que agradecer meus companheiros e ao Marco Silva. Quando eles cantam (minha música) até dá mais vontade de roubar a bola e fazer o gol”.

O jovem atacante ainda agradeceu os elogios que recebeu do seu ídolo Ronaldo Fenômeno. “A primeira vez que eu vi o Ronaldo comecei a tremer. Para mim é sempre uma honra receber elogio dele. O importante é não deixar subir na cabeça. É levar esses elogios positivamente e levá-los para campo. Todos se espelham nele. Eu vejo vídeos dele antes de ir para o jogo e fico muito feliz”.

O Brasil encara os uruguaios no dia 16 de novembro, às 18h, no Emirates Stadium. Enquanto no dia 20, a Canarinho faz o último amistoso de 2018 diante da seleção de Camarões, às 17h30, no MK Stadium. 

Fonte:Gazeta Esportiva

13 novembro 2018

Marquinhos exalta Dedé e garante que pode ser polivalente na Seleção

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
Nesta terça-feira, a Seleção Brasileira realizou o segundo treinamento para os amistosos contra Uruguai e Camarões, nos dias 16 e 20 de novembro. Após a atividade, o zagueiro Marquinhos concedeu entrevista coletiva, e falou sobre algumas possíveis opções táticas do técnico Tite.

Com o corte de Casemiro, o defensor do Paris Saint-Germain foi perguntado sobre a possibilidade de atuar de volante, e garantiu que se for preciso, estará à disposição do treinador.

“Ainda não conversei com o professor, ele ainda não me apresentou essa proposta. Mas assim como eu me coloco sempre à disposição no clube, na Seleção não é diferente….O professor já me testou como lateral-direito, e ele sabe que pode contar comigo aonde ele precisar”, disse.

Marquinhos já foi utilizado como meio-campista no PSG, e também lembrou da experiência para traçar as diferenças entre ser testado no clube e na Seleção.

“Creio que a Seleção é bem servida, quando o Casemiro não está, tem outros jogadores que podem servir essa posição muito bem. Diferentemente do clube, onde acaba faltando algumas peças e ali eu tive para poder ajudar o grupo e os meus companheiros. Então vamos ver, o professor ainda não me falou nada disso, mas se precisar a gente está sempre disponível”, afirmou.

Caso seja utilizado como zagueiro, o jogador disputa posição com Dedé, o único convocado que atua no Brasil. Na visão de Marquinhos, a falta de experiência na Europa não é problema diante das qualidades do cruzeirense.

“Uma das grandes qualidades que o Dedé tem hoje, por ter vindo aqui na Seleção Brasileira, é por toda a experiência que ele tem, é por conta das atuações que ele teve de alto nível contra grandes adversários que ele enfrentou. Então, independentemente de jogar no Brasil ou não, se o professor acha que ele tem qualidade para atuar na Seleção Brasileira, é porque todos aqui têm”, completou


Fonte:Gazeta Esportiva

12 novembro 2018

Novamente convocado para a seleção brasileira Sub20, Carlos Augusto se apresenta e projeta amistoso com a Colômbia

Foto:  Fernando Torres/CBF
Um chamado que se espera ansiosamente. E quando vem é pura felicidade. Mais uma vez convocado para a seleção brasileira Sub20, Carlos Augusto se apresentou em Belo Horizonte nesta segunda-feira.

O lateral-esquerdo, que assumiu a titularidade no setor do Corinthians, vai para uma série de amistosos com a Colômbia. O primeiro já acontece nesta quinta-feira. Ideia é trabalhar da melhor maneira possível até a partida. “Primeiro que é uma honra estar aqui mais uma vez. É por isso também que trabalhamos muito todos os dias. Estou me dedicando muito no Corinthians e fico feliz por novamente ser convocado. Agora é focar aqui. Temos um grupo bom e uma comissão espetacular. Já treinamos hoje e nosso foco é evoluir visando a Colômbia” disse.

Carlos Augusto sabe que não terá vida fácil do outro lado. A Colômbia tem uma forte equipe na categoria. Para o jogador, a chance de jogar também no Brasil, com torcida, chama a atenção. “Por mais que seja a Sub20 é o Brasil. Então estamos vendo que os torcedores devem ir no jogo. Temos um grupo aqui muito bom, são vários jogadores que já atuam no time principal em seus clubes. Do outro lado vamos ter uma seleção muito forte. A Colômbia tem um time rápido e temos que dar o nosso melhor. Tenho certeza que vai ser um grande jogo”, finalizou o lateral-esquerdo do Corinthians.

O amistoso entre Brasil e Colômbia acontece na quinta-feira, às 16h, no Independência, em Belo Horizonte.

09 novembro 2018

Löw não convoca Boateng para confronto vital contra Holanda

A ausência de Jérôme Boateng é a principal surpresa da lista de convocados divulgada nesta sexta-feira.(AFP / FRANCK FIFE)
A ausência de Jérôme Boateng é a principal surpresa da lista de convocados divulgada nesta sexta-feira por Joachim Löw, técnico da Alemanha, para os confrontos da Mannschaft contra a Rússia (amistoso) e Holanda (Liga das Nações).

Os alemães jogam contra os holandeses em 19 de novembro em Gelsenkirchen, quatro dias depois do amistoso contra os russos em Leipzig.

"Eu conversei com Boateng", declarou o técnico alemão. "Estou convencido de que nestes momentos será bom para ele parar. Falei para ele que temos várias opções para sua posição, principalmente com jogadores jovens".

O goleiro do Barcelona Marc-André Ter Stegen também não foi convocado. Já o meia do Real Madrid Toni Kroos foi convocado apenas para o duelo com a Holanda, decisivo para a Alemanha e suas pretensões de se manter na elite da Liga das Nações.

Em caso de vitória da Holanda contra a França em 16 de novembro, a Alemanha estará automaticamente rebaixada à Liga B da competição continental. Já se a França não perder esta partida, os alemães jogarão pela permanência na Liga A contra os holandeses.
 
Back To Top