Atividade Esporte News: Rali dos Sertões
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Rali dos Sertões. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rali dos Sertões. Mostrar todas as postagens

25 agosto 2018

Rally dos Sertões consagra campeões inéditos na chegada a Fortaleza

Prova teve a última especial da 26ª edição realizada entre Juazeiro do Norte e a capital cearense neste sábado, e conheceu novos campeões nas motos, UTVs e quadriciclos


Crédito: Gustavo Epifânio/Fotop/Vipcomm
O Rally dos Sertões conheceu neste sábado (25) os vencedores de sua 26ª edição, após a chegada da caravana a Fortaleza (CE), após uma especial de 200 quilômetros que saiu de Juazeiro do Norte (CE), completando um percurso de 3.607 quilômetros percorridos ao longo de sete dias. Tunico Maciel, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, Enrico Amarante e Breno Rezende, e Wescley Dutra garantiram os títulos das categorias motos, carros, UTVs e quadriciclos, respectivamente.

A última especial desta edição do Rally dos Sertões contou com 200 quilômetros entre Juazeiro do Norte e a capital cearense, e foi das mais duras. Alexandre Campos, piloto das motos, sofreu uma queda, enquanto Leonardo Beleza e Breno Ferreira tiveram a quebra do cubo de roda do UTV que conduziam. Nos carros, Thiago Rizzo e Léo Magalhães, Luiz Facco e Humberto Ribeiro, Jorge Wagenfuhr e Alison Pedroso e Lucas Teixeira e Rafael Dias também enfrentaram problemas.

Nas motos, Tunico Maciel conquistou o título depois de vencer três dos sete estágios do rali para somar 27h24min40s, garantindo a vitória com 31min37s de frente para Ricardo Martins, o segundo colocado. Gregório Caselani finalizou a prova na terceira posição, e foi seguido por Mário Marchiori. O grupo dos cinco melhores do Rally dos Sertões ainda contou com Túlio Malta.

A especial contou com vitória de Jean Azevedo, que fechou o percurso do dia em 3h12min43s, 29 segundos à frente de Tunico Maciel, segundo colocado no estágio. Ricardo Maciel foi o terceiro, chegando logo à frente de Gregório Caselani. O grupo dos cinco melhores na especial que chegou a capital cearense ainda contou com Mário Marchiori.

Cristian Baumgart e Beco Andreotti entraram para a história do Rally dos Sertões ao conquistarem o terceiro título seguido nos carros, algo inédito na categoria e que acontece apenas pela segunda vez na história da prova. A dupla completou o rali em 21h51min31s, superando os vice-campeões Sylvio de Barros e Rafael Capoani em 7min58s. Rafael Cassol e Lélio Júnior ficaram com a terceira posição, logo à frente de Marcos Baumgart e Kleber Cincea, e Fernando Álvares e Juan Monasterolo.

Na especial deste sábado, a vitória ficou com Sylvio de Barros e Rafael Capoani, que completaram os 200 quilômetros de trecho cronometrado em 2h46min55s, tempo 41 segundos melhor em relação ao dos segundos colocados, Gareth Woolridge e Marcelo Haseyama. Marcos Baumgart e Kleber Cincea ficaram com a terceira posição, seguidos por Fernando Álvares e Juan Monasterolo. O grupo dos cinco melhores ainda teve os campeões Cristian Baumgart e Beco Andreotti.

Enrico Amarante e Breno Rezende conquistaram o título nos UTVs. A dupla só tomou a liderança da prova na sexta especial, e venceu o Sertões com um tempo de 28h03min21s, tempo apenas 4min10s melhor que o obtido pelos vice-campeões Denísio Nascimento e Idali Bosse. Gabriel Cestari e Jhonatan Ardigo fecharam a prova em terceiro, logo à frente de Edu Piano e Solon Mendes. Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser fecharam o top-5.

A especial do dia foi vencida por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que completaram o percurso em 3h08min44s, marca 3min17s mais rápida que a da dupla segunda colocada, Gabriel Varela e Eduardo Shiga. Enrico Amarante e Breno Rezende ficaram com a terceira colocação, e foram seguidos por Henrique Gutiérrez e André Munhoz foram os quartos. Denísio Nascimento e Idali Bosse foram os quintos.

