Atividade Esporte News: Brasileiro Série D
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Brasileiro Série D. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasileiro Série D. Mostrar todas as postagens

05 maio 2018

Em jogo de um tempo só, América para no goleiro do Belo Jardim e equipes empatam sem gols

Foto:Divulgação
Numa partida morna e com apenas um tempo de emoções, Belo Jardim e América Futebol Clube empataram sem gols no Estádio José Bezerra de Mendonça (Sesc Mendonção) e perderam a oportunidade de somar três pontos e ganhar posições no grupo A6. Com o resultado, o América segue na liderança da chave, com cinco pontos conquistados em três jogos. Já o Belo Jardim chega ao terceiro empate e segue na vice-liderança. Guarani de Juazeiro e Imperatriz jogam amanhã às 16h no complemento da rodada.

Na próxima rodada, pernambucanos e potiguares voltam a se enfrentar pela quarta rodada da Série D, desta vez, na Arena das Dunas, em Natal.

 O JOGO

Os quarenta e cinco minutos iniciais entre Belo Jardim e América de Natal foram movimentados no estádio José Bezerra Mendonça (Mendonção), em Belo Jardim, Pernambuco.  Mesmo com um gramado em péssimas condições de jogo e ainda sofrendo com o desentrosamento da equipe, foi o América quem deu as cartas na etapa inicial.

Na busca pelo resultado que poderia encaminhar a classificação do clube potiguar à próxima fase, o América foi pra cima e não tomou conhecimento dos donos da casa. O Alvirrubro se aproveitou da fragilidade defensiva do Belo Jardim e chegou em diversas ocasiões à meta adversária, mas não conseguiu converter as oportunidades em gol.

O grande destaque da etapa inicial foi sem dúvida o goleiro Evandrizio, do Belo Jardim. Com pelo menos três boas intervenções, ele garantiu o empate nos quarenta e cinco minutos iniciais e garantiu uma sobrevida para os donos da casa na volta do intervalo.  Numa trama americana pela esquerda, Flávio Carioca recebeu praticamente na pequena área e mandou um chute a queima-roupa, mas o arqueiro estava atento.

Já o Belo Jardim praticamente apenas assistiu os visitantes jogarem e não criou nenhuma situação de perigo para o goleiro Fred, do América. Acuados em seu sistema defensivo e na busca por um contragolpe, os donos da casa esbarravam no seu sistema de criação e na intensidade americana, que obrigava os donos da casa a jogarem no seu campo de defesa.

MESMO COM UM HOMEM A MAIS, AMÉRICA NÃO CRIA E LEVA SUSTO NO FINAL 

Em virtude da tamanha superioridade na etapa inicial, era esperado que o América mantivesse o ritmo e conseguisse, enfim, furar o bloqueio do goleiro Evandrizio. No entanto, o que se viu foi um time completamente diferente dos primeiros quarenta e cinco minutos, sem causar grandes perigos ao arqueiro do clube pernambucano.

Tanto que quem chegou no começo do segundo tempo foi o Belo Jardim, numa trama feita entre os meias Tarcísio e Jean, este último bateu de primeira e a bola passou perto do gol americano. Fred apenas observou. Poucos minutos depois, o América ganharia uma vantagem ante o adversário: Flávio Carioca iria invadir a área e teria grandes chances de marcar, mas o defensor Vandinho puxou o atacante rubro e foi expulso. Na falta, Rodney cobrou na barreira.

O restante do jogo se limitou a ambas as equipes alternando no tocante a volume de jogo, mas sem criar reais oportunidades de gol. Os passes eram errados aos montes e nem as mudanças promovidas por ambos os treinadores surtiram efeito no sistema de criação do Belo Jardim e do América, este último, que não soube aproveitar os mais de 30 minutos com um homem a mais no campo de jogo.

O empate não era bom para os dois e por pouco os donos da casa não remediaram o prejuízo: aos quarenta e sete do segundo tempo, Raniel invadiu a área, driblou o goleiro Fred e mandou para o gol, com Negretti salvando em cima da linha e garantindo o ponto do América na volta à Natal.

Com o resultado, o jogo da próxima semana na Arena das Dunas entre as mesmas equipes ganha contornos decisivos, com o América precisando vencer em casa para se garantir na próxima fase e o Belo Jardim precisando do resultado positivo para manter vivas as chances de se classificar no grupo A6.

FICHA TÉCNICA

BELO JARDIM:

Evandrizio; Arlan Barros, Oseas, Jader, Evandro (Raniel), Vandinho, Vitor, Douglas, Jean (Bruno), Tarcísio e Thalisson (Vanderson). Técnico: Pedro Manta

AMÉRICA: Fred; Negretti, Gullitti, Jadson (Murici), Rodney, Danilo, Sapé; Adriano Pardal (Van Van), Wandinho (Luiz Fernando) e Flávio Carioca. Técnico: Ney da Matta.


ÁRBITRO

: Diego da Silva Castro - PI (CBF)
LOCAL

: Estádio José Bezerra Mendonça (SESC/Mendonção), Belo Jardim/Pernambuco.

PÚBLICO E RENDA:

724 presentes; R$ 7.210,00


Fonte:Tribuna do Norte

Com quatro gols de Lima, Brusque vira e massacra o Mogi Mirim na Série D

Atacante dá show, catarinenses deslancham no segundo tempo e assume liderança do Grupo 17; já Sapo sofre a terceira derrota em três partidas

(Foto: Diego Ortiz)
Brusque reforçou a fama do Mogi Mirim de "saco de pancadas" na Série D do Brasileiro ao golear por 5 a 1, na tarde deste sábado, em Águas de Lindóia, pela terceira rodada do Grupo 17.

O Sapo até saiu na frente, com Americano, de pênalti, ainda no primeiro tempo, mas os catarinenses contaram com uma atuação inspirada de Lima para virar. O atacante fez quatro gols. Eliomar também marcou para os visitantes.

