Atividade Esporte News: Brasileiro Série C
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Brasileiro Série C. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasileiro Série C. Mostrar todas as postagens

18 outubro 2018

Danilo Báia conquista segundo título nacional em dois anos.

Lateral conquistou seu segundo título nacional em dois anos, defendendo as cores do Operário Ferroviário-PR. 


Fotos: José Tramontin/OFEC
O Operário Ferroviário é Campeão Brasileiro da Série C 2018. O alvinegro venceu o Cuiabá-MT por 1 a 0, na Arena Pantanal, na partida de volta da final e conquistou o título da competição nacional. No primeiro jogo, as equipes empataram em 3 a 3. A algumas temporadas no clube, o lateral-direito conquistou mais um título pelo OFEC.

"Representa pra mim uma marca histórica. Para minha carreira e pro Operário que é algo extraordinário, subimos de patamar no cenário nacional do futebol brasileiro", disse Danilo Báia, lateral-direito do OFEC.

O Operário encerra a Série C do Brasileiro 2018 com 12 vitórias, oito empates, quatro derrotas, 32 gols marcados e o título de campeão. Em 2017, o alvinegro conquistou o título de Campeão Brasileiro da Série D.

Danilo Báia, campeão brasileiro da série D em 2017 e campeão brasileiro da série C em 2018, finaliza falando sobre sua permanência no clube e sonha com voos mais altos.

"Sobre permanecer no Operário, sim.
Sem dúvida​ alguma, tenho sonhos, metas e objetivos dentro do Operário. Primeiro fazer um grande campeonato estadual e depois se Deus quiser fazer uma grande série B, visando o acesso a série A do Brasileirão", finalizou Danilo Báia.

13 outubro 2018

Após término do brasileiro série C, Airon Santos aguarda propostas

Goleiro disputou o Paulistão pelo Noroeste e o campeonato Brasileiro da Série C, pelo Tombense. 


Foto: Bruno Freitas/Noroeste.
Com o término do campeonato brasileiro da série C, o jovem goleiro de apenas 24 anos, Airon Santos está disponível no mercado. O goleiro que já havia sido destaque do Noroeste no Paulistão, aguarda por propostas. 

Com seis vitórias, sete empates e oito derrotas, o Tombense encerrou sua participação no Brasileiro Série C na sexta colocação com 22 pontos.

Airon Santos falou sobre expectativa para voltar a jogar e projeto para 2019 estar novamente jogando em São Paulo.

"Minha expectativa é sempre a melhor. Espero estar em atividade logo e poder voltar a fazer o que eu amo. Estamos a disposição para trabalhar. Estamos ansiosos para estar jogando novamente aqui em São Paulo", disse Airon Santos.

16 setembro 2018

Operário empata com o Cuiabá e primeiro jogo da final da C e termina em briga

Em jogo emocionante, Fantasma saiu na frente, cedeu a virada, mas conseguiu empatar no finalzinho da partida. Final do espetáculo foi marcada por briga no gramado!

Foto:Reprodução/Facebook/Operário FC
O Operário empatou em 3×3 com o Cuiabá no primeiro jogo da final da Série C do Campeonato Brasileiro. O Fantasma chegou a abrir dois gols de vantagem, mas o adversário fez três gols em 20 minutos, virando o jogo. O empate, depois de muita emoção, veio já nos descontos.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado (22), às 19h, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Qualquer empate levará a decisão do título para os pênaltis. Quem vencer no tempo normal, fatura a Terceirona. Para este compromisso, as duas equipes correm o risco de perder vários atletas. Depois do espetáculo, uma confusão generalizada se instalou no gramado e sobraram tapas e socos pra todos os lados.

Foto: Josué Teixeira
O árbitro mal tinha apitado o início do jogo e, na primeira jogada, o Fantasma marcou, levando a torcida que lotou o Estádio Germano Krüger à loucura. Em jogada pela esquerda, Dione recebeu e chutou com consciência. A bola ainda bateu na trave antes de entrar: 1×0 Operário!

O gol precoce não desanimou o Cuiabá, que quase descontou de cabeça com Marino, aos 12. No entanto, o Fantasma dominava as ações e já no finalzinho do primeiro tempo fez mais um. Danilo Báia cruzou na medida pra Erick subir de cabeça e ampliar para 2×0. Na resposta, Adriano Pardal tentou descontar pro Cuiabá, mas carimbou a trave de Simão.