Nos quadriciclos, o título ficou com Wescley Dutra, que assumiu a liderança na quinta especial, após quebra de George Ximenes, e venceu o Sertões com um tempo total de 35h07min04s, chegando com uma vantagem de 18min14s para o vice-campeão Giovanni Filho. George Ximenes ainda conquistou o terceiro lugar, sendo seguido por Hélio Pessoa, Cival Alves e Geison Belmont.

Dutra venceu também a última especial da prova, ao completar a especial deste sábado em 3h46min35s, marca 2min21s melhor que a do segundo colocado George Ximenes. Giovanni Filho foi o terceiro, enquanto Hélio Pessoa acabou na quarta posição. O grupo dos seis melhores ainda contou com Geison Belmont e Cival Alves.

Ainda neste sábado acontece a chegada do Rally dos Sertões, em evento que será realizado em Fortaleza (CE). Os competidores chegarão na rampa montada no aterro da Praia de Iracema, e serão recepcionados pelo público.

O Rally dos Sertões é organizado pela Dunas Race e tem patrocínio da Mitsubishi Motors, Honda, Divino Fogão e Caixa. Apoio institucional: Detran Goiás, Estado de Goiás, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Prefeitura de Fortaleza e Conselho Nacional do SESI. Apoio: Cartões ELO, Fox Sports, Truckvan, S.A.S. Brasil, Infraero, Vigor, Fotop, Arco Media, 99 e Jovem Pan Goiânia e Fortaleza.

24 agosto 2018

Rally dos Sertões chega ao Ceará e encerra 26ª edição neste sábado

(Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotop/Divulgação)
O Rally dos Sertões chegou ao Ceará nesta sexta-feira, após completar a sexta de suas sete especiais, que teve um percurso de 226 quilômetros cronometrados e 602 quilômetros de percurso total entre as cidades de São Raimundo Nonato, no Piauí, e Juazeiro do Norte, no Ceará. Tiago Fantozzi, nas motos, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, nos carros, Enrico Amarante e Breno Rezende, nos UTVs, e George Ximenes, nos quadriciclos, triunfaram nas especiais.

Nas motos, Tiago Fantozzi triunfou pela primeira vez em uma especial nesta sexta-feira, ao completar o percurso cronometrado em 3h01min42s, marca 1min08s melhor em relação ao segundo colocado do dia, Ricardo Martins. Tunico Maciel ficou com a terceira colocação, terminando à frente de Elias Folly na classificação deste estágio. O grupo dos cinco primeiros ainda contou com Mário Marchiori.

Após a realização de seis especiais, Tunico Maciel ponteia entre as motos, agora com um acumulado de 24h11min26s, e carrega para a especial decisiva do Sertões uma vantagem de 27min54s para Ricardo Martins, o segundo colocado. Gregório Caselani, sexto melhor da especial desta sexta-feira, aparece em terceiro, logo à frente de Mário Marchiori. O quinto colocado é Túlio Malta.

Nos carros, Cristian Baumgart e Beco Andreotti acumularam nesta sexta-feira a quarta vitória em especial desta edição ao fecharem o trajeto em 2h32min52s, marca 1min11s abaixo do tempo obtido pelos segundos colocados Marcos Baumgart e Kleber Cincea. Rafael Cassol e Lélio Júnior ficaram com a terceira posição, enquanto Sylvio de Barros e Rafael Capoani apareceram na quarta posição. O top-5 do dia ainda contou com os argentinos Fernando Álvarez e Juan Monasterolo.


(Foto: Gustavo Epifânio/Fotop/Divulgação)
Na soma de tempos das seis especiais já disputadas, Cristian Baumgart e Beco Andreotti aparecem na liderança, agora com 19h00min44s, 11min49s à frente de Sylvio de Barros e Rafael Capoani, os vice-líderes. Rafael Cassol e Lélio Júnior ocupam o terceiro lugar, sendo seguidos por Lucas Moraes e Kaíque Bentivolglio. A lista dos cinco primeiros ainda conta com Luiz Facco e Humberto Ribeiro.

Enrico Amarante e Breno Rezende foram os vencedores da especial entre os competidores dos UTVs, ao completarem os 226 quilômetros em 2h54min50s, marca apenas 39 segundos melhor em relação aos segundos colocados do dia, Edinardo Filho e Lauro Sobreira. Após enfrentarem problemas na quinta-feira, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin foram os terceiros mais rápidos, deixando Riamburgo Ximenes e Flávio França em quarto. Denísio Nascimento e Idali Bosse fecharam a lista dos cinco mais rápidos.

