Atividade Esporte News: Selecao Brasileira
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Selecao Brasileira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Selecao Brasileira. Mostrar todas as postagens

14 novembro 2018

Paciente, Richarlison quer manter alto nível para disputar Copa América

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
Richarlison realizou o seu sonho ao defender a Seleção Brasileira pela primeira vez e agora quer conquistar títulos pelo seu país. O atacante do Everton pode ter chance de concretizar este objetivo na Copa América, que será realizada no Brasil em 2019. Para poder disputar a competição, o jogador de 21 anos destacou a importância de manter a boa forma.

No terceiro dia de preparação da Seleção Brasileira para os amistosos de novembro, o meia Arthur e o atacante Richarlison falaram com a imprensa. A coletiva com os jogadores foi realizada após o treinamento desta quarta-feira (14), no CT do Arsenal, em Londres, na Inglaterra.

“Acho que não só nos jogos, mas nos treinamentos ele (Tite) está sempre nos observando. Ele também está nos observando no clube. O importante é jogar em alto nível porque ele está olhando. Jogar na seleção é maravilhoso e quanto mais você joga, mais experiência terá e mais vai querer jogar. Com o tempo, o Tite irá colocar a gente (os mais jovens) em campo, não adianta ter pressa”, afirmou.

Eleito por uma revista na Inglaterra a melhor contratação do Campeonato Inglês na temporada, Richarlison lembrou que começou 2018/19 criticado pelo montante que gastaram para contratá-lo. Contudo, ele já caiu na graça da torcida da equipe de Liverpool e até tem uma música em sua homenagem em que os torcedores falam que o montante gasto não foi alto.

“Se você pegar, desde o América eu venho em uma evolução muito boa. Quando cheguei no Everton, muitos não acreditaram e criticaram pelo valor (gasto para me contratar). Muitos falaram muita besteira, o que nunca entrou na minha cabeça. Estou provando a todos porque fui contratado e estou dando o máximo para equipe. Tenho que agradecer meus companheiros e ao Marco Silva. Quando eles cantam (minha música) até dá mais vontade de roubar a bola e fazer o gol”.

O jovem atacante ainda agradeceu os elogios que recebeu do seu ídolo Ronaldo Fenômeno. “A primeira vez que eu vi o Ronaldo comecei a tremer. Para mim é sempre uma honra receber elogio dele. O importante é não deixar subir na cabeça. É levar esses elogios positivamente e levá-los para campo. Todos se espelham nele. Eu vejo vídeos dele antes de ir para o jogo e fico muito feliz”.

O Brasil encara os uruguaios no dia 16 de novembro, às 18h, no Emirates Stadium. Enquanto no dia 20, a Canarinho faz o último amistoso de 2018 diante da seleção de Camarões, às 17h30, no MK Stadium. 

Fonte:Gazeta Esportiva

13 novembro 2018

Marquinhos exalta Dedé e garante que pode ser polivalente na Seleção

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
Nesta terça-feira, a Seleção Brasileira realizou o segundo treinamento para os amistosos contra Uruguai e Camarões, nos dias 16 e 20 de novembro. Após a atividade, o zagueiro Marquinhos concedeu entrevista coletiva, e falou sobre algumas possíveis opções táticas do técnico Tite.

Com o corte de Casemiro, o defensor do Paris Saint-Germain foi perguntado sobre a possibilidade de atuar de volante, e garantiu que se for preciso, estará à disposição do treinador.

“Ainda não conversei com o professor, ele ainda não me apresentou essa proposta. Mas assim como eu me coloco sempre à disposição no clube, na Seleção não é diferente….O professor já me testou como lateral-direito, e ele sabe que pode contar comigo aonde ele precisar”, disse.

Marquinhos já foi utilizado como meio-campista no PSG, e também lembrou da experiência para traçar as diferenças entre ser testado no clube e na Seleção.