No segundo tempo, logo aos quatro minutos, o Cuiabá diminuiu. Marino bateu de frente depois do toquinho de Jenison, sem chances para Simão. Um pouco depois, em uma jogada parecida, foi Adriano Pardal que chutou a bomba, mas desta vez, o goleiro do Fantasma mandou pra escanteio.

Mas Marino, oportunista, marcou mais um. Depois do sururu na área, ele se adiantou a Danilo Báia e chutou sozinho, de dentro da área.: 2×2. O empate deixou os cuiabenses animados e Eduardo Ramos achou Jenison na área que subiu mais que a defesa e virou o jogo.

O técnico Gerson Gusmão decidiu mexer na equipe e, com sangue novo, o Operário voltou a ter o controle de jogo. Aos 32, na cobrança de falta de Cleyton, Vítor fez um milagre. Aos 38, Sosa carimbou a trave depois do escanteio.

A insistência valeu e depois do passeio da bola pela área, Robinho aproveitou a sobra e bateu de frente, empatando a partida, já aos 46 da etapa final, decretando o empate em Ponta Grossa.

O Operário jogou com Simão; Danilo Báia (Anderson Paraíba), Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão, Erick, Cleyton, Robinho e Dione (Quirino); Bruno Batata (Schumacher).

Já o Cuiabá foi com Victor Souza; Jean, Ednei, Edson Borges e Danilo; Alê, Marino e Eduardo Ramos; João Carlos (Doda), Adriano Pardal e Jenison.


Fonte:TribunaPR

09 setembro 2018

Operário vence Bragantino nos pênaltis e vai para a final da Série C

 (Foto: José Tramontin/OFEC)
Neste domingo, o Operário superou o Bragantino na disputa de pênaltis em partida realizada no estádio Germano Krüger e garantiu a sua presença na final da Série C do Campeonato Brasileiro. Após um novo 0 a 0 com a bola rolando, o time da casa contou com a tarde inspirada do goleiro Simão, que pegou duas cobranças e fechou a disputa em 4 a 2.

Durante o primeiro tempo, as duas equipes arriscaram bastante em suas jogadas ofensivas, porém o time visitante conseguia finalizar com mais perigo as suas jogadas. Logo aos 10 minutos, Juliano aproveitou a sobra dentro da área e finalizou forte, porém o goleiro Simão fez a defesa na melhor oportunidade do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o time da casa conseguiu criar mais perigo ao gol adversário e teve uma ótima chance aos 27 minutos, quando Dione passou bem pela marcação e finalizou cruzado, fazendo com que a bola passasse bem perto da trave de Alex Alves.

Treze minutos mais tarde, o Operário teve uma nova grande chance com Schumacher, que subiu mais que todo mundo e cabeceou a bola firmemente na trave.

Com  placar em igualdade, a decisão aconteceu nos pênaltis. Pelo lado do Fantasma, Bruno Batata, Schumacher, Cleyton e Dione converteram. Já pelo lado do Bragantino, Robertinho e Marquinhos acertaram, porém Rafael Chorão, Guilherme desperdiçaram.

Na decisão, o Operário / Bragantino enfrenta agora o Cuiabá, que bateu o Botafogo-SP por 3 a 0 no estádio Santa Cruz no último sábado.

08 setembro 2018

Cuiabá faz história,vence o Botafogo-SP e está na final da Série C

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo
Com a autoridade de quem faz história em 2018, o Cuiabá Esporte Clube vai decidir o título do Campeonato Brasileiro da Série C. Em pleno estádio Santa Cruz, o Dourado bateu o Botafogo (SP) por 3 a 0, assegurou a vaga na decisão e aguarda seu adversário do confronto entre o Operário (PR) e o Bragantino (SP).

O atacante Jenison foi o grande artilheiro do jogo, fazendo dois dos três gols que colocaram o Cuiabá EC na histórica decisão. O lateral-esquerdo Danilo também balançou a rede e manteve o Dourado com o título de melhor ataque da competição, com 39 gols marcados. O jogo de ida, na Arena Pantanal, terminou 0 a 0.