Apesar do placar elástico, o Brusque só deslanchou no segundo tempo, tanto que os times foram para o intervalo empatados. Com o resultado, o Brusque chegou aos seis pontos e assumiu provisoriamente a liderança da chave. São José, com seis, e Prudentópolis, com três, entram em campo no domingo, na casa dos paranaenses.

Já o Mogi sofreu a sua terceira derrota em três jogos e amarga a lanterna isolada, sem perspectiva de recuperação, já que passa por uma grave crise financeira e administrativa. Os times voltam a se enfrentar no próximo domingo, mas com mando do Brusque.

Fonte:Globo Esporte

04 maio 2018

Brasiliense goleia Corumbaense e lidera Grupo A10 da Série D

Ailton Ferraz deve dormir sorrindo. Na noite desta sexta-feira (4/5), o técnico tirou Peninha do banco no início do segundo tempo. Em 35 minutos em campo, o meia marcou três vezes na goleada por 4 x 0 sobre o Corumbaense-MS, pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Além de levar o Brasiliense à liderança provisória do Grupo A10, com seis pontos, Peninha calou os críticos. O meia tem sido um dos atletas mais criticados do elenco. "Futebol é assim. Criticam Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo. Quem sou eu?", minimizou.

Ferraz fez consideráveis alterações no time titular. O lateral-direito Patrick voltou à posição, assim como o zagueiro Preto Costa e o meia Souza. Erick Flores também começou em campo. Ferraz promoveu, ainda, a estreia do atacante Tartá.
O camisa 7, no início, tentava buscar a bola no meio de campo. Esse posicionamento, inclusive, levou o Brasiliense a atacar, principalmente pelo lado esquerdo. E nasceu daí o gol do primeiro tempo.

Aos 29 minutos, Romarinho correu até a ponta esquerda e cruzou. A bola passou por Nunes e Tartá tentou uma vez. Ela bateu no travessão. Na volta, o atacante completou e pôs o Jacaré à frente.

Inspirado
No início do segundo tempo, Ailton Ferraz precisou fazer uma substituição e inflamou os torcedores do Brasiliense. Souza sentiu lesão na coxa, da qual havia acabado de se recuperar, e foi retirado de maca. Peninha, bastante contestado pela torcida, entrou.
Ele precisou de oito minutos para provocar sentimento dúbio na arquibancada. Peninha calou os críticos, mas eles também "tiveram" de comemorar o gol do meia. Aos 18, o camisa 15 recebeu no meio da grande área, desta vez em jogada pela direita. Com calma, bateu de esquerda, com curva, e acertou o canto direito de Guilherme.

Se alguém ainda queria continuar a criticar Peninha, esse desejo foi por terra aos 28. Na intermediária, ele percebeu o goleiro do Corumbaense adiantado e, mais uma vez de pé esquerdo, encobriu Guilherme para fazer o terceiro do Brasiliense.

Não satisfeito, aos 43, Peninha usou a cavadinha para superar mais uma vez o goleiro corumbaense. "Temos sido muito cobrados. Mas vamos compensar isso com nosso trabalho", prometeu Peninha.

O Jacaré volta a atuar pela Série D no dia 12, contra o mesmo Corumbaense, desta vez em Corumbá (MS).

BRASILIENSE (4)
Edmar Sucuri; Patrick, Lúcio, Preto Costa e Wellington Saci; Aldo, Souza (Peninha) e Erick Flores (Gabriel); Tartá (Luquinhas), Romarinho e Nunes
Técnico: Ailton Ferraz

CORUMBAENSE-MS (0)
Guilherme; Robinho, Milañez, Augusto e Valdinei; Cléber, Mutuca (Igor Pimentel) e Agnaldo (Adriano); Sandrinho (Jorginho), Gui Feitoza e Michel Paulista
Técnico: Robert Almeida

Gols: Tartá, aos 29 minutos do primeiro tempo; Peninha, aos 18, 28 e 43 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Erick Flores (Brasiliense); Mutuca, Sandrinho e Cléber (Corumbaense)
Árbitro: Fábio Santos de Santana (AC)
Estádio: Mané Garrincha
Público: 541 presentes
Renda: R$ 1.585

Brasiliense anuncia contratação do meia Morais, ex-Bahia

Foto:Divulgação
Minutos antes do jogo contra o Corumbaense (MS), pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, o Brasiliense anunciou a contratação do meia Morais, ex-jogador de equipes como Bahia,Corinthians e Vasco.

Morais, 34 anos, começou a carreira profissional no Vasco, no início dos anos 2000. Em seguida, transferiu-se para o Atlético-PR, time pelo qual disputou 17 partidas.

Em 2008, o meia foi contratado pelo Corinthians e marcou cinco gols. Daí para frente, ele ainda passou por Bahia, Atlético-MG, Criciúma, América-RN, CRB, São Bento e Botafogo-SP. Seu último clube antes de chegar a Brasília foi o Ferroviária (SP).

Sinop vence o Aparecidense e se isola na liderança do grupo pela Série D do Brasileiro

O Sinop acaba de vencer a Aparecidense, por 1 a 0, no estádio Aníbal Toledo, em Goiânia. Com essa vitória soma mais 3 pontos e se isola na liderança do Grupo A11, com 7 pontos, na Série D do Brasileiro.

O jogo começou com mais de 5 minutos de atraso por falta de desfibrilador na ambulância. Com a bola rolando, nos primeiros minutos Cabralzinho chegou muito forte em cima de Washington e o árbitro marcou falta. Na cobrança, a Aparecidense mandou direto para o gol, mas Hítalo desviou afastando o perigo.

Aos 10 minutos, em uma bela jogada do Camaleão, Araújo recebeu cruzado de Rafael Cruz, pela direita, cabeceou, mas a bola acabou saindo.

A resposta do Sinop veio com Cajano, aos 18 minutos, tocou para Cabralzinho que arriscou de longe, bateu forte, mas a bola foi pela linha de fundo. Na sequência, Gilmar derrubou Rafael Cruz da Aparecidense reclamou com árbitro e levou amarelo.