“Creio que a Seleção é bem servida, quando o Casemiro não está, tem outros jogadores que podem servir essa posição muito bem. Diferentemente do clube, onde acaba faltando algumas peças e ali eu tive para poder ajudar o grupo e os meus companheiros. Então vamos ver, o professor ainda não me falou nada disso, mas se precisar a gente está sempre disponível”, afirmou.

Caso seja utilizado como zagueiro, o jogador disputa posição com Dedé, o único convocado que atua no Brasil. Na visão de Marquinhos, a falta de experiência na Europa não é problema diante das qualidades do cruzeirense.

“Uma das grandes qualidades que o Dedé tem hoje, por ter vindo aqui na Seleção Brasileira, é por toda a experiência que ele tem, é por conta das atuações que ele teve de alto nível contra grandes adversários que ele enfrentou. Então, independentemente de jogar no Brasil ou não, se o professor acha que ele tem qualidade para atuar na Seleção Brasileira, é porque todos aqui têm”, completou


Fonte:Gazeta Esportiva

12 novembro 2018

Novamente convocado para a seleção brasileira Sub20, Carlos Augusto se apresenta e projeta amistoso com a Colômbia

Foto:  Fernando Torres/CBF
Um chamado que se espera ansiosamente. E quando vem é pura felicidade. Mais uma vez convocado para a seleção brasileira Sub20, Carlos Augusto se apresentou em Belo Horizonte nesta segunda-feira.

O lateral-esquerdo, que assumiu a titularidade no setor do Corinthians, vai para uma série de amistosos com a Colômbia. O primeiro já acontece nesta quinta-feira. Ideia é trabalhar da melhor maneira possível até a partida. “Primeiro que é uma honra estar aqui mais uma vez. É por isso também que trabalhamos muito todos os dias. Estou me dedicando muito no Corinthians e fico feliz por novamente ser convocado. Agora é focar aqui. Temos um grupo bom e uma comissão espetacular. Já treinamos hoje e nosso foco é evoluir visando a Colômbia” disse.

Carlos Augusto sabe que não terá vida fácil do outro lado. A Colômbia tem uma forte equipe na categoria. Para o jogador, a chance de jogar também no Brasil, com torcida, chama a atenção. “Por mais que seja a Sub20 é o Brasil. Então estamos vendo que os torcedores devem ir no jogo. Temos um grupo aqui muito bom, são vários jogadores que já atuam no time principal em seus clubes. Do outro lado vamos ter uma seleção muito forte. A Colômbia tem um time rápido e temos que dar o nosso melhor. Tenho certeza que vai ser um grande jogo”, finalizou o lateral-esquerdo do Corinthians.

O amistoso entre Brasil e Colômbia acontece na quinta-feira, às 16h, no Independência, em Belo Horizonte.

26 outubro 2018

Tite convoca Seleção com Paulinho de volta e evitando jogares do país

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Nesta sexta-feira, o técnico Tite convocou, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a Seleção Brasileira pela última vez no ano de 2018. A lista de 23 nomes escolhida pelo treinador representará o país nos amistoso diante do Uruguai e Camarões, nos próximos dias 16 e 20 de novembro, respectivamente, em Londres.

A convocação apresentou duas novidades importantes para a equipe. Os meio campistas Allan, do Napoli, convocado pela primeira vez, e Paulinho, do Guanghou Evergrande, que volta a ser lembrado pela primeira vez após a disputa da Copa do Mundo, além de Douglas Costa, da Juventus, que volta após ficar de fora da última convocação por ter cuspido em um adversário no Campeonato Italiano.

Outra questão importante para a escolha dos nomes foi o entendimento de Tite que caso convocasse um atleta que atua no Brasil, o tiraria de combate de ao menos duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Para evitar isso, o comandante preferiu evitar convocar qualquer nome atuante no país. A única exceção foi o zagueiro Dedé, do Cruzeiro, que segundo o comandante foi algo planejado junto ao clube mineiro.

Assim como as últimas convocações, o comandante decidiu escolher um terceiro goleiro da categoria sub-20, para que haja uma melhor integração e uma aproximação do jovem atleta com os profissionais. O nome da vez foi Gabriel Brazão, do Cruzeiro.

