Atividade Esporte News: Tênis de Mesa
⚽Notícias
Mostrando postagens com marcador Tênis de Mesa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tênis de Mesa. Mostrar todas as postagens

20 outubro 2018

Brasileira conquista prata inédita no Mundial Paralímpico de tênis de mesa

(Foto: Divulgação/CPB)
Uma nova história foi escrita neste sábado no esporte brasileiro. Na final do Mundial Paralímpico de tênis de mesa, Cátia Oliveira, de 27 anos, alcançou a melhor campanha individual na história da modalidade dentro de um Mundial e conquistou a medalha de prata.

A paulista enfrentou a sul-coreana Su Yeon Seo e saiu derrotada por 3 a 0 (3/11, 10/12 e 11/13), em Celje, na Eslovênia, na decisão da classe SF1-2. Mesmo com a derrota, ela levou para casa a medalha de prata no primeiro Mundial disputado por ela, que já tinha ido aos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Para chegar até a decisão, Cátia venceu a russa Nadejda Pushpasheva nas quartas de final. Ela é a número 3 do mundo na classe 02, para atletas cadeirantes com baixa mobilidade. Já nas semifinais, passou pela italiana Giada Rossi, número 2 do ranking.

Com o resultado conquistado, Cátia é agora a atleta brasileira que conseguiu chegar mais longe em disputas individuais na história dos Mundiais. O Brasil havia conquistado três medalhas de bronze em 2014, na China (individuais e equipes), e, em 2017, Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos ganharam o ouro na classe SF9-10, no Mundial por Equipes, disputado na Eslovênia.


Fonte:Gazeta Esportiva

21 julho 2018

Calderano cai nas quartas e se despede do Aberto da Coreia do Sul

Calderano chegou a ficar na vantagem, mas não resistiu ao chinês (Foto: CBTM)
Hugo Calderano não conseguiu superar o chinês Lin Gaoyuan para se manter vivo no Aberto da Coreia do Sul. Neste sábado, o brasileiro caiu nas quartas de final da etapa do Circuito Mundial anotando 7/11, 11/9, 6/11, 11/6, 1/11 e 8/11. Com o resultado, Calderano fez a segunda melhor participação entre os top 10 do ranking na competição.
No embate, o chinês começou o primeiro set mostrando superioridade, apesar de não conseguir encaixar seus ataques. Ele abriu vantagem e soube administrá-la para ficar à frente. Em seguida, Calderano fez bons ralis e chegou a abrir 4/0, mas não soube manter o bom desempenho e viu o terceiro do ranking reagir. Apesar do susto, o brasileiro conseguiu igualar o marcador.
Com pontos lá e cá, Hugo impôs bom tênis na mesa, mas o chinês voltou a dominar. Na quarta etapa, entretanto, Calderano reagiu com contra-ataques eficientes.
No quinto set, Calderano foi dominado. Ele confirmou seu primeiro ponto, mas não conseguiu reagir e mostrou seu pior momento na disputa. Já na sexta parcial, ele não recuperou, apesar do equilíbrio na reta final.


Fonte:Gazeta Esportiva

04 maio 2018

Brasil sofre virada da Alemanha e não avança no Mundial

(Foto: Divulgação/ITTF)
Após fazer história e virar em cima da Croácia na última quinta-feira, a Seleção Brasileira de tênis de mesa chegou embalada para as partidas contra a Alemanha, nesta sexta. O resultado, entretanto, não foi o esperado por Hugo Calderano e companhia. Os brasileiros foram eliminados do Mundial pelos rivais com placar em 3 a 1, na Halmstad Arena, Suécia.

O brasileiro com melhor colocação no ranking mundial da história venceu o primeiro duelo, contra o alemão Bastian Steger. O carioca venceu o primeiro game por 11 a 4, perdeu o segundo (11 a 6), mas mostrou boa recuperação para fazer 11 a 8 no terceiro e 11 a 6 na quarta parcial.

Contra Ruwen Filus, Eric Jouti viu boa defesa do rival, que liderou todos três games e empatou o marcador entre as equipes. Gustavo Tsuboi também teve poucas chances contra Dimitrij Ovtcharov. Apesar de ter levado a melhor no segundo game, não mostrou bom desempenho no primeiro e no último, dando vantagem no placar para o time da Alemanha.

Calderano voltou para a mesa e somou a terceira derrota tupiniquim do dia. O rival foi o algoz de Jouti, Ruwen Filus, que fez jogo equilibrado com o brasileiro e garantiu a vitória apenas no último game.

