Atividade Esporte News: Superliga masculina
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Superliga masculina. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Superliga masculina. Mostrar todas as postagens

01 dezembro 2018

Corinthians derrota Maringá e vence a primeira na Superliga

Foto:Fernando Dantas/Gazeta Press
Na tarde deste sábado, o Corinthians/Guarulhos recebeu o Maringá, no Ginásio da Ponte Grande, pela 7ª rodada da Superliga Masculina de Vôlei, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/22 e 26/24. Após seis derrotas consecutivas, o Timão consegue a primeira vitória na competição e sai da zona de rebaixamento, na 10ª colocação, com 4 pontos. Já os paranaenses chegam ao quarto resultado adverso, além dos três triunfos.

Os destaques da equipe do Parque São Jorge foram Diogo, com 17 pontos no ataque, Nicolas, com 11, e Victor, com 8. Pelos derrotados, o maior pontuador foi Daniel Oliveira, com 15 pontos.

O primeiro set foi marcado pela ampla superioridade da equipe da casa. Com boa atuação de Diogo e Nicolas, o Corinthians não encontrou dificuldades para vencer por 25 a 20. O segundo set seguiu parecido com o inicial. Os mandantes ditaram o ritmo da partida, e conseguiram o triunfo por 25 a 22.

Já no último set, o Timão construiu uma boa vantagem no placar, porém os visitantes conseguiram virar o jogo. O time da casa persistiu, conseguiu novamente tomar a frente do marcador e venceu por 26 a 24.

Na próxima rodada o Corinthians encara o Caramuru, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa, Paraná, no dia 8 de dezembro, sábado, às 20h (de Brasília). Já o Maringá recebe o Vôlei Renata, no Ginásio Chico Neto, no mesmo dia, às 18h (de Brasília).

Confira outros resultados deste sábado pela Superliga:

Minas 0 x 3 Sesi-SP (30/32, 22/25 e 17/25)
Vôlei Renata 3 x 2 Vôlei Ribeirão (37/35, 25/18, 27/29, 24/26 e 15/9)
Funvic 3 x 2 Sesc-RJ (25/19, 15/25, 25/23, 23/25 e 15/10)


Fonte:Gazeta Esportiva

24 novembro 2018

Sesc-RJ e Sesi mantêm invencibilidade e lideram a Superliga Masculina

 (Foto: Reprodução/Facebook)
As campanhas de Sesc-RJ e Sesi-SP na Superliga Masculina de vôlei continuam irretocáveis. São seis vitórias e 100% de aproveitamento na competição. A única vantagem da equipe carioca, fator que lhe dá a liderança na classificação, é o saldo de sets.

Na noite deste sábado, o Sesc-RJ não teve vida muito fácil contra o Fiat/Minas. Levou um susto no primeiro set, com muitos erros em quadra, mas se superou e venceu em casa por 3 sets a 1, com parciais de 16/25, 25/19, 25/23 e 25/22.

“Foi uma vitória difícil, conseguimos virar, então é um jogo importante. Temos muito a crescer. Toda partida buscamos aprendizado, vamos batalhando para construir as vitórias “, disse Djalma, o melhor em quadra, ao Sportv

Já o Sesi recebeu e venceu o São Judas por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/17 e 25/17 para continuar invicto na competição. Por outro lado, o São Judas venceu apenas uma vez e agora chegou a cinco derrotas. O Sesi volta à quadra no dia 1º de dezembro (um domingo) visitando o Minas, enquanto o São Judas só volta a jogar no dia 6 diante do Cruzeiro.

O primeiro set começou bastante equilibrado apesar do resultado incontestável. O São Judas disputou ponto a ponto com o Sesi até os momentos finais da primeira parcial, quando o time da casa conseguiu uma arrancada e venceu por 25 a 21.

No segundo set, novamente o time visitante começou dificultando a vida do líder da competição. No entanto, contando com uma espetacular arrancada de sete pontos seguidos, que terminou com placar de 20 a 12, o Sesi abriu vantagem e fechou o segundo set em 25 a 17, ficando a uma parcial da vitória.

Ao contrário do que aconteceu no restante do jogo, o Sesi teve vida mais fácil no terceiro set. A equipe da casa abriu vantagem logo no início, inclusive marcando seus cinco primeiros pontos em sequência. Com a vantagem confortável, foi questão de tempo para o Sesi consumar a vitória por novo 25 a 17, fechando o jogo em 3 a 0.