A vitória na especial também deu a liderança do Sertões para Enrico Amarante e Breno Rezende, que agora têm 24h51min15s acumulados, e aparecem 3min26s à frente de Denísio Nascimento e Idali Bosse, os segundos colocados. Gabriel Cestari e Jhonatan Ardigo ocupam a terceira posição na folha de classificação, e são seguidos por Edu Piano e Solon Fonseca. Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser são os quintos colocados.


 (Foto: Doni Castilho/Fotop/Divulgação)
Nos quadriciclos, a vitória do dia ficou com George Ximenes, que após enfrentar problemas na quinta-feira, triunfou pela quarta vez nesta edição do Sertoes ao fechar a especial em 3h17min49s, batendo Wescley Dutra, o segundo mais rápido, em 2min34s. Giovanni Filho foi o terceiro, terminando logo à frente de Geison Belmont. Hélio Pessoa foi o quinto colocado.

Restando uma especial, a classificação aponta Wescley Dutra na liderança com 31h20min58s. Giovanni Filho é o segundo, separado por 15min08s do primeiro colocado. George Ximenes aparece na terceira colocação, enquanto Cival Alves é o quarto melhor na folha de tempos. Geison Belmont completa o grupo dos cinco melhores desta categoria.

A especial decisiva do Rally dos Sertões será disputada neste sábado, entre as cidades de Juazeiro do Norte e Fortaleza. O percurso total é de 656 quilômetros, com uma especial de 200 quilômetros. A chegada acontecerá no aterro da Praia de Iracema, em evento aberto ao público.

A última e decisiva especial começa com um trecho de trial bem sinuoso e estreito, com muitas pedras, onde qualquer erro pode custar caro. O caminho segue sinuoso, alternando trechos de média e baixa velocidade para cruzar o sertão central. O percurso contará com muitas barragens estreitas, rios secos e a especial continua dura até o final. Com os equipamentos exigidos ao extremo, pilotos e máquinas seguirão por rodovias pavimentadas até Fortaleza, rumo à Praia de Iracema. Só aí, na rampa de chegada, serão conhecidos os vencedores desta edição.

17 agosto 2018

Rally dos Sertões começa neste sábado em Goiânia

Evento contará com as corridas classificatórias e a Super Largada para a 26ª edição da prova, uma das mais importantes do mundo


Foto: Marcelo Machado de Melo/Vipcomm
O Rally dos Sertões, uma das provas fora de estrada mais importantes do mundo, terá a abertura de sua 26ª edição neste sábado com a Corrida Classificatória, que definirá a ordem de largada para a primeira etapa, no domingo, e a Super Largada, quando todos os competidores serão apresentados ao público, um a um. O palco será o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

O Rally dos Sertões 2018 percorrerá mais de 3.600 quilômetros ao longo de sete dias, em um trajeto que passará pelos estados de Goiás, Bahia, Piauí e Ceará. A chegada está prevista para o dia 25 de agosto na Praia de Iracema, em Fortaleza (CE).

As corridas classificatórias terão início a partir das 13h, e envolverão todos os veículos que participarão da prova. As motos partirão de três em três pelo autódromo goiano, dando três voltas cada.

Para carros, UTVs e quadriciclos, os competidores vão para a pista de dois em dois. Esta etapa definirá a ordem de largada para a primeira especial do Sertões deste ano, entre as cidades de Goiânia e Formosa (GO).

“O Rally dos Sertões deste ano está com um nível técnico muito bom. A gente vai passar pelos mais diversos tipos de terrenos, com toda a dificuldade do verdadeiro cross country. Os pilotos e navegadores terão acesso a regiões de fronteiras agrícolas, regiões belíssimas que o Brasil possui”, diz Marcos Moraes, presidente da Dunas Race, empresa promotora e organizadora do Rally dos Sertões.

O Rally dos Sertões terá a largada para a primeira especial da edição deste ano no domingo (19). Os primeiros pilotos de moto começam a sair do autódromo de Goiânia às 4h, quando a caravana da prova deixará a capital de Goiás em direção a Formosa, no interior do Estado. O trecho cronometrado contará com 315 quilômetros, e os competidores percorrerão ao final do dia um total de 686 quilômetros.