O Sinop tentou mais um ataque com Everton, que limpou a marcação chutou cruzado.

O Galo passou a dominar a partida com velocidade, dando trabalho para a Aparecidense.  Aos 28 minutos, a bola sobrou para João Paulo que não perdoou e mandou para o fundo da rede. Sinop 1 a 0.

A Aparecidense tentou o empate em uma cobrança de falta, Ederson bateu com muita força, a bola subiu e foi para linha de fundo.

O camaleão ainda teve a oportunidade de deixar tudo igual em um contra-ataque com Araújo, que pegou mal na bola e desperdiçou.

No segundo tempo a Aparecidense voltou mais ofensiva colocando muitas bolas na área e levando perigo para o Sinop. Como na jogada com Washington, que chutou forte e a bola passou muito perto do gol de Fernando. Aos 9 minutos, de novo ele, Washington mandou uma bomba para o gol do Sinop, mas Fernando atento fez a defesa em dois tempos.

Como o Galo estava bastante fechado a Aparecidense estava arriscando de fora da área. O Sinop aproveitava os contra-ataques para tentar ampliar a vantagem. Cabralzinho desceu em velocidade pelo lado esquerdo, mas foi parado ao entrar na área.

Os dois times tiveram boas oportunidades mas não conseguiam concluir as jogadas. Aos 40 minutos, Thiago Ulisses deu pancada de longe a bola passou bem próximo do gol do Sinop. Na sequência, cabralzinho pegou a bola no meio campo, aproveitou bobeira da zaga e partiu em velocidade, mas não conseguiu passar pelo goleiro da Aparecidense.

No minutos finais o camaleão arrancou uma sequencia de escanteio, pressionou e levou perigo ao gol do Sinop, mas desperdiçou todas. Ainda teve a última chance antes do apito final, Gilvan cabeceou para fora, confirmando a vitória do time de Mato Grosso.


Fonte:SóNotícias

02 maio 2018

Brasileiro Série D: Graffite estreia pelo Tubarão

Tubarão vence Novo Hamburgo e lateral destaque do Paulistão A2 estreia pelo peixe.


Foto: Divulgação/Comunicação CA Tubarão
Nada melhor do que estrear com vitória. O lateral-direito Graffite que foi um dos destaques da Penapolense no Campeonato Paulista da Série A2 de 2018, estreou pelo Tubarão.

"Bom, entrei no final do jogo não deu pra mostrar muita coisa. O mais importante foi a vitória e a vontade de cada um dos jogadores. Eu entrei pouco tempo, mas já deu pra sentir o que é jogar no Tubarão. Um time que tem torcedores apaixonados pelo clube, e isso é muito importante", disse Graffite.

Fora de casa, pelo Grupo A16, o Tubarão mostrou que está forte na disputa da Série D. O Peixe superou o Novo Hamburgo por 1 a 0, com gol de Fio, na tarde deste domingo, chegando a seis pontos na liderança do grupo. A Ferroviária é a vice-líder, com dois pontos, e será a adversária da equipe do Sul na próxima rodada, às 16h de domingo (6), no Domingos Gonzalez, em Tubarão. O gol da vitória dos catarinenses foi marcado aos 10 minutos do segundo tempo, pelo atacante Fio. 

"Claro que é sempre a vitória. Esse campeonato não pode vacilar tem que tá pontuando. O time tá focado sabemos que não ganhamos nada ainda, vamos continuar com os pés no chão e jogar com alegria o próximo jogo em casa, tenho certeza que vai tá casa cheia e vamos da o nosso melhor independente de quem jogar", finalizou o lateral Graffite.

O Tubarão volta a campo no próximo domingo, pela 3° rodada da Série D. O Peixe recebe a Ferroviária às 16h, no estádio Domingos Gonzalez.

01 maio 2018

América-RN vence o Guarani-CE e assume a liderança, Atlético-ES empata com Americano-RJ

Adriano Pardal fez o primeiro gol para o América (Foto:Adriano Abreu)
Duas partidas fecharam a 2ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro na tarde desta terça-feira (1). Pelo Grupo A06, o América-RN bateu o Guarani de Juazeiro-CE por 2 a 1 e assumiu a liderança da chave.

Na Arena das Dunas, em Natal (RN), o América precisou de apenas 20 minutos para marcar. Rodney cobrou escanteio da direita, a bola foi desviada por Negretti e sobrou para Pardal. Livre no segundo pau, ele só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. Na etapa final, o Guarani buscou o empate na marca dos 15. Willians avançou livre, invadiu a área e foi puxado por Negretti: pênalti. Diego foi para a cobrança e deixou tudo igual. Já no apagar das luzes, aos 49 minutos, o zagueiro Jadson marcou para dar a vitória ao Mecão.

O Alvirrubro optou por uma marcação alta que deixava o time de Natal em vantagem no meio campo. A opção tática foi responsável pela primeira chance logo aos 4 minutos. Após uma roubada de bola no meio o jogador americano sofreu falta na entrada da área. Luiz Fernando cobrou bem, tentando surpreender o goleiro rival, mas André fez uma grande defesa.

Aos 21 minutos de jogo, veio o primeiro gol do América. Cobrança de escanteio ensaiada, a bola foi desviada e Adriano Pardal chegou sozinho para marcar de cabeça.

O Guarani assustou o torcedor americano apenas aos 26 minutos numa bobeira da defesa do Alvirrubro. Rodney recuou para Fred que defendeu fora da área. O árbitro marcou a falta e deu o amarelo para o goleiro. Na cobrança, Fred salvou o time potiguar.

Na volta para o segundo tempo o Guarani mudou a formação tática. De seis jogadores marcando na minha da grande área passou a deixar apenas quatro e povoou mais o meio de campo. Dessa forma, melhorou o toque de bola e passou a sair para o ataque com mais qualidade. Numa dessas jogadas, aos 13 minutos a bola foi lançada para frente e o zagueiro Negretti acabou cometendo uma penalidade infantil. Diego cobrou bem e empatou o jogo.