Corinthians-Guarulhos reage, mas perde no quinto set

Também neste sábado, o Corinthians-Guarulhos demonstrou poder de reação, mas não conseguiu evitar a derrota para o Vôlei Ribeirão por 3 sets a 2. Depois de perder os dois primeiros sets por 25 a 21 e 25 a 23, o Timão se recuperou e empatou o duelo, vencendo as duas parciais seguintes por 25 a 21 e 25 17. No tie-break, no entanto, o time da casa venceu por 15 a 11 e venceu o jogo por 3 sets a 2.

Maringá vira sobre Caramuru; Itapetininga x Taubaté é adiado

No outro jogo já encerrado deste sábado, o Maringá recebeu o Caramuru e saiu atrás, mas virou e venceu por 3 sets a 1. Depois de perder a primeira parcial por 25 a 21, o time da casa conquistou três sets seguidos, por 25 a 20, 25 a 21 e 25 a 22 e chegou a três vitórias na Superliga Masculina.

Outro jogo programado para este sábado, o duelo entre Itapetininga e Taubaté foi suspenso. A forte chuva em Itapetininga causou goteiras na quadra, levando os times e o delegado da partida a decidirem pelo adiamento do confronto, que foi remarcado para o dia 19 de dezembro.


Fonte:Gazeta Esportiva

13 novembro 2018

Na liderança, Cruzeiro abre quarta rodada da Superliga contra Caramuru

(Foto: Agenciai7/Sada Cruzeiro)
Após a terceira rodada a Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019 volta a ser disputada na próxima sexta-feira (16) com o confronto Sada Cruzeiro (MG) e Caramuru Vôlei (PR), que será às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). As outras cinco partidas serão realizadas no sábado (17).

O time cruzeirense lidera a tabela, com 11 pontos e um jogo a mais, já que tem alguns jogos antecipados devido a sua participação no Campeonato Mundial de Clubes, no final do mês. A equipe comandada pelo técnico Marcelo Mendez tem cinco jogos e quatro vitórias acumuladas, e ainda tem os dois maiores pontuadores do campeonato até agora: o oposto Evandro e o central Isac. Os dois marcaram 56 pontos.

“O mais bacana de aparecer bem nas estatísticas é saber que estamos conseguindo ajudar a equipe. Claro que temos jogos a mais do que os outros times, mas estamos aproveitando disso para o grupo ganhar mais entrosamento e ir dando uma cara ao time. Sabemos do equilíbrio que vamos enfrentar ao longo de toda a Superliga Cimed e temos que estar prontos para isso”, afirmou o campeão olímpico, Evandro.

A terceira etapa deu destaques a outros campeões olímpicos. A seleção da rodada contou com o oposto Wallace e o central Maurício Souza, ambos do Sesc RJ, e o ponteiro Lucarelli, do EMS Taubaté Funvic (SP), além do ponteiro Sander e o central Le Roux, do Sada Cruzeiro, e o levantador Carísio, do Fiar/Minas (MG).

O francês Le Roux chegou a equipe do Sada Cruzeiro nesta temporada e já está adaptado ao voleibol brasileiro. O jogador é o melhor sacador da Superliga Cimed até agora, com 10 aces. O central também tem 10 pontos de bloqueio – assim como o central do São Judas Voleibol (SP), Diego, e o também central Luizinho, do Vôlei Renata (SP).

Em outras estatísticas, o ponteiro do Corinthians-Guarulhos (SP), Yago, é o primeiro colocado no aproveitamento de recepção, com 83% de positividade. Luizinho volta a aparecer como dono do melhor aproveitamento de ataque (69%).


Fonte:Gazeta Esportiva

10 novembro 2018

Vôlei Renata vence Taubaté e vai a três vitórias na Superliga Masculina

(Foto: Luciano Claudino/Vôlei Renata)
Na noite deste sábado, em jogo válido pela Superliga Masculina de Vôlei, o Vôlei Renata recebeu e venceu o Funvic Taubaté com certa facilidade. À exceção do segundo set, o time da casa foi superior durante o jogo e venceu por 3 a 0, com parciais de 25/16, 26/24 e 20/20.

Foi a terceira vitória do Vôlei Renata em quatro jogos na competição. Por outro lado, o Taubaté perdeu sua invencibilidade de dois jogos. Ambas as equipes voltam à quadra no próximo sábado, quando o Vôlei Renata visita o Sesi e o Taubaté recebe o São Judas.

A equipe de Campinas teve vida fácil no primeiro set. O Vôlei Renata abriu vantagem considerável logo nos primeiros pontos e foi a ampliando até o final da parcial, vencida sem dificuldades por 25 a 16.