O acesso à Série B, conquistado diante do Atlético (AC), e a vaga para a final obtida neste sábado (8) em Ribeirão Preto não satisfazem o grupo que quer o título inédito para coroar o ano histórico. “Estamos sempre buscando o melhor, nosso grupo é excelente, graças ao trabalho pude estar inspirado mais uma vez hoje e feliz demais com essa vaga na final. Agora vamos em busca do título para coroar o nosso acesso”, afirmou o artilheiro da tarde logo após o jogo.
Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Com a vitória, o Cuiabá EC completa quatro jogos diante do Botafogo (SP) neste ano, se mantendo invicto. Dois jogos terminaram 0 a 0 e, além do 3 a 0 da semifinal, o Dourado venceu em casa, na fase de grupos, por 2 a 1.

A outra vaga para a final sai amanhã (9). Jogando em Bragança Paulista, Bragantino (SP) e Operário (PR) ficaram no 0 a 0 e agora disputam a partida de volta em Ponta Grossa (PR), no estádio Germano Krüger.

02 setembro 2018

Cuiabá e Botafogo-SP empatam sem gols na Arena Pantanal

 (Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo)
Conhecida por sua temperatura quente, Cuiabá recebeu uma partida bastante morna entre os donos da casa e o Botafogo-SP. O placar de 0 a 0 foi um balde de água fria aos quase 25 mil torcedores do Cuiabá que compareceram na Arena Pantanal na noite deste domingo.

O empate por 0 a 0 entre as equipes deixou a decisão da vaga à final da Série C do Brasileiro para o jogo de volta, em Ribeirão Preto.

O primeiro tempo entre Cuiabá e Botafogo foi sem grandes emoções. A partida começou com o time de Ribeirão Preto deixando claro que esperaria o tempo todo o Dourado. O Pantera ficou a primeira etapa sem conseguir ao menos finalizar uma vez. Assim, os donos da casa que tomaram a iniciativa. Aos 5 minutos, Bruno Sávio acertou lindo voleio, mas João Lucas ficou com a bola. Depois deste lance, nenhuma das duas equipes conseguiu ter boas chances e ambos foram ao intervalo sem mexer no placar da Arena Pantanal.

Os times melhoraram nos últimos 45 minutos da partida. O goleiro João Lucas, substituto de última hora de Tiago Cardoso, negociado com o Goiás, fez duas ótimas intervenções e evitou o gol do Cuiabá. O Pantera até se arriscou no ataque e levou perigo em bolas aéreas. Mas nenhum lado conseguiu o gol da vitória.

O jogo de volta da semifinal entre Botafogo e Cuiabá acontecerá em Ribeirão Preto, no estádio Santa Cruz, sábado, às 17h. Quem vencer leva a vaga. Se houver novo empate, a decisão será por pênaltis.

01 setembro 2018

Em jogo de poucas chances, Bragantino e Operário-PR ficam no empate

(Foto: Rafael Moreira/CA Bragantino)
Tudo igual na primeira partida da semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro! Neste sábado, no Estádio Nabi Abi Chedid, no interior paulista, Bragantino e Operário-PR não saíram do 0 a 0 e mantiveram o retrospecto equilibrado dos demais confrontos. Em uma partida ruim tecnicamente e de poucas chances, os dois times abusaram da ligação direta e obrigaram muito pouco dos goleiros, deixando a decisão do finalista para o próximo domingo.

O empate deste sábado foi apenas mais um entre as duas equipes no ano. No mesmo grupo durante a primeira fase, Bragantino e Operário se enfrentaram outras duas vezes com dois outros empates. No primeiro turno, o placar foi de 1 a 1. Já no segundo, o placar também não foi alterado: 0 a 0.

Os primeiros 45 minutos foram de muita marcação e supremacia dos sistemas defensivos em relação aos ataques. Jogando dentro de casa, o Bragantino tomou a iniciativa, mas criou apenas duas boas jogadas. Em uma delas, o goleiro Simão fez ótima defesa. Já do lado do Operário-PR, a bola parada foi a principal arma, mas com pouca efetividade.

No segundo tempo, o cenário foi praticamente o mesmo do primeiro, com ambas equipes encontrando muitas dificuldades para criação de jogadas ofensivas e abusando das ligações diretas. Enquanto o Operário parecia satisfeito com o empate para a segunda partida, o Bragantino não conseguia encontrar espaços para sair na frente do placar. Resultado final: 0 a 0 e tudo igual para a decisão.