À partir daí o que se viu foi desespero por parte do América. O técnico Ney da Mata colocou Leozinho no lugar de Luiz Fernando e Murici na vaga de Wandinho. O time cresceu, mas não conseguia marcar.

O risco do desespero era grande e o torcedor na arquibancada mostrava a mesma tensão do time em campo. Apenas aos 49, numa cobrança de escanteio,  veio o alivio. Jadson subiu de cabeça e marcou o gol da vitória.

O América foi a quatro pontos com o resultado e assumiu a liderança do Grupo A06 da Série D. O Guarani tem apenas um e é o último colocado da chave.

Atlético-ES empata com  Americano-RJ

No José Olivio Soares, em Itapemirim (ES), Atlético-ES e Americano empataram em 0 a 0. Com este resultado, o Galo somou o primeiro ponto na competição e segue na última colocação do Grupo A13. O resultado "embolou" o grupo, pois com o empate entre Novorizontino e Uberlândia, quem tem mais pontos é o time mineiro, com quatro. O Galo da Vila é o lanterna, com apenas um ponto, enquanto que o Cano é o vice-líder, empatado com o Tigre, ambos com dois pontos ganhos. 

O time do Atlético de Itapemirim usou e abusou da bola aérea contra o Americano, principalmente aproveitando a boa altura do zagueiro Pedrão (1,92). Porém, o Galo da Vila esbarrou em dois problemas: a falta de efetividade nesse tipo de jogada, e também na boa atuação do goleiro Luiz Henrique, que fez algumas defesas, salvando o Americano de sofrer a derrota fora de casa.

No time do Americano haviam três titulares acostumados com o adversário e que inclusive já o haviam vencido no 1º semestre. O zagueiro Espinho, o lateral/meia Rafinha e o volante Vandinho foram campeões capixabas pelo Serra e agora atuam pelo Cano nesta Série D.

O empate não foi bom pra nenhum dos dois times. Com dois pontos, o Americano fica empatado com o Novorizontino em todos os critérios, na 2ª posição. E na lanterna do Grupo A13 está o Atlético-ES, com apenas um ponto ganho.

O Atlético-ES volta a campo no próximo sábado, às 19h30, quando encara o Novorizontino, no Estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, São Paulo. E o Americano recebe o Uberlândia no domingo, às 15h, no Estádio Moacyrzão, em Macaé.

29 abril 2018

De virada, Real vence o Nacional-AM e lidera a chave da Série D

Foto:Jeferson
Jogo no Valerião, sem a presença da torcida, mas com vontade do elenco do Furacão de fazer bonito em casa. O Nacional abriu o placar da partida, Real deixou tudo igual e nos acréscimos, aos 46 do segundo tempo.

Mesmo sem a torcida, o Real fez bonito em casa. De virada, marcou 2 a 1 em cima do Nacional-AM. O jogo válido pelo Cameponato Brasileiro da Série D, conquistado pelo Real dá a liderança ao Furacão na competição nacional. 

Leleco, autor do gol da vitória no jogo contra o Nacional-AM, marca o segundo gol no Brasileirão e assume a liderança da competição nacional. 

Pelo Nacional quem balançou a rede foi o Siqueira, aos 13 minutos de jogo. O Real empatou no minutos seguinte, com um chute de Maycon, no contra-ataque. O da vitória e liderança saiu dos pés de Leleco, aos 46 do segundo tempo.

- Fico muito feliz com esse feito, graças a Deus por isso e dedico aos meus familiares e amigos que sempre acreditaram em mim - declara Leleco 

Manaus goleia o Macapá e se isola na liderança do grupo A1 na Série D

Foto:Raiana Barreto/Emanuel Sports
Em duelo realizado neste domingo, na capital amazonense, Gavião vence bem e chega aos seis pontos na tabela. Time amapaense sofre a sua segunda derrota na Série D do Brasileiro.
Apesar de alguns desfalques de última hora, como a saída do goleiro titular Jonathan, o Manaus mostrou que tem elenco e conseguiu a sua segunda vitória na Série D do Brasileiro. Em duelo realizado neste domingo, às 16h, no estádio da Colina, na capital amazonense, goleou o Macapá por 5 a 2. Os gols do triunfo foram marcados por Panda, Paulão, Cleitinho e Wander duas vezes. O time amapaense descontou com Neto e Daelson.

Com o resultado, o Manaus chega aos seis pontos e assume de forma isolada a liderança do grupo A1 da Série D. A equipe abre dois pontos de diferença de dois pontos para o Rio Branco-AC, que empatou contra o Baré-RR. Já o Macapá, ainda não pontuou. Na próxima rodada o time amazonense joga contra Rio Branco, fora de casa, e o amapaense recebe em casa o Baré.

O Manaus não demorou para mostrar superioridade e, logo aos quatro minutos, Panda recebeu lançamento açucarado de Negueba, cortou o zagueiro e bateu de direita para abrir a contagem: 1 a 0. Com um elenco muito mais técnico, o Gavião não recuou. Aos 16, em novo passe de Negueba, dessa vez em cobrança de escanteio, Paulão subiu mais alto que todo mundo e marcou o primeiro dele com a camisa do clube, o segundo na partida. A partida, então, sofreu uma queda de intensidade. O Manaus passou a controlar a posse de bola e deixou o adversário correr atrás. Aos 32, então, Nena achou passe milimétrico para Cleitinho, que só deslocou o goleiro Deco. Antes do apito parcial, Neto ainda cobrou falta magistral e diminuiu o placar para 3 a 1.