Se o primeiro set foi marcado pelo desequilíbrio, o segundo foi completamente o oposto. O Taubaté equilibrou o confronto e disputou ponto a ponto com o Vôlei Renata até o final. No entanto, o time da casa novamente levou a melhor, venceu por 26 a 24 e ficou a um set da vitória.

O equilíbrio da segunda parcial voltou à quadra na terceira. As duas equipes disputaram ponto a ponto até a metade do set. O Taubaté chegou a ter vantagem de 14 a 13, mas o Vôlei Renata emplacou sequência de cinco pontos e manteve a vantagem até o final da parcial, que venceu por 25 a 20.


Fonte:Gazeta Esportiva

07 novembro 2018

Corinthians é atropelado pelo Cruzeiro e segue sem vencer na Superliga

 (Foto: Reprodução/Twitter/Sada Cruzeiro)
Não foi na noite desta quarta-feira que o Corinthians/Guarulhos conseguiu sua primeira vitória na Superliga masculina de vôlei. Jogando em casa, no ginásio Ponte Grande, os paulistas sofreram diante do Sada Cruzeiro, perdendo o embate por 3 sets 0, parciais de 25/19, 25/16 e 25/15. O duelo adiantado foi válido pela quinta rodada, já que os mineiros vão estar na disputa do Campeonato Mundial de Clubes e, por isso, têm alguns jogos com datas alteradas.

Essa foi a terceira vitória do Sada Cruzeiro na competição – o time de Minas Gerais já venceu o Vôlei UM Itapetininga (SP) e o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), e acabou superado pelo Vôlei Renata em sua primeira participação na edição de 25 anos da Superliga Cimed.

Nesta noite, o central Le Roux foi eleito o melhor jogador da partida e, por isso, foi premiado com o Troféu VivaVôlei. O francês ainda foi o maior pontuador da partida, com 12 acertos.

“Eu não me lembro, mas acho que é a primeira vez que marco tantos pontos em ace em um único jogo. Me senti muito bem na partida e estou muito feliz, pois jogo após jogo estamos melhorando, ganhando mais entrosamento. Estamos treinando muito também, e as coisas vão acontecendo. Nós precisamos de um pouco de tempo para chegar ao nosso melhor nível e isso está começando a aparecer”, disse Le Roux.

O Corinthians agora soma três resultados negativos, após ser superado pelo Fiat/Minas (MG) na primeira rodada, pelo EMS Taubaté Funvic (SP) na segunda e, nesta noite, pelo Sada Cruzeiro. Após a partida, o técnico Gersinho elogiou o desempenho do adversário.

“O Sada Cruzeiro é um time forte no bloqueio, então precisávamos do nosso saque para não deixar a vida deles fácil. Nós pecamos no passe e na virada de bola, e no voleibol masculino isso não tem perdão. Vamos para o próximo jogo, contra o Sesc-RJ, tentar dar o nosso melhor e evoluir no que pecamos hoje”, concluiu o comandante do Corinthians.

O restante da quinta rodada acontecerá entre os dias 21 e 22 de novembro. No dia 21, uma quarta-feira, jogarão Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x Vôlei UM Itapetininga (SP), Fiat/Minas (MG) x EMS Taubaté Funvic (SP), São Judas Voleibol (SP) x Sesc RJ e Caramuru Vôlei (PR) x São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP). E, no dia 22, encerrando a rodada, há o confronto entre Vôlei Renata (SP) e Sesi-SP.


Fonte:Gazeta Esportiva

31 agosto 2018

Campinas encerra invencibilidade do Sesi, vence a 4ª seguida e assume a liderança

 (Foto: Lucas Simionato/Campinas)
No duelo entre dois times embalados no Campeonato Paulista de vôlei masculino, o Campinas foi quem levou a melhor. Diante de sua torcida, no ginásio Taquaral, em confronto válido pela quinta rodada da competição, a equipe teve uma atuação de gala diante do líder Sesi e conseguiu vitória maiúscula por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/23 e 25/15.

Com o resultado, chega ao fim a invencibilidade do Sesi, que até então, não havia perdido na competição. A equipe tinha quatro triunfos em quatro jogos, além de nenhum set perdido, e agora fica com 12 pontos. Por outro lado, o Campinas segue com a boa fase, chega a sua quarta vitória consecutiva e assume a liderança da competição com 13 pontos.

O duelo desta sexta-feira abriu também uma sequência de três jogos seguidos dentro do Ginásio do Taquaral que o time campineiro terá pela frente. Depois do Sesi, o time encara Corinthians, no próximo dia 7, e o Taubaté, no dia 12. O time da capital, por sua vez, enfrenta o Taubaté no dia 12.