Com o empate na primeira partida, a decisão de quem vai à final da Série C do Campeonato Brasileiro enfrentar Botafogo-SP ou Cuiabá será no próximo domingo, dia 9 de setembro. A partir das 15h30 (de Brasília), Operário e Bragantino se enfrentam no Estádio Germano Kruger, com o acesso à Série B já garantido, por uma vaga na grande final.

O JOGO

O início de jogo ficou marcado pelo nervosismo e um confronto plasticamente muito ruim para os torcedores presentes no Estádio Nabi Abi Chedid. Enquanto os dois times abusavam das ligações diretas, as principais chances eram criadas por intermédio das bolas paradas. Foi assim que, aos 10 minutos, o Bragantino quase abriu o placar com Mateus Peixoto, que isolou a sobra dada pelo goleiro no rebote após cruzamento.

Aos poucos, o time da casa conseguiu por a bola no chão e trocar boas sequências de passes, enquanto o Operário seguia com a marcação bem postada, mas com muitas dificuldades para criar chances de gol. Tanto que foi o Bragantino que chegou novamente, dessa vez aos 22 minutos. Rafael Chorão lançou Mateus Peixoto, que soltou uma bomba para grande defesa de Simão.

O segundo tempo seguiu a mesma dinâmica da primeira etapa, com os dois times criando muito pouco ofensivamente e abusando nas faltas, principalmente no setor de meio-campo. A primeira oportunidade mais efetiva foi novamente com o time da casa, aos 28 minutos. Buiú cruzou na área tentando encontrar Gustavo, mas o goleiro do Operário saiu bem do gol.

Aos 33, o time do interior paulista chegou novamente, mas mais uma vez pecou no arremate. Marquinhos passou por dois marcadores do Operário e arriscou, mas sem direção. Na reta final, o time paranaense recuou ainda mais para manter ao menos o empate e conseguiu conter as investidas do Bragantino.


Fonte:Gazeta Esportiva

30 agosto 2018

Danilo Báia está em mais uma semifinal com o Operário Ferroviário

O time de Ponta Grossa levantou a taça da Série D no ano passada e da Segunda Divisão Paranaense na atual temporada.


Foto: José Tramontin/OFEC
O lateral-direito Danilo Báia é um dos remanescentes dos últimos títulos do Fantasma. Caso levante a taça da Série C, Danilo Báia e o OFEC terá em seu histórico três acessos e três títulos em menos de dois anos.

"Eu só tenho a agradecer a Deus por me presentear com essa temporada. Até aqui maravilhosa, com acessos e títulos! Estou muitos feliz, espero se Deus quiser conquistar o título da Série C, que seria algo fantástico para o clube, para minha carreira e para o nosso torcedor que merece muito", disse Danilo Báia, lateral-direito do Operário Ferroviário.

O Operário Ferroviário está na Série B do Campeonato Brasileiro 2019. O alvinegro venceu o Santa Cruz por 3 a 0, na tarde do último domingo (26), no Estádio Germano Krüger. A partida foi válida pela volta das quartas de final da Série C. O Fantasma perdeu o primeiro jogo por 1 a 0, mas venceu no placar agregado por 3 a 1.

O alvinegro abriu o placar aos 22 minutos da primeira etapa. Após cruzamento de Cleyton, Sosa recebeu e tocou para Alisson chutar forte no canto direito do goleiro. A vantagem foi ampliada na segunda etapa. Aos 28 minutos, Léo cruzou e Schumacher marcou o dele. Seis minutos depois, Dione recebeu na área, balançou as redes e decretou a vitória e o acesso do Operário.

"Sobre a partida sensacional. Fizemos uma grande partida, precisávamos do resultados. Conseguimos neutralizar o que Santa Cruz tinha de bom que era o contra ataque, a partir daí impomos a nossa intensidade que em casa é muito forte, criamos às oportunidades e fomos felizes nas execuções transformando gols", finalizou Danilo Báia.

O OFEC enfrentara o Bragantino em Bragança neste sábado. O jogo de volta é no Germano Krüger, no domingo dia 9.
 
Back To Top