O Gavião imprimiu a mesma pegada forte no início do segundo tempo, tanto que precisou apenas de seis minutos para ampliar: Negueba, em tarde inspirada, achou Wander livre quase dentro da pequena área, que só ampliou. O Macapá, depois, teve duas chances de diminuir, com Rato e Daelson, respectivamente, mas desperdiçou ambas. O próprio Gavião teve chance de aumentar, com Rossini e Negueba, mas foi novamente com Wander que marcou o quinto, aos 24. Panda roubou a bola no meio, lançou Niçácio, que esperou a passagem de Rossini para tocar em profundidade. O camisa 10 mandou ma cabeça de Wander, que tirou de Deco. Cinco minutos depois, Macapá diminuiu. Daelson recebeu passe da esquerda e chutou cruzado, sem chances para Milton. Nos ultimos minutos, o Gavião manteve a posse de bola e esperou o apito final.


Fonte:Globo Esporte


Jacuipense empata com ASA em Alagoas pelo Brasileirão da Série D

O Leão do Sisal tem a mesma pontuação do ASA, porém, por ter feito um gol a mais lhe garante a segunda colocação.

Foto: arquivo Raimundo Mascarenhas
O Esporte Clube Jacuipense depois de estrear em casa no domingo passado (22) empatando em 1 a 1 com o Central de Caruaru-PE, voltou a campo neste domingo, 29, para enfrentar a Agremiação Sportiva Arapiraquense, mais conhecido como ASA de Arapiraca e novamente a partida terminou no empate em 1 a 1.

Primeiro tempo

O ASA esbarrou na forte marcação do Jacuipense. Fechado, o time baiano enervou o adversário e foi mortal quando criou a melhor oportunidade, aos 37 minutos. Vicente recebeu na entrada da área e acertou um chutaço: 1 a 0. Depois, o Alvinegro continuou tendo dificuldades ofensivas e não levou perigo ao time baiano.

Segundo tempo

A etapa final foi mais animada. Ligados, os times pelo menos criaram chances. A primeira foi de Eudair, que parou numa boa defesa do goleiro do ASA. Aos 12, mais perigo para o Leão. Paulo Sobrinho acertou um chute forte e assustou a torcida alvinegra.

O ASA respondeu num cruzamento venenoso de Juninho. Nona passou pela bola. Juninho, outra vez, quase deixou tudo igual numa bomba de longe. Jordan espalmou. Depois, aos 21, o empate. Jeanderson cobrou falta e Wesley desviou para a rede do Jacuipense. Aos 29, Jordan ainda salvou o Leão. Peixoto bateu de dentro da área e, após desvio na zaga, o goleiro do time baiano foi buscar.

O Jacuipense fez mais um gol que o ASA na Série D e, por isso, é o segundo colocado da chave A7, com dois pontos. O Sergipe lidera, com quatro, e o Central é o lanterna do grupo, com um ponto.

O próximo desafio do Leão do sisal é contra o Sergipe fora de casa.

As outras duas equipes baianas na série D são Fluminense de Feira e Vitória da Conquista. Ambas também entraram em campo neste domingo. O Touro do Sertão recebeu no Joia da Princesa o Flamengo de Arco Verde e venceu o jogo por 5 a 0. Já o Vitória da Conquista jogando em Itabaiana segurava o empate, mas sofreu um gol aos 50 minutos do segundo tempo.


Fonte:Calila Noticias

Vitória da Conquista é castigado aos 50 minutos e perde para o Itabaiana

Foto:Divulgação
O Vitória da Conquista estava arrancando um empate precioso do Itabaiana, na tarde deste domingo, no Estádio Etelvino Mendonça, em Sergipe. Porém, aos 50 minutos, o BODE foi castigado com gol da equipe mandante que garantiu o triunfo emocionante definitivamente no último suspiro e lance do jogo. Na estreia, o ECPP já havia empatado em 0x0 com o Treze no Lomanto Júnior.

Após finalização da 2ª rodada, o Itaiabana é o único com 100% no Grupo A09, líder com 6 pontos, seguido por Treze-PB com 4. O Vitória da Conquista aparece em 3º, com 2 pontos, à frente apenas do Santa Rita-AL – ainda sem pontuar.

O Bode volta à campo no próximo dia 7 de maio, uma segunda-feira, para enfrentar o Santa Rita, às 20 horas, no estádio Lomanto Júnior.

O confronto marcou o reencontro do técnico Washington “Coração Valente” com o Vitória da Conquista, time onde iniciou a carreira como treinador no início do ano, comandando a equipe no Campeonato Baiano, mas deixando a equipe meses depois após uma sequência de resultados ruins.

O JOGO

O minutos iniciais foram de muita marcação, e pouca criação. Os dois times tiveram muitas dificuldades e o primeiro tempo, bastante truncado, caminhava para terminar sem gols, porém, o Itabaiana achou um pênalti no último minuto, convertido com categoria por Alex Galo, aos 49 minutos, cobrando com cavadinha, sem chances para o goleiro Fernando.

No segundo tempo, o Itabaiana chamou o Vitória da Conquista para seu campo de defesa e explorou os contra-ataques, encontrou até mais espaço para jogar e criou algumas chances interessantes. Porém, o ditado “quem não faz, toma” acabou prevalecendo e o BODE mesmo se apresentar um futebol vistoso, arrancou o empate com Kaká anotando aos 34 minutos.

Porém, no último minuto, em cobrança de escanteio, Juninho cruza na área e Eduardo cabeceia no centro do gol, garantindo a vitória do Tremendão em partida emocionante.

A competição – que teve início no dia 21 de abril – tem 68 clubes disputando o torneio onde os quatro melhores sobem para a Série C de 2018. Na primeira fase serão 17 grupos de 4  clubes cada, de se classificam os campeões de cada chave e mais os 15 melhores segundos colocados. A partir de então a competição para a ser eliminatória com jogos de mata-mata. Será necessário chegar até a fase semifinal para conquistar o acesso.