Está foi a última convocação de Tite para a Seleção nesta temporada. A próxima lista será anunciada apenas em março de 2019. Vale lembrar que no meio do ano que vem acontece a Copa América, que será realizada no Brasil.

Goleiros
Alisson - Liverpool
Brazão - Cruzeiro
Éderson - Manchester City

Defensores:
Danilo - Manchester City
Dedé - Cruzeiro
Fabinho - Liverpool
Filipe Luís - Atlético de Madrid
Marcelo - Real Madrid
Marquinhos -  PSG
Miranda - Inter de Milão
Pablo - Bordeaux

Meio campistas:
Allan -  Napoli
Arthur - Barcelona
Casemiro - Real Madrid
Paulinho - Guangzhou Evergrand
Philippe Coutinho - Barcelona
Walace - Hannoverscher

Atacantes:
Douglas Costa - Juventus
Firmino - Liverpool
Gabriel Jesus - Manchester City
Neymar Jr - PSG
Richarlison - Everton
Willian - Chelsea

20 outubro 2018

"Toda vitória é importante", diz Aline Reis goleira do UDG Tenerife da Espanha

Goleira da Seleção Brasileira e do UDG Tenerife da Espanha, Aline Reis vive bom momento no Futebol Espanhol.


Fotos: Divulgação/CBF.
O time da goleira Aline Reis, segue em 5° lugar no futebol espanhol, na Liga Iberdrola. O UDG Tenerife, venceu o Logroño por 1 a 0 no último domingo. A goleira Aline Reis falou sobre mais essa vitória na competição.

"Num campeonato logo de pontos corridos toda vitória é importante. Logroño é uma equipe que acaba de subir da segunda divisão. Mas contrário da lógica, tem sido um time duro de jogar contra, pois suas jogadoras estão muito motivadas. São fortes e impõe um jogo muito físico. Fomos pacientes em conseguir furar a defesa delas é marcar o gol da vitória.

Além do objetivo principal que é sempre a vitória, meu segundo objetivo nas partidas é evitar levar gol e manter o placar 0 contra nossa equipe", disse Aline Reis.

Aline Reis também avalia o time na competição.

"Estamos em quinto colocados. Tivemos duas derrotas até agora, uma contra o líder e a outra na nossa estreia no campeonato, na qual eu penso que deixamos escapar os três pontos. Mas aparte deste primeiro jogo, penso que temos apresentado um bom futebol. O objetivo é manter essa consistência para que possamos lutar pelo título", ressaltou.

Aline Reis finaliza falando sobre o período de amistosos com a Seleção Brasileira e sobre sua convocação. A goleira vem sendo constantemente convocada pelo técnico Vadão.

"Me dedico muito no meu clube. Nos treinamentos e nos jogos busco sempre dar o meu melhor. Além de ter como objetivo ser destaque do campeonato Espanhol, nunca perco de vista minhas metas com a Seleção Brasileira. Os amistosos que temos feito são ótimos testes para a copa do mundo que está cada vez mais perto. Temos encarado como adversários que estão acima de nós no ranking da FIFA. Tudo isso visando fazer uma boa preparação para a meta principal que é o mundial. Pessoalmente, toda convocação é um oportunidade de continuar mostrando o meu trabalho e o porquê mereço um lugar na equipe", finalizou Aline Reis.

SELEÇÃO BRASILEIRA:

O amistoso contra a França, marcado para o dia 10 de novembro, será na casa das adversárias. O confronto será o último compromisso da Seleção Principal Feminina em 2018. 

O amistoso contra a França está dentro do cronograma de preparação para a Copa do Mundo 2019, que será disputada entre os meses de junho e julho em solo francês.

16 outubro 2018

"Brasil foi melhor", afirma Tite após vitória sobre Argentina

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
O técnico Tite afirmou que o Brasil foi melhor que a Argentina, nesta terça-feira, e por isso mereceu vencer por 1 a 0 no torneio amistoso Superclássico das Américas.