Mesmo com a derrota, a campanha no Mundial foi histórica para o Brasil. Isso porque esta foi a primeira vez em que a Seleção chegou às quartas de final por equipes. Antes disso, em 1959, com sistema de grupos, diferente do atual mata-mata, os representantes do verde e amarelo ficaram com o sexto posto.


Fonte:Gazeta Esportiva

02 maio 2018

Com Calderano, Brasil é segundo do grupo e avança às oitavas do Mundial

 (Foto: Divulgação/CBTM)
Depois de derrotar a Rússia por 3 a 0, a Seleção de tênis de mesa avançou para as oitavas de final na segunda colocação do grupo B no Mundial por equipes, nesta quarta-feira. Contando com o bom desempenho do número um do País, Hugo Calderano, o grupo fechou a primeira fase em Halmstad, na Suécia, somando quatro vitórias e apenas uma derrota.

“Saímos em segundo lugar no grupo, o que é um resultado muito gratificante. Colocamos o Brasil em um patamar muito legal. Agora, temos de esperar o sorteio para ver quem vamos pegar nas oitavas”, explicou o técnico Francisco Arado, que só conhece o próximo adversário depois do término da rodada. “Todos os times são fortes, pois são as 12 melhores seleções do mundo. É uma satisfação estar entre elas. Vamos continuar fazendo nosso melhor”, finalizou.

Nesta quarta, os brasileiros tiveram duelo tranquilo contra os russos para garantir a colocação. Gustavo Tsuboi encarou o atual 693 do mundo e, com bom ritmo, venceu o primeiro set com facilidade. Mesmo confirmando os serviços e defendendo bem, o brasileiro viu uma queda de rendimento nas etapas seguintes. Segurou na segunda, levou a pior na terceira e superou o rival na quarta para fechar a partida em 3 sets a 1 com parciais de 11/6, 11/8, 3/11 e 11/8.

Consistente, Calderano foi superior ao Sadi Ismailov para vencer todos os sets, com parciais de 11/6, 11/9 e 11/9. O brasileiro defendeu com solidez, atacou com força e mostrou frieza durante a partida, para dominar o jogo, sem dar chances ao russo.

Eric Jouti, por sua vez, teve embate contra Denis Ivonin, na 455ª colocação do ranking. Em um primeiro set difícil, permitiu que o adversário abrisse cinco pontos de vantagem e não conseguiu recuperar. Nas etapas seguintes, entretanto, embalou, se encontrou na mesa e fechou a partida em 3 a 1 (8/11, 11/9, 11/6 e 11/6).


Fonte:Gazeta Esportiva

01 maio 2018

Calderano, Tsuboi e Jouti garantem novo triunfo do Brasil no Mundial

Seleção Brasileira masculina consegue bom resultado e vence por a Coréia do Norte por 3 a 0. A equipe feminina não teve o mesmo êxito e perdeu para a Tailândia por 3 a 1

(Foto: Marcos Yamada)
O Mundial por Equipes de tênis de mesa de Halmstad, na Suécia, contou com mais uma série de brasileiros nas disputas nesta terça-feira. A equipe masculina venceu a Coréia do Norte, por 3 a 0, e se manteve na segunda colocação do grupo B, com três triunfos e uma derrota.

Hugo Calderano abriu a série contra o norte-coreano Sin Hyok Pak por 3 a 1, com parciais de 11/8, 12/14, 11/6 e 11/2. Gustavo Tsuboi teve mais dificuldades contra o Choe II, o brasileiro venceu por 3 a 2, com parciais de 11/4, 11/7, 10/12, 9/11 e a vitória apertada no último set por 11/9.

Eric Jouti também teve facilidade em seu jogo contra Wi Hun Kang e venceu por 3 a 1, com parciais de 11/9, 9/11, 11/8 e 11/4. 

Na última rodada da primeira fase, a equipe enfrenta a Rússia, nesta quarta-feira, às 5h (de Brasília). Os rivais estão em quinto lugar no grupo e praticamente já não têm mais chances de classificação.

No feminino, porém, o Brasil não obteve o mesmo sucesso. Caroline Kumahara perdeu para a taliandesa Suthasini Sawettabut por 3 a 0, com parciais de 11/7, 11/7 e 11/7. Bruna Takahashi foi a única brasileira que venceu. A mesa-tenista passou pela Tamolwan Khetkhuan por 3 a 1, parciais de 11/9, 9/11, 11/7 e 11/5. Nos demais jogos, Lin Gui perdeu para Orawan Paranang por 3 a 1 e Bruna Takahashi não conseguiu vencer a Suthasini Sawettabut e perdeu por 3 a 2.