Fonte:Futebol Bahiano

Moto Club vence o Sparta-TO e segue com 100% de aproveitamento na Série D

Foto:Divulgação/Moto Club
O Moto Club segue com 100% de aproveitamento nas disputas do Grupo A5 do Campeonato Brasileiro da Série D. Jogando neste domingo (29), no estádio Nhozinho Santos em São Luís-MA, a equipe Rubro Negra enfrentou o Sparta-TO e venceu pelo placar de 1×0.

O gol da vitória do Rubro Negro Maranhense, foi marcado por Wanderson aos 44 minutos do primeiro tempo.

“ Nossa equipe sabe que os jogos da Série D são bastante difíceis, o importante foi que conseguimos os três pontos e pensar a partir de agora no jogo do próximo final de semana em casa, contra a equipe do Altos ”. Destacou Luis Felipe.

Após a realização da segunda rodada, o Moto Club segue na liderança do Grupo com seis pontos, em segundo lugar o Altos-PI com quatro, em terceiro lugar o Sparta-TO com um ponto e na última colocação o Assu-RN, com nenhum ponto conquistado.

O próximo compromisso do Moto Club será no domingo (6) contra a equipe do Altos-PI no estádio Nhozinho Santos, enquanto o Sparta-TO no mesmo dia, enfrenta o Assu-RN fora de casa.

No outro jogo do Grupo A5, o Alto-PI derrotou o Assu-RN pelo placar de 1×0. O gol da vitória do Altos, foi marcado por Américo aos 42 minutos do segundo tempo.

Fluminense de Feira se reabilita e golea o Flamengo\PE no Joia da Princesa

O tricolor feirense não tomou conhecimento do Flamengo\PE e aplicou uma goleada de 5 x 0 Foto:Cristiano Alves - Ascom Fluminense de Feira
O Fluminense se reabilitou em grande estilo no Campeonato Brasileiro da Série D. Jogando esta tarde no Estádio Joia da Princesa, o tricolor feirense não tomou conhecimento do Flamengo\PE e aplicou uma goleada de 5 x 0 com dois gols de Jailson, Maranhão, Deysinho e Bambam. O time agora é o segundo colocado da chave com três pontos e um saldo positivo de quatro gols. 
 
Desde os primeiros minutos, o Fluminense se mostrou superior ocupando espaços, sufocando o adversário criando muitas oportunidades de marcar o gol. O time pernambucano só foi uma vez a frente, por volta dos 29 muitos quando o atacante Everton, que ganhou na corrida da zaga, mas o goleiro Andrey chegou bem na jogada evitando o perigo. 
Um minuto depois, numa rápida jogada de Deysinho, a bola chegou para Maranhão que de fora da praça mandou um chute forte vencendo o goleiro Henrique que nada pôde fazer. O Touro seguiu em cima do Flamengo e o segundo gol surgiu aos 39 minutos numa jogada individual de Jailson. O atleta ganhou uma bola na direita foi quase na linha de fundo e sem ângulo chutou fazendo um bonito gol.  O tricolor feirense continuou perdendo muitas oportunidades, mas terminou vencendo por 2 x 0 o primeiro tempo. 
 
Veio o segundo tempo o Flamengo\PE até buscou sair para o jogo, mas o Touro do Sertão logo retomou as ações do jogo e voltou a balançar as redes aos 12 minutos, com Deysinho que escorou de cabeça o bom cruzamento de João Carlos. O time continuou em cima e o quarto gol surgiu aos 22 minutos  com Jailson: numa jogada individual recebeu a bola e de chapa mandou no canto do goleiro Henrique. O Fluminense continuou em cima e o quinto gol surgiu aos 33 minutos com Bambam, que entrou minutos antes no lugar de Deysinho. Ele aproveitou mais uma boa jogada de Jailson, que cruzou e o atacante tocou para o fundo das redes. 
 
O Fluminense seguiu em cima, teve outras oportunidades, mas a partida terminou 5 x 0. O Fluminense volta a campo no próximo sábado (5), quando vai a Murici\AL jogador no Estádio José Gomes da Costa, diante do Murici, que é o lanterna da chave, sem nenhum ponto conquistado e com duas derrota na Série D.  

Fluminense x Flamengo\PE
Local – Estádio Alberto Oliveira (Joia da Princesa)
Horário – 16 horas.

Gols – Maranhão (Fluminense – 30\1º tempo), Jailson (Fluminense 39\1º tempo); Deysinho (Fluminense – 12 min\2º tempo); Jailson (Fluminense – 22 min\2º tempo); Bambam (33min\2º tempo)

Arbitragem - Ranilton Oliveira de Sousa - MA (CBF), auxiliado por Carlos André Pereira Sousa - MA (CBF) e Antônio Fernando de Sousa Santos - MA (CBF). 

Fluminense – Andrey; João Carlos, Marcelo, Rafael e Roger; Diego Aragão (Adrian), Mourelândia, Jailson e Deysinho (Bambam); Maranhão (Edson) e Levi.
Técnico – Evandro Guimarães. 

Flamengo\PE – Henrique; Marcelo, Afal, Junião e Jorge; Naldinho, Aruá (Vagner Rosa), Hebert e Bibi, Everton (Willames) e Jonathas (Tulio).
Técnico – Javier Diaz. 

Treze atropela Santa Rita-AL no PV e vence a primeira na Série D

Fotos: Ascom / Treze FC
Depois de 47 dias sem vencer,  Treze quase não teve trabalho para passar pelo Santa Rita-AL na tarde deste domingo (29), no estadio Presidente Vargas, em Campina Grande, e assumir a liderança do Grupo 9 da Série D do Campeonato Brasileiro.

O capitão Marcelinho Paraíba, Wesley (contra), Mawxell Samurai e o estreante Watson anotaram os gols do Galo, que chegou aos quatro pontos, permanecendo na segunda colocação da chave.

No outro jogo do grupo, o Itabaiana venceu o Vitória da Conquista por 2 a 1, com gol da vitória marcado aos 50 minutos do segundo tempo, e segue na ponta. A tendência é que o Galo e o Tremendão sergipano avancem para o mata-mata.