Confira a programação do Rally dos Sertões:

Sábado (18/08) – Sertões Festival

Abertura do Autódromo para o público – 8h

Secretaria de provas – Mitsubishi Motorsports – 8h às 10h

Largada Mitsubishi Motorsports Light – 8h30

Sertões Food Park – a partir das 9h

Sessão de autógrafos – 10h às 11h

Posicionamento veículos de competição no Parque Fechado – 11h às 12h

Prólogo – 12h às 16h

Chegada dos participantes do Mitsubishi Motorsports e Outdoor – 14h às 15h

Premiação Mitsubishi Motorsports e Outdoor – 16h30 às 17h15

Corrida Cross Parques -16h30 às 18h

Posicionamento veículos de competição no Parque Fechado – 17h às 18h

Show Equipe Honda Força & Ação – 17h30 às 18h30

Sertões Sunset – 17h30 às 23h30

Concentração pilotos no Parque Fechado para a largada na rampa – 18h30

Super Largada Promocional no Autódromo – 19h às 23h



Domingo (19/08)

1ª Etapa

Goiânia (GO) – Formosa (GO)



Largada 1ª moto Autódromo Internacional de Goiânia – 4h30

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 13h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 20h

Briefing Carros Cross Country – 21h

Briefing Carros Regularidade  – 22h



Deslocamento Inicial – 245 km

Trecho Especial (Cronometrado) – 315 km

Deslocamento Final – 126 km

Total do dia: 686 km

Seguindo uma receita que agradou e surpreendeu a todos na edição passada, a primeira etapa será uma das mais duras e completas. A especial começa com trechos rápidos, porém, bem sinuosos com lombas e depressões em uma região montanhosa. A prova fica estreita e travada com trechos de trial e muitas pedras. Haverá travessia de seis rios.  Depois, segue travada alternando trechos de lenta com média velocidade. Nos últimos 50 quilômetros, o piso fica bem rápido e vai assim até o final da especial. Estradas de piçarra e piso pedregoso serão constantes neste dia.



Segunda (20/08)

2ª Etapa

Formosa (GO) – Posse (GO)



Largada 1ª moto Formosa – 7h35

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 13h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 19h

Briefing Carros Cross Country – 20h

Briefing Carros Regularidade  – 21h



Deslocamento Inicial – 29 km

Trecho Especial (Cronometrado) – 307 km

Deslocamento Final – 47 km

Total do dia: 383 km

O deslocamento inicial será pequeno. A especial começa rápida, mas logo após os primeiros quilômetros, os competidores seguem por estradas em fazendas, bem travadas e estreitas com muitas lombadas, pedras e erosões. Na sequência, a prova volta a ficar bem rápida, com estradas maiores, e segue assim até o final, alternando trechos de média e alta velocidade. O piso mescla estradas de piçarra, cascalho com pequenos trechos arenosos.



Terça (21/08)

3ª Etapa

Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)



Largada 1ª moto Posse – 7h25

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 12h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 19h

Briefing Carros Cross Country – 20h

Briefing Carros Regularidade  – 21h



Deslocamento Inicial – 24 km

Trecho Especial (Cronometrado) – 255 km

Deslocamento Final – 71 km

Total do dia: 350 km

Após um pequeno deslocamento, a especial começa travada e sinuosa, variando pequenos trechos de areia com piçarra. Terão muitos mata-burros. A especial fica rápida em estradas mais largas no segundo quarto. Da metade pra frente, ela volta a ficar travada, com estradas menores e alguns cruzamentos de pastagens. No último quarto da prova, após a subida da serra, os competidores entrarão em zonas agrícolas, com longas retas e altíssimas velocidades. Nos últimos cinco quilômetros, o trecho volta a ficar travado até o final.