"A Argentina criou chances para marcar, convenceu para ganhar. Mas o Brasil foi melhor e o desempenho do time foi premiado com o gol", afirmou Tite em coletiva de imprensa após o duelo em Jedá, na Arábia Saudita.

O gol veio só aos 48 minutos do segundo tempo, com Miranda subindo mais alto para cabecear após em cobrança de escanteio de Neymar.

"Poderia ter sido em outro momento, mas foi no final. O time estava concentrado. O escanteio foi fruto de um volume de jogo que colocamos no jogo", acrescentou o comandando canarinho.

No duelo, que não contou com a participação de Lionel Messi do lado argentino, Neymar assumiu o protagonismo e foi o principal criador de jogadas brasileiras. A partida foi marcada pelo alto número de faltas e poucas chances claras de gol para ambos os lados.

Esta é a quarta vitória em quatro jogos do Brasil após a eliminação para a Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia.

"Hoje jogamos um bom jogo e somos favoritos para vencer a Copa América", afirmou o auxiliar Sylvinho sobre a competição sul-americana, que vai ser organizada no Brasil em 2019.

Miranda marca aos 47 e Brasil derrota Argentina no Superclássico

Créditos: Pedro Martins / MoWA Press
A raça brasileira prevaleceu em relação à argentina nesta terça-feira. No Estádio King Abdullah, na Arábia Saudita, a Seleção arrancou uma vitória contra os albicelestes por 1 a 0, no apagar das luzes, em partida válida pela decisão do torneio amistoso Superclássico.

No período regulamentar, o primeiro tempo viu uma alternância entre momentos de maior chances ao gol e outros de jogo truncado, enquanto a etapa final contou com mais movimentação ofensiva das duas equipes e maior nervosismo com o empate no placar, o que resultou em trabalho para o juiz Felix Brych.

Quando tudo apontava para um 0 a 0 no marcador, brilhou a estrela de Neymar e Miranda. Em cobrança de escanteio do camisa 10, o zagueiro brasileiro subiu sozinho para fazer o tento que garantiu o triunfo dos comandados de Tite.
Créditos: Pedro Martins / MoWA Press

O jogo – O primeiro tempo de partida alternou entre momentos de maiores chances ao gol e outros de toque de bola sem pretensão ofensiva. Com os lances iniciais de muito estudo e análise entre as duas equipes, a Argentina assustou com chute rasteiro de Lo Celso aos sete minutos.

Entretanto, até a marca dos 20 da etapa inicial, esta havia sido a única ação relevante no confronto. A partir daí, os comandados de Tite passaram a pressionar mais a zaga albiceleste, movimentando-se mais no último terço do gramado de King Abdullah.

A grande chance brasileira veio aos 27. Depois de cobrança de falta para a área de Neymar, Casemiro aproveitou a sobra na lateral oposta do campo e voltou a lançar. A bola encontrou Miranda, livre, que teve tempo de ajeitar o corpo e bater firme na finalização. Entretanto, o zagueiro Otamendi fez o corte de cabeça e evitou aquele que seria o tento inaugural do embate.

No lance seguinte, a Argentina devolveu o susto. Também em cobrança de falta na entrada da área, Dybala bateu com categoria, assustando Alisson na finalização que passou à esquerda do gol brasileiro.

No último lance do período inicial de jogo, o árbitro Felix Brych assinalou falta perigosa para a Seleção Brasileira, alegando toque com a mão de Pezzella, que estava com o braço colado ao corpo. Entretanto, o juiz demonstrou convicção, já que sequer recorreu ao VAR. Na batida, porém, Neymar decepcionou e parou na barreira, dando fim ao primeiro tempo de duelo.

A etapa final viu novas boas oportunidades logo em seu começo. Antes dos cinco, Lo Celso, em cabeceio, e Icardi, após chute na grande área, levaram perigo ao gol. Com as oportunidades, a Argentina passou a gostar do jogo e atacar com mais contundência.