A equipe alvinegra volta a campo pela quarta divisão no próximo domingo justamente contra o Itabaiana. Até o momento a partida está marcada para as 16h, no Amigão.

Ficha técnica
Treze 4 x 0 Santa Rita
Data: 29/04/2018 – 16h
Local: Estádio Presidente Vargas / Campina Grande
Competição: Série D do Campeonato Brasileiro – Grupo 9 (2ª rodada)
Arbitragem: Nielson Nogueira Dias; José Daniel Torres de Araujo e Wagner Cabral Miranda (PE)
Gols: Marcelinho Paraíba (aos 32′ do 1ºT), Wesley (contra, aos 50′ do 1ºT), Maxwell Samurai (aos 14′ do 2ºT)
Treze: Mauro Iguatu, Alex Travassos, Ítalo, Nilson e Silva; Carlos Coppetti, Dedé, Beleu e Marcelinho Paraíba (Rayllan); Leílson e Maxwell Samurai (Leandro Love). Técnico: Flávio Araújo.
Santa Rita: Eliomar, Rafael, Wesley, Edson Veneno e Chiquinho; Carlos, Cristian, Bruninho (Tatá) e Tenório (Kiko); Joilson (Jairo) e Etinho. Técnico: Eduardo Neto.

28 abril 2018

Linense derrota o Maringá em casa e vence a primeira na Série D

Linense vence a primeira na Série D

O Linense conquistou um importante resultado na noite deste sábado, jogando dentro da sua casa, no estádio Gilbertão, na cidade de Lins. Diante da equipe do Maringá, a equipe do interior de São Paulo conseguiu uma vitória por 1 a 0 sobre os paranaenses e tornou-se a o primeiro participante do Grupo A14 do Campeonato Brasileiro da Série D a somar três pontos na atual edição do torneio.

O único gol da partida foi marcado pelo meia Rafael Tavares, aos 20 minutos do segundo tempo, dando ao Elefante a vantagem necessária para sair com a vitória. O time agora se prepara para encarar a Caldense, no próximo final de semana, mais uma vez em casa. O Maringá, por sua vez, visita o Madureira também na semana que vem, no sábado, às 15h (de Brasília), para buscar seu primeiro triunfo na competição.

Outro paulista a entrar em campo pelo torneio, o Novorizontino parecia bem perto de também assegurar seu primeiro triunfo na competição, mas vacilou no fim. Depois de abrir o placar com o ex-corintiano Jocinei, aos oito minutos do primeiro tempo, a equipe aurinegra viu o Uberlândia martelar durante todo o jogo para chegar ao empate apenas aos 43 minutos do segundo tempo, quando Thiago Amaral deixou tudo igual.

Cofira abaixo os resultados do dia na Série D:

Macaé 2 x 1 Espirito Santo
Nova Iguaçu 0 x 1 Inter de Lages
Brusque 2 x 0 Prudentópolis
Ferroviário 1 x 1 4 de Julho
Murici AL 1 x 4 Campinense
Corumbaense 2 x 1 Dom Bosco
Linense 1 x 0 Maringá
Novorizontino 1 x 1 Uberlândia

Fonte:Gazeta Esportiva

Ferroviário cede empate para 4 de Julho na estreia em casa pela Série D

(Foto: Brenno Rebouças / O POVO)
Não foi como o torcedor coral queria. A estreia do Ferroviário em casa na Série D do Brasileiro terminou com empate em 1 a 1 diante do 4 de Julho e frustrou a expectativa do Tubarão de terminar a rodada como líder do grupo 4. Apesar de ruim, o resultado fez o time da Barra do Ceará ganhar uma posição e assumir a vice-liderança, pelo menos temporariamente.

O Ferroviário saiu na frente, com Luís Soares, aos 9 minutos. Ele recebeu na entrada da grande área, pela esquerda, invadiu e bateu na saída do goleiro Fábio Lima. O time coral poderia ter levado um placar bem elástico para o intervalo, já que foi superior ao 4 de Julho durante os primeiros 45 minutos. Janeudo, Leanderson, Esquerdinha e Edson Cariús tiveram chances claras de ampliar, mas desperdiçaram.

Na volta para o segundo tempo, o time comandado por Maurílio Silva voltou desligado e o 4 de Julho passou a crescer na partida. O goleiro Léo, que no primeiro tempo foi quase um mero espectador, passou a trabalhar. Era o alerta que o time piauiense não tinha jogado a toalha. Aos 26 minutos, no entanto, Juninho Quixadá foi derrubado na grande área e o árbitro marcou pênalti. Janeudo cobrou fraco e no meio do gol, facilitando a defesa de Fábio Lima.

O castigo veio na reta final do jogo. Aos 39 minutos, Vitinho quis sair jogando do campo de defesa e perdeu a bola para Ted Love, que invadiu a grande área e bateu forte, vencendo o goleiro Léo. Nos acréscimos, o mesmo jogador quase vira, em cobrança de falta, mas o goleiro do Ferroviário espalmou para fora.

O Tubarão da Barra volta a campo próximo domingo, às 16 horas, em Tocantins, contra o Interporto.


Fonte:O Povo Online

Estreante, Lima decide, e Brusque vence o Prudentópolis na Série D

Atacante de 35 anos marca duas vezes e deixa as equipes com os mesmos três pontos na tabela

 (Foto: Sidney Silva/Brusque)
O torcedor do Brusque que foi ao estádio Augusto Bauer voltou para casa feliz da vida na tarde deste sábado. Diante do Prudentópolis, em partida válida pela segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, Lima fez a estreia com a camisa do clube do Vale do Itajaí, marcou duas vezes e decretou a vitória para o time catarinense: 2 a 0.

Na etapa inicial, o camisa 9 deixou a sua marca e fez a alegria da torcida presente no estádio. No segundo tempo, ele, em cobrança de pênalti, não desperdiçou e fez o segundo. O resultado deixa Brusque e Prudentópolis com os mesmos três pontos somados na tabela.