Quarta (22/08)

4ª Etapa

Luís Eduardo Magalhães (BA) – Barra (BA) – Maratona



Largada 1ª moto Luís Eduardo Magalhães – 6h

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 13h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 19h

Briefing Carros Cross Country – 20h

Briefing Carros Regularidade  – 21h



Deslocamento Inicial – 123km

Trecho Especial (Cronometrado) – 355 km

Deslocamento Final – 0

Total do dia: 478 km

Após um deslocamento por asfalto, a especial começa em uma zona agrícola, seguindo por estradas sinuosas de média velocidade com trechos com muitas depressões. Da metade da especial em diante, a prova fica bem rápida. As areias começam a aparecer, mesclando trechos com muitas pedras, passando por veredas até a última zona de velocidade controlada chegando em Barra. Como será uma etapa maratona, os competidores terão apenas um abastecimento e colocarão os seus veículos no Parque Fechado. Os pilotos das motos, quadris e UTVs farão a manutenção sem receber nenhum apoio externo. Os carros abastecem, entram no parque fechado e só fazem a manutenção no dia seguinte antes da largada. Todos têm 30 minutos para realizar os reparos.



Quinta (23/08)

5ª Etapa

Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)



Largada 1ª moto – 7h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 12h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 20h

Briefing Carros Cross Country – 21h

Briefing Carros Regularidade  – 22h



Deslocamento Inicial – 0km

Trecho Especial (Cronometrado) – 401 km

Deslocamento Final – 45km

Total do dia: 446 km

Os pilotos seguem em zona de velocidade controlada por aproximadamente 20 quilômetros até começarem os trechos das areias de Barra. Esta especial sem dúvida será a mais técnica de toda a prova. Haverá no início um pequeno trecho de piçarra e, em seguida, mais de 200 quilômetros de areia. As motos farão dois abastecimentos nesta etapa. Após o segundo, terá uma zona de velocidade controlada até o início do último quarto da prova, onde o piso muda radicalmente. A disputa segue em trechos com piçarra, cascalho, grandes depressões, erosões grandes, muitas pedras e uma zona de trial para completar o dia. Além do condicionamento físico, a navegação será primordial.



Sexta (24/08)

6ª Etapa

São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)



Largada 1ª moto São Raimundo Nonato – 7h20

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h05

Secretaria de provas / sala de imprensa / posto médico – 13h às 21h

Briefing Motos, Quadriciclos e UTVs – 20h

Briefing Carros Cross Country – 21h

Briefing Carros Regularidade  – 22h



Deslocamento Inicial – 39 km

Trecho Especial (Cronometrado) – 226 km

Deslocamento Final – 337 km

Total do dia: 602 km

Rápida e sinuosa, a especial segue pelo sertão do Piauí cruzando rios secos com pedras e alternando estradas arenosas. No meio da prova, os competidores passarão por uma região montanhosa com grandes lajes e pedras. Mesmo com essa alternância, esta será a especial mais rápida da edição. No último quarto de prova, ela volta a ficar mais travada e sinuosa, seguindo assim até o final.



Sábado (25/08)

7ª Etapa

Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)



Largada 1ª moto Juazeiro do Norte – 6h

Largada 1ª moto especial (trecho cronometrado) – 8h30

Local da chegada em Fortaleza, premiação e encerramento

Aterro da Praia de Iracema – Das 16h às 22h30

Av. Historiador Raimundo Girão, 800 – Praia de Iracema



Deslocamento Inicial – 168 km

Trecho Especial (Cronometrado) – 200 km

Deslocamento Final – 288 km

Total do dia: 656 km

A última e decisiva especial começa com um trecho de trial bem sinuoso e estreito, com muitas pedras, onde qualquer erro pode custar caro. O caminho segue sinuoso, alternando trechos de média e baixa velocidade para cruzar o sertão central. O percurso contará com muitas barragens estreitas, rios secos e a especial continua dura até o final. Com os equipamentos exigidos ao extremo, pilotos e máquinas seguirão por rodovias pavimentadas até Fortaleza, rumo à Praia de Iracema. Só aí, na rampa de chegada, serão conhecidos os vencedores desta edição duríssima.



Total de trechos cronometrados (SS): 2.059 km

Total geral da prova: 3.601 km

*Programação sujeita à alteração



O Rally dos Sertões é organizado pela Dunas Race e tem patrocínio da Mitsubishi Motors,  Honda, Divino Fogão e Caixa. Apoio institucional: Detran Goiás, Estado de Goiás, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Prefeitura de Fortaleza e Conselho Nacional do SESI. Apoio: Cartões ELO, Fox Sports, Truckvan, S.A.S. Brasil, Infraero, Vigor, Fotop, Arco Media, 99 e Jovem Pan Goiânia e Fortaleza.