O primeiro set foi muito disputado e equilibrado até o fim, sendo decidido no detalhe. O saque foi o diferencial do Campinas, que foi liderado pelo ponteiro Vaccari, principal pontuador com seis pontos ao lado do Franco e justamente ex-Sesi. Com apenas dois pontos de vantagem, a equipe da casa fechou a primeira parcial e largou na frente.

Equilíbrio foi novamente a palavra de ordem no segundo set. Nenhum dos dois times conseguiu abrir vantagem considerável, arrastando a decisão. O Sesi chegou a passar a frente, mas o Campinas logo virou e conseguiu fechar a parcial e abrir 2 a 0 no placar.

O terceiro set foi um verdadeiro atropelo dos anfitriões. Eles abriram vantagem logo no início da parcial e se mantiveram à frente durante todo o tempo. Aproveitando muitos erros do Sesi, a equipe não teve dificuldades para chegar ao match-point e decretar a sólida vitória.


Fonte:Gazeta Esportiva

28 agosto 2018

Brasil começa Copa Pan-Americana vencendo a República Dominicana

(Foto: Divulgação/CBV)
A seleção brasileira masculina de novos estreou com vitória na Copa Pan-Americana de vôlei. Nesta terça-feira (28), o Brasil venceu a República Dominicana por 3 sets a 0 (25/21, 25/19 e 25/14), em Veracruz, no México, na competição que classifica os cinco primeiros para os Jogos Pan-Americanos de 2019, no Peru.

O time do treinador Giovane Gávio voltará à quadra às 15h (Horário de Brasília) desta quarta (29) e, desta vez, o adversário será a Colômbia.

Dois jogadores se destacam na pontuação. O ponteiro Léo e o oposto Alan contribuíram bem e saíram de quadra com 13 pontos cada um. A atuação dos atletas agradou ao treinador, que compreendeu um início de jogo um pouco nervoso.

“Foi uma estreia um pouquinho nervosa, com um início de jogo travado e a nossa equipe cometendo alguns erros de saque sem necessidade, mas não é nada incomum para uma primeira partida no campeonato. Depois, o time entrou no jogo, pegou o ritmo da partida e jogou bem. Para um começo de competição foi bom”, destacou Giovane.

O torneio conta com 12 equipes divididas em três grupos com quatro seleções em cada. O Brasil está no grupo B da competição junto com os dominicanos, a Colômbia e o Canadá. Pelo regulamento, os dois melhores primeiros colocados avançam direto para a fase semifinal, enquanto o terceiro melhor primeiro e os três segundos disputam as quartas de final.

O Brasil começou a partida com o levantador Thiaguinho, o oposto Alan, os centrais Matheus e Flávio, os ponteiros Honorato e Léo e os líberos Rogerinho, no passe, e Douglas Pureza, na defesa. Entraram ao longo do jogo o levantador Carísio, o oposto Davy, o central Aracajú e o ponteiro Victor.


Fonte:Gazeta Esportiva

25 agosto 2018

Sesi derrota o Corinthians com facilidade no Paulista de vôlei

 (Foto: Divulgação/Sesi)
Na manhã deste sábado, dois jogos abriram a quarta rodada do Paulista de vôlei masculino. No Ginásio Sesi Vila Leopoldina, os donos da casa não tomaram conhecimento do Corinthians/Guarulhos e venceram por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/21, 26/24. Já em São José dos Campos, o anfitriões perderam para o Vôlei Renata/Campinas por 3 sets a 2, parciais de 25/12, 14/25, 26/24, 21/25 e 15/9.

Mais eficiente nas viradas de bolas, o Sesi até se complicou em alguns momentos do primeiro e do terceiro set, no entanto, a equipe teve mais tranquilidade que o Corinthians para marcar os pontos nos instantes decisivos e saiu da quadra com uma vitória por 3 a 0.

Na partida mais acirrada da manhã, Campinas e São José se alternaram, com cada um vencendo duas parciais nos primeiros quatro sets. No desempate, os campineiros cresceram de produção e confirmaram uma vitória suada por 3 a 2.

Com os resultados, o Corinthians somou sua segunda derrota em quatro rodadas, enquanto o Sesi segue invencível ao triunfar em todos os jogos da competição até agora. O Campinas, por sua vez, venceu a terceira, já o Itapetininga só perdeu.

Na quinta rodada, o Campinas enfrenta o Sesi, no Ginásio Taquaral, às 19h30 (de Brasília) da próxima sexta-feira. Um dia depois, às 19h (de Brasília), no sábado, o Corinthians encara o Vôlei Ribeirão em casa, no Ginásio Ponte Grande. O São José folga na rodada.


Fonte:Gazeta Esportiva
 
Back To Top