Brusque e Prudentópolis voltam a campo no próximo domingo, dia 6 de maio, às 16h. No estádio Vail Chaves, a equipe catarinense enfrenta o Mogi Mirim. Em casa, o time paranaense vai receber o São José-RS.

Estreante marca dois, Campinense goleia Murici e assume liderança na Série D

Fotos: Jailson Colácio / Ascom – Murici FC
O Campinense não teve dificuldade para vencer o Murici por 3 a 1 na tarde deste sábado (28), no estádio José Gomes da Costa, no interior de Alagoas, e assumir a liderança do Grupo 8 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Dan, Rafael Jansen e o estreante Denilson, duas vezes, anotaram os gols da Raposa, enquanto Fabinho descontou para os donos da casa.

Esta é a terceira vitória consecutiva do Rubro-Negro após o Paraibano, sendo a segunda na quarta divisão, o que deixa o time com seis pontos e 100% de aproveitamento na competição.

Agora o Campinense volta as atenções para a Pré-Copa do Nordeste 2019. Na terça-feira (1º de maio) a Raposa encara o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela partida da volta da seletiva que vai definir o time que avança para a fase de grupos do torneio do ano que vem.

Como venceu a ida por 1 a 0, no  Amigão, o Rubro-Negro joga pelo empate para se classificar. Qualquer vitória dos alagoanos por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. O Galo da Praia, no caso, precisa vencer por dois ou mais  gols de vantagem.

Já em relação à Série D, o Campinense volta a campo no próximo domingo (06), quando encara o Flamengo de Arcoverde, no estádio Áureo Bradley.

Ficha técnica
Murici 1 x 4 Campinense
Data: 28/04/2018 – 16h
Local: Estádio José Gomes da Costa / Murici-AL
Competição: Série D do Campeonato Brasileiro – Grupo 8 (2ª rodada)
Arbitragem: Fábio Augusto Santos Sá Júnior; Daniel Vidal Pimentel e Eric Nunes Costa (trio de Sergipe)
Gols: Dan (aos 22′ do 1ºT), Rafael Jansen (aos 21′ do 2ºT) e Denilson (aos 30′ e aos 46′ do 2ºT) para o Campinense; Fabinho (aos 5′ do 2ºT) para o Murici.
Murici-AL: Léo Murici, Joaninha, Sinval, Nicollas e Sávio; Leandro, Guêba, Marcelinho (William) e Fabinho; Tonton (Michael) e Neguinho Paraíba. Técnico: Edson Ferreira.
Campinense: Jefferson, Alex Murici, William Goiano, Rafael Jansen e Jackinha; Jorginho, Felipe Macena, Dan (Tarcísio) e Marcelinho (Thiago Potiguar); Danillo Bala e Muller Fernandes (Denilson). Técnico: Ruy Scarpino.
Fonte:Paraíba Online

Inter derrota o Nova Iguaçu fora de casa e vence a primeira na Série D

Com gol marcado por Vitor Michels, Colorado Lageano soma seus primeiros três pontos na competição


CRÉDITO: Nova Iguaçu FC / divulgação
O Inter de Lages derrotou o Nova Iguaçu por 1 a 0 na tarde deste sábado, em Nova Iguaçu (RJ), em partida válida pela segunda rodada da Série D do Brasileiro. Essa foi a primeira vitória colorada na edição 2018 da competição.

Vitor Michels marcou o gol que assegurou os três pontos. No primeiro minuto da segunda etapa, o meia colorado recebeu a bola fora da área, próximo da meia-lua, e bateu colocado, no canto esquerdo do goleiro Jefferson.

Com a vitória, o Inter soma três pontos e embola a classificação no grupo A15, que ainda tem o complemento deste domingo com o confronto entre Caxias e Mirassol. Ambas as equipes venceram na primeira rodada.

O próximo compromisso do Inter será na próxima segunda-feira, em casa, contra o Mirassol. A partida será às 20h30.

NOVA IGUAÇU 0 x 1 INTER

NOVA IGUAÇU: Jefferson, Wallace, Gonçalves, Murilo Henrique e Lucas; Iuri Pimentel, Caio Cezar, Walber (Robinho) e Julinho; Jean (Wescley) e Ailton (Dieguinho). Técnico: Marcus Alexandre

INTER: Eder, Kellyton, Fabão, Elon (Baggio) e Jeferson; Bruno, Jean, Vitor Michels e Giancarlo (Toshi); Luizinho e Alessandro (Gabriel Lagoa). Técnico: Juninho Chicchinato

Gol: Vitor Michels (1'/2T)

Público total: 327 torcedores

Renda: R$ 3.040

Macaé faz o dever de casa no Moacyrzão e derrota o Espírito Santo pela Série D

Foto:João Brito
Mesmo com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, Alvianil Praiano vence os capixabas com gols de Belarmino e Pipico. Meia Edinho, ex-jogador do Leão, desconta para os visitantes.
Na tarde deste sábado, o Macaé recebeu o Espírito Santo pela segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro e venceu pelo placar de 2 a 1. Todos os gols da partida aconteceram no primeiro tempo. Aos 12, Belarmino acertou um chutaço de dentro da área e abriu o placar. Aos 48, Edinho, ex-jogador do Alvianil Praiano, empatou de falta. Dois minutos depois, a zaga capixaba vacilou e cometeu pênalti em Pipico. Ele mesmo cobrou e deu números finais ao duelo. Detalhe que o Macaé jogou praticamente o segundo tempo inteiro com um a menos, já que o lateral Murilo foi expulso.

Com a vitória, o Macaé assume a liderança do Grupo A12 provisoriamente com quatro pontos. Já o Espírito Santo fica na lanterna com um ponto somado.

No próximo sábado, o Espírito Santo recebe o Itumbiara no Estádio Kléber Andrade. Já no domingo, o Macaé visita o URT no Estádio Zama Maciel.
 
Back To Top