26 agosto 2017

Baumgart/Andreotti conquistam Rali dos Sertões; Jean Azevedo vence nas motos

Cristian Baumgart e Beco Andreotti foram bicampeões na categoria carros (Foto: Magnus Torquato/FOTOP)
Neste sábado, em que se teve a sétima e última etapa do Rali dos Sertões, em Aquidauana, município de Mato Grosso do Sul, alguns velhos conhecidos voltaram a figurar entre os campeões. Nos carros, Cristian Baumgart e Beco Andreotti conquistaram o bicampeonato, enquanto Jean Azevedo conquistou pela sétima vez o título das motos.
A dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti conseguiu vencer logo as duas primeiras etapas e abriu uma considerável vantagem na liderança. Após isso, eles mantiveram uma regularidade – foram três vezes terceiro colocados, uma quarto e o sexto deste sábado, e conseguiram terminar no topo.
Pelas motos, nenhuma novidade. Jean Azevedo comprovou mais uma vez sua hegemonia na categoria e conquistou o título pela sétima vez. Ele foi ganhador de quatro etapas.
Já na categoria UTV, houve uma disputa bastante acirrada. Somente no último dia de competições que Bruno Varela e João Arena ultrapassaram Lucas Barroso e Breno Rezende e foram campeões.


Fonte:Gazeta Esportiva

25 agosto 2017

Caselani vence sexta etapa do Rali dos Sertões e assume a vice-liderança das motos

Gregorio Caselani assumiu a vice-liderança geral nesta sexta-feira (Foto: Vinicius Branca/FOTOP)
A sexta e penúltima etapa da edição de 2017 do Rali dos Sertões foi realizada nesta sexta-feira. O piloto Gregorio Caselani venceu o percurso do dia, de 429.45km de distância, indo de Coxim, no Mato Grosso do Sul, até Aquidauana, no mesmo estado, e assumiu a vice-liderança na classificação geral das motos.
Com o tempo de 2h13min52s, Caselani chegou na primeira colocação do circuito e conquistou sua segunda vitória no Rali, já que havia vencido a primeira etapa. O piloto iniciará a disputa deste sábado na segunda posição geral entre a categoria, com a marca somada de 23h25min20s.
O piloto Jean Azevedo, que é o maior vencedor da categoria das motos, com seis títulos, chegou na quinta colocação, com o tempo de 2h26min04s. Azevedo permanece na liderança geral, com a marca acumulada de 21h48min54s.
Entre a categoria dos carros, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad venceram pela quarta vez seguida, terminando o percurso do dia em 2h02min52s. Entretanto, os pilotos estão apenas na sexta colocação acumulada da categoria, já que não conseguiram completar a primeira etapa. A liderança geral permanece com Cristian Baumgart e Beco Andreotti.
Na disputa dos UTVs, os vencedores desta sexta-feira foram os pilotos Lucas Barroso e Breno Rezende, que completaram o percurso em 2h11min44s. Com a vitória na etapa, a dupla assumiu a primeira posição geral na categoria, superando Bruno Varela e João Arena.
Neste sábado, os participantes disputarão a última etapa do Rali dos Sertões de 2017, que terá início na cidade de Aquidauana, até Bonito, no Mato Grosso do Sul, em um percurso de 420.78km de distância, sendo que 240.45 serão cronometrados.
Veja a classificação acumulada após seis etapas (extra oficial):
Motos
1: Jean Azevedo: 21h48min54s
2: Gregorio Caselani: 23h25min20s
3: Marco Pereira: 23h26min01s
4: Bruno Ayrton Leles: 24h02min33s
5: Clecio Maestrelli: 24h05min29s
Carros
1: Cristian Baumgart/Beco Andreotti: 18h54min12s
2: Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin: 19h10min28s
3: Alvarez Fernando/Juan Monasterolo: 20h43min22s
4: Michel Terpins/Maykel Neder Justo: 21h18min40s
5: Glauber Fontoura/Minae Miyauti: 21h48min48s
UTV
1: Lucas Barroso/Breno Rezende: 22h33min18s
2: Bruno Varela/João Arena: 22h34min42s
3: Ismar Junior/Andre Galvão de As: 23h09min39s
4: Edu Piano/Solon Mendes: 23h12min12s
5: Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira: 23h13min05s