Fonte:Lance

02 abril 2018

Calderano chega à melhor posição de um brasileiro no ranking mundial na história

Uma publicação compartilhada por Hugo Calderano - Table Tennis (@hugocalderano) em

Nesta segunda-feira (2) o ranking mundial de tênis de mesa foi atualizado e divulgado pela Federação Internacional (ITTF), e Hugo Calderano subiu três posições, alcançando assim a 12ª colocação. Essa é a melhor posição de um brasileiro na história da modalidade.

Calderano vem tendo um 2018 muito positivo na carreira, conseguindo chegar na semifinal do Aberto da Hungria, em janeiro e conquistando o vice-campeonato do Aberto do Catar, em março. O mesatenista começou o ano em 17º no ranking e já subiu cinco posições desde então.

O atleta comemorou a crescente na carreira. “O Aberto do Catar foi um grande passo na minha carreira e estou muito feliz com essa subida no ranking. É muito legal ver as pessoas acompanhando e torcendo pra me ver no top 10”, disse.
(Foto: Reprodução/Instagram)

Em maio ele volta a disputar um torneio de nível premium, em Shenzhen, na China. “O Mundial vai ser um grande desafio, porque já na fase de grupos temos cinco jogos contra equipes muito fortes. Temos que estar sempre preparados física e mentalmente e aproveitar a oportunidade de mostrar que o Brasil está entre os melhores do mundo”, completou.

Outras conquistas importantes do jovem atleta foram: o título do Pan-Americano de 2015, e a nona colocação nas Olimpíadas do Rio, melhor de um brasileiro na competição, empatada com Hugo Hoyama em 1996.


Fonte:Gazeta Esportiva

24 março 2018

Calderano perde para sueco no Aberto da Alemanha e é eliminado

(Foto: Jim WATSON/AFP)
Após conseguir o vice-campeonato no Aberto do Catar, Hugo Calderano esteve longe de fazer uma campanha boa no Aberto da Alemanha. O brasileiro passou por uma fase preliminar e, já na chave principal caiu na estreia diante do sueco Mattias Karlsson por 4 sets a 2, parciais de 13/11, 9/11, 11/8, 10/12, 11/6 e 12/10, nesta sexta-feira (23).

O jogo começou disputado ponto a ponto até que Calderano conseguiu abrir boa vantagem e parecia caminhar para fechar o set. No entanto, com uma ótima reação do sueco, que salvou quatro set points, o brasileiro permitiu a virada. No segundo set, novamente Calderano caiu na frente e viu Karlsson buscar a todo custo a igualdade, mesmo com o placar apertado, o número 1 do Brasil confirmou o empate de sets.

Os dois sets seguintes foram de equilíbrio, com o sueco vencendo o terceiro mais facilmente e Calderano conseguindo uma boa virada para voltar à igualdade em 2 a 2. No quinto set, mais uma vez Karlsson se mostrou superior e ficou mais perto da vitória. Na última parcial, o brasileiro até tentou, salvou um match point, mas não conseguiu segurar o sueco.


Fonte:Gazeta Esportiva

22 março 2018

Tênis de Mesa: Hugo Calderano perde na disputa por duplas e é eliminado

Atleta brasileiro, junto do francês Simon Grauzy, é derrotado por adversários de Hong Kong. Estreia na categoria individual será nesta sexta-feira contra Sueco

(Foto: Divulgação)
Após triunfar na manhã desta quinta-feira, ao superar os belgas Martin Allegro e Florent Lambiet por 3 a 2, o mesa-tenista Hugo Calderano também teve seu revés ao final do dia, no Aberto da Alemanha. O atleta brasileiro perdeu, ao lado do francês Simon Grauzy, para dupla de Hong Kong por 3 sets a 1. 

Nas duplas, a derrota de Hugo Calderano e de Simn Grauzy foi de virada. Após um bom primeiro set, em que venceram por 11 a 8, o jogo do brasileiro e do francês desencaixou. A partir daí, Kwan Ho e Chun Ting e Wong venceram três sets seguidos, com as parciais de 11-6, 11-5 e 13-11.

Apesar da derrota e eliminação da categoria, Hugo Calderano foca no simples para conseguir trazer uma medalha para o Brasil. A estreia acontece nesta sexta-feira, quando enfrentará Mattias Karlsson, da Suécia.

Fonte:Lance
 
Back To Top