Após o sistema intermediário do Brasil abrir espaço no meio de campo, Paredes arriscou chute de fora da área e assustou os defensores canarinhos. No lance seguinte, os comandados de Scaloni tocaram a bola com categoria na entrada da área e a bola sobrou para Lo Celso na ponta, que tentou o passe para o meio e viu Marquinhos cortar.

Com a pressão argentina, foi a vez da Seleção responder. Neymar arrancou em velocidade pela esquerda e serviu Richarlison em cruzamento para a área. O camisa 7 não aproveitou a chance e finalizou mal, mas contou com a “sorte”, já que Saravia já havia cometido falta no número 10 anteriormente.

Na cobrança, Neymar enxergou Arthur sozinho dentro da grande área e levantou para o meia do Barcelona, que sequer esperou a bola cair ao chão para tentar chute acrobático. Firme no lance, o arqueiro Romero espalmou e afastou o perigo.

Já perto do final de jogo, o Brasil mais uma vez levou perigo em cobrança de falta. Dessa vez, Casemiro encheu o pé e a bola desviou na barreira argentina, matando Romero da jogada. O goleiro argentino só olhou a bola passar à esquerda de sua meta e ir para a linha de fundo.

Com o 0 a 0 próximo, a vitória brasileira só saiu aos 47 minutos do segundo tempo. Em cobrança de escanteio, Neymar fez o levantamento para a área, Miranda subiu sozinho e livre de marcação para escorar para o fundo das redes e garantir o Superclássico para os comandados de Tite.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 x 0 ARGENTINA

Local: Estádio King Abdullah, em Jedá (Arábia Saudita)
Data: 16 de outubro, terça-feira
Hora: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Assistentes: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)

Cartões amarelos: Neymar e Miranda (Brasil); Paredes, Correa, Lo Celso, Saravia e Battaglia (Argentina)
Gol: BRASIL: Miranda, aos 47 minutos do segundo tempo.

BRASIL: Alisson; Danilo (Fabinho), Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Arthur e Coutinho; Roberto Firmino, Neymar e Gabriel Jesus (Richarlison)
Técnico: Tite

ARGENTINA: Romero; Saravia, Pezzella, Otamendi e Tagliafico (Acuña); Paredes, Battaglia e Lo Celso (Salvio); Dybala (Lautaro Martínez), Icardi (Simeone) e Angel Correa (Pereyra)
Técnico: Lionel Scaloni (interino)


Fonte:Gazeta Esportiva

15 outubro 2018

"Para nós é bom", diz Neymar sobre ausência de Messi em amistoso

AFP / FAYEZ NURELDINE
O craque brasileiro Neymar reconheceu nesta segunda-feira que a ausência de Lionel Messi no amistoso contra a Argentina favorece a Seleção, mas tirou um eventual favoritismo do Brasil por conta do desfalque do craque.

"Para quem é amante de futebol, ter Messi fora de um jogo como esse é ruim, mas para nós é bom", afirmou o craque do Paris Saint-Germain em entrevista coletiva em Yedá, na Arábia Saudita.

"Sempre ressaltamos a qualidade da Argentina, dos jogadores que existem na seleção argentina hoje. É um jogo muito difícil, temos que fazer nosso papel, nosso trabalho, e é sempre gostoso de jogar. Favoritismo não existe", acrescentou o camisa 10 e capitão de Tite.

Sem Lionel Messi, que não é convocado desde a eliminação diante da França nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, a Argentina vem colocando em prática uma intensa renovação de seu elenco.

Além do craque do Barcelona, também não foram convocados outros medalhões como Sergio Agüero (Manchester City), Gonzalo Higuaín (AC Milan) e Ángel Di María (PSG). Mas os desfalques não deixam Neymar tranquilo.

"Se trata de Brasil e Argentina, então tem que respeitar muito as duas seleções, porque têm jogadores de qualidade. Hoje, a Argentina está com Dybala, que é um jogador que gosto muito. E tem outros. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil. Então, a gente precisa estar ligado", analisou Neymar.
 
Back To Top