Fonte:Gazeta Esportiva

24 agosto 2017

Jean Azevedo vence quinta etapa e assume liderança das motos

Jean Azevedo segue forte no Rali dos Sertões (Foto: Victor Eleuterio/FOTOP)
Nesta quinta-feira, foi realizada a quinta etapa da edição de 2017 do Rali dos Sertões. A disputa marcou a maior especial da prova, já que foram 438,86 quilômetros cronometrados e 666,01 no total. O destaque do dia ficou foi conta de Jean Azevedo, que é o novo líder entre as motos.
Com o tempo de 4h56min12s, Azevedo foi o mais rápido do dia e conquistou a quarta vitória seguida, já que só não venceu o primeiro dia do Rali. Com o bom desempenho recente, Jean assumiu a liderança geral entre as motos, com o tempo somado de 19h22min50s.
O ex-líder, Gregorio Castelani, não teve um bom dia e foi apenas o 40º colocado na etapa. Com isso, caiu para a terceira posição geral, sendo superado por Azevedo e por Marco Pereira, novo segundo colocado.
Entre os carros, os vencedores da etapa foram Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, que terminaram o trajeto com o tempo de 4h38min31s. Contudo, a liderança geral da categoria é de Cristian Baumgart e Beco Andreotti, quartos na etapa, com 17h08min48s somados.
Na disputa dos UTVs, os vencedores da disputa nesta quinta foram Ismar Junior e Andre Galvão, com o tempo de 5h10min10s. A segunda posição ficou com Rodrigo Varela e Idali Filho, enquanto a terceira com Bruno Varela e João Arena, que estão em primeiro na colocação geral.
Nesta sexta-feira, os participantes seguem com tudo e disputam a sexta etapa, entre Coxim e Aquidauana, ambos no Mato Grosso do Sul, último estado pelo qual os concorrentes passarão na edição de 2017 do Rali dos Sertões.
Veja a classificação acumulada após cinco etapas (extra oficial).
Motos
1: Jean Azevedo: 19h22min50s
2: Marco Pereira: 21h02min54s
3: Gregorio Caselani: 21h11min27s
4: Bruno Ayrton Leles: 21h34min09s
5: Clecio Maestrelli: 21h36min25s
Carros
1: Cristian Baumgart/Beco Andreotti: 17h08min48s
2: Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin: 17h24min14s
3: Alvarez Fernando/Juan Monasterolo: 18h35min40s
4: Michel Terpins/Maykel Neder Justo: 19h08min49s
5: Guilherme Spinelli/Youssef Haddad: 20h23min40s
UTV
1: Bruno Varela/João Arena: 20h20min54s
2: Lucas Barroso/Breno Rezende: 2021min34s
3: Ismar Junior/Andre Galvão de As: 20h50min30s
4: Edu Piano/Solon Mendes: 20h51min01s
5: Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira: 20h51min53s


Fonte:Gazeta Esportiva

23 agosto 2017

Jean Azevedo vence terceira etapa seguida no Rali dos Sertões

Jean Azevedo venceu a quarta etapa nas motos (Foto: Vinicius Branca /FOTOP)
Nesta quarta-feira foi disputada a quarta etapa da edição de 2017 do Rali dos Sertões. Nos 471,34 km, sendo 273,20 km cronometrados, entre Aruanã (GO) e Barra do Garças (MT), o vencedor entre as motos foi Jean Azevedo.
Com o tempo de 2h04min04s, Azevedo conquistou a terceira vitória seguida nas motos, mas segue na segunda colocação geral, com o tempo somado de 14h26min37s. O líder é Gregorio Caselani, segundo na quarta etapa, com 14h18min11s.
Entre os UTVs, os vencedores da etapa foram Vinicius Rosa e Gustavo Rosa, que completaram o percurso em 2h12min22s. Contudo, na classificação geral, a dupla aparece apenas em 15º.
Os líderes entre os UTVs são Lucas Barroso e Breno Rezende, que somam 14h58min50s e terminaram a quarta etapa na segunda colocação.
Nos carros, a vitória desta quarta foi para Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, com o tempo de 1h41min38s. Os concorrentes somaram o segundo triunfo consecutivo, mas são apenas os oitavos no geral. O primeiro lugar está com Cristian Baumgart e Beco Andreotti, com 12h38min07s.
Nesta quinta-feira, os participantes percorrerão a etapa mais longa. Serão 666,01 km, com 438,86 cronometrados, a maior especial da prova, entre Barra do Garças (MT) e Coxim (MS).
Veja a classificação acumulada após quatro etapas (extra oficial)
Motos
1: Gregorio Caselani: 14h18min11s
2: Jean Azevedo: 14h26min37s
3: Ricardo Martins: 14h49min10s
4: Marco Pereira: 15h26min41s
5: Mario Marchiori: 15h53min38s
Carros
1: Cristian Baumgart/Beco Andreotti: 12h38min07s
2: Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin: 12h54min09s
3: Alvarez Fernando/Juan Monasterolo: 13h48min04s
4: Michel Terpins/Maykel Neder Justo: 13h52min47s
5: Glauber Fontoura/Minae Miyauti: 14h08min36s
UTVs
1: Lucas Barroso/Breno Rezende: 14h58min50s
2: Bruno Varela/João Arena: 15h07min46s
3: Henrique Gutierrez/Andre Lucas Munhos: 15h11min26s
4: Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira: 15h24min11s
5: Edu Piano/Solon Mendes: 15h24min47s


Fonte:Gazeta Esportiva

22 agosto 2017

Barroso/Rezende e Varela/Arena assumem liderança após 3ª etapa

Terceiro dia do Rally dos Sertões mexe com a classificação dos UTV’s (Foto: Marcelo Maragni/ Fotop)
O Rally dos Sertões 2017 chegou ao seu terceiro dia nesta terça-feira, e o destaque ficou por conta da mexida na tabela de classificação geral dos UTV’S. Pelos 306 km da terceira etapa, que contempla o percurso entre Santa Terezinha de Goiás e Aruanã (GO) as duplas Lucas Barroso/Breno Rezende e Bruno Varela/João Arena assumiram as duas primeiras posições da categoria, separados por apenas 6min14s.
Varela e Arena assumiram seu lugar entre os líderes com tempo total de 12h49min03s55, após terminarem o percurso desta tarde no terceiro lugar, com tempo de  3h35min36s96. Já Barroso e Rezende chegaram à primeira posição somando 12h49min03s55, depois de fecharem o dia em segundo, com 3h34min27s99. A liderança do dia ficou com Henrique Gutierrez e André Munhoz, que encerraram o trecho em 3h33min12s11.
“A etapa de hoje foi perfeita, não tivemos nenhum problema com o nosso Maverick X3. Mesmo depois da etapa Maratona, os mecânicos não vão ter muito o que fazer, podem ir tomar banho no rio Araguaia”, brincou Bruno Varela, o caçula da ‘Família da Poeira’. Esta terça foi um dia para comemorar, já que o patriarca Reinaldo Varela e seu navegador Gustavo Gugelmin também assumiram a vice-liderança na categoria Carros, com tempo total de 10h58min52s17 depois de terminarem o dia também em segundo, em 2h54min43s69.
Nas motos e quadriciclos, o vencedor do dia, Jean Azevedo, completou o percurso em 3h16min12s99 e assumiu a vice-liderança geral (12h22min33s60). O piloto está atrás apenas de Gregorio Caselani, que decepcionou na terceira etapa, ficando no quarto lugar com 3h25min16s64, mas que se manteve na ponta parcial da tabela, com total de 12h13min33s88.
O Rally dos Sertões termina no sábado, em Bonito (MS), após 3.300 km de disputas em três Estados do Centro-Oeste.
Confira a programação restante do Rally dos Sertões 2017:
23/08 – 4ª Etapa: Aruanã (GO) a Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 102,4 km
Trecho Cronometrado – 273,20 km
Deslocamento Final – 95,68 km
Total do dia: 471,34 km
24/08 – 5ª Etapa: Barra do Garças (MT) a Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13,85 km
Trecho Cronometrado – 438,86 km
Deslocamento Final – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km
25/08 – Coxim (MS) a Aquidauana (MS): Deslocamento Inicial – 59,82 km
Trecho Cronometrado – 194,91 km
Deslocamento Final – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km
26/08 – 7ª Etapa: Aquidauana (MS) a Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 128,62 km
Trecho Cronometrado – 240,45 km
Deslocamento Final – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km


Fonte:Gazeta Esportiva
 
